História Apaixonado por um reflexo - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Amizade, Badboy, Bangtan, Boys, Bts, Gay, Jikook, Lemon, Nerd, Sexo, Vhope, Yaoi
Exibições 12
Palavras 1.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Harem, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe a demora amores...
Final de ano, escola, provas é tenso... Mas tá aí.
Leia as notas finais..

Boa Leitura 💜

Capítulo 8 - Um simples olhar


Fanfic / Fanfiction Apaixonado por um reflexo - Capítulo 8 - Um simples olhar

Como queria fazer uma surpresa para os dois, decidi ir em um restaurante ótimo que meu pai me levou quando era mais novo.

~ Restaurante ~

Fomos guiados pelo garçom até a mesa.

Hobi e tae olhavam para todos os lados,admirando o tamanho daquele lugar, observavam a decoração e tudo mais.

Quebro o silêncio

— Como vocês já pararam de frescura no cu...nada mais justo que comemorar.

Hobi me olha com os olhos emocionados e balança a cabeça concordando.

Fazemos nossos pedidos através de um iPad na mesa (ideia da empresa do meu pai) e esperamos até ficar pronto.

Nós três optamos por beber um suco natural,Hobi podia beber álcool mas deixou de lado a ideia,enquanto eu e Tae não somos maiores de idade, já sabem neh.

(só às escondidas que pode!!! ~moonface~)

Estávamos conversando sobre qualquer coisa que vinha a nossa cabeça, ríamos de piadas que o Hobi contava, estava ótimo.

Ou quase isso,se não fosse um ser da mesa ao lado me encarando.

Tentei Disfarçar,dava risada, mexia nos talheres,qualquer coisa servia, olhava discretamente para ver se ele tinha parado, mas só via dois olhos castanhos quase preto me olhando à luz dos lustres e do ambiente.

Era um garoto até que bonito,

"QUEM EU TÔ QUERENDO ENGANAR,AQUILO ERA UM DEUS GREGO."

Sem entender, sentia Meu coração bater descontroladamente,parecia querer saltar,

"SÓ O QUE ME FALTAVA, VOU MORRER DE ATAQUE CARDÍACO"

Dentro de mim era uma mistura de sentimentos que eu não sabia como parar, um simples olhar estava me causando isso.

Eu tentava ao máximo disfarçar, fingir não perceber, mas já estava me incomodando.

Nossos pratos já estavam para chegar, mas decidi ir no banheiro,Tae me perguntou se eu estava bem,eu disse que sim com a cabeça e completei

— Só estou com um pouco de calor, vou lavar meu rosto.

Passei por um corredor que dava para os banheiros,entrei direto na primeira porta. Meu corpo parecia sair de um forno, eu estava quente, a roupa me sufocava.

Lavei meu rosto e me olhei no espelho.

Minhas bochechas estavam vermelhas como nunca.

Passei alguns minutos no banheiro,já estava voltando ao normal.

"GRAÇAS A DEUS, NÃO MORRO HOJE"

Quando saio do banheiro já normal.

Bem ao meio do corredor, vejo o mesmo ser da mesa ao lado que me olhava,agarrado a uma das garçonetes do restaurante.

Foi a gota d'agua pra mim,perguntas começaram a surgir em minha mente,

Quem era aquele ser?

Por que ele me encarava na mesa?

Por que ele está agarrando a garçonete?

Por que estou sentindo isso sem ao menos conhecê-lo?

Meu mundo parecia se esfriar por completo.

Agora do forno que meu corpo tinha saído,parecia entrar em uma geladeira, a roupa que me sufocava, agora parecia ser a mais relaxada,o frio domina minha mente, o mundo parecia em câmera lenta.

Ele percebendo minha presença,afasta seus lábios dos da garçonete e olha pra mim.

Eu sem reação o olho engolindo seco.

Ele me observa e dá um sorriso parecendo de sarcasmo.

A garçonete me olha assustada e sai dali correndo, voltando ao seu trabalho.

O ser,era mais alto que eu, ainda sorrindo,arrumou seu terno,e veio em minha direção, gelei mais ainda.

Ele veio caminhando e parou do meu lado arrumando os botões do seu blazer e disse com uma voz grave.

—Perdeu alguma coisa aqui?

Eu arregalei os olhos, meu coração voltou a se acelerar ao escutar sua voz... Não respondi nada.

Então ele completa caminhando em direção ao banheiro.

— Melhor ir rápido, seu pedido vai esfriar.

Minha ficha cai e eu sem ao menos dar uma palavra,saio daquele corredor em direção a minha mesa.

"QUE PORRA FOI ESSA!?"

Hobi e Tae que já estavam comendo,me perguntaram se eu havia melhorado... Para não estragar com a comemoração,disse que sim.

Comemos,confesso que minha cabeça, não estava ali e sim naquele ser,olhei para a mesa ao lado e ele não estava,só outras pessoas que estavam junto à ele,um casal, o homem tinha cabelo com um bom corte em tom preto e usava um terno marrom,a mulher ao seu lado aparentava uns 40 anos e estava com um vestido vermelho e com várias joias,parecia ser seus pais.

Percebo minha atitude e volto a comer.

 Acabo me distraindo com as conversas de Tae e Hobi, mas sem perceber olho novamente para a mesa e me deparo com aquela criatura me olhando… ele levanta uma xícara em minha direção e sorri, bebendo o que estava dentro dela.

Meu coração dá um aperto imenso e decido ir rápido com aquilo.

Depois de Tae, Hobi e eu acabarmos de comer.

Peço ao garçom a conta, pago e vamos embora.

~ Caminho de Casa ~

Estávamos indo para a minha casa,mas Tae pede para Hobi ir com ele pra casa. Hobi me olha e eu faço que sim com a cabeça,e lá vão os dois pra casa do tae.

Para a brincadeira não acabar, eu grito:

— TAE SÓ NÃO JUDIA DELE,NA ÚLTIMA VEZ, ELE NEM PÔDE SENTAR DIREITO.

Hobi fica vermelho e esconde seu rosto no espaço do pescoço de Tae.

Tae me olha envergonhado, dá risada coçando a cabeça e sai.

"Como sei que Hobi não vai voltar hoje, nem vou me preocupar"

~ Em Casa ~

Vou para o banheiro, tomo um banho para relaxar e me lembro daquele ser que nem sabia o nome,tento não focar nisso.

Mas era a única coisa que me vinha à cabeça.

"ELE TEM CHEIRO DE PROBLEMA"

Já era meio tarde então vou para a cama.

Quebra de tempo

~Na Escola ~

Já estava me acostumando com a ideia de ser nerd, não era tão ruim quanto pensava,a turma do fundão, foi se afastando de mim, mas estava mais concentrado nas matérias que nem me importei muito.

A professora entrou na sala dizendo que íamos receber um novo aluno.

Os meninos ficaram desejando carne nova e as meninas, um boy novo.

E eu lá pensando na morte da bezerra.

Quando ela pediu para o aluno entrar...

"PUTA MERDA!! TÁ DE ZUEIRA NEH TIA? "

Ele entrou na sala, era o mesmo,em carne e osso e todos olharam para ele, até os meninos,ele olhou para a sala e me encontrou com os seus olhos castanhos e sorriu novamente...

"ACHO que me fodi..."


Notas Finais


Espero que tenha gostado

Se gostou comenta aí, adoro ler.. 😂😜

E pra quem acompanha a minha outra fic Jikook (your baby loves you) , vai sair capítulo hoje também...

https://spiritfanfics.com/historia/your-baby-loves-you-7056455

Era isso... Obrigado por não me matarem(ainda)...

Kissus de 🍫 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...