História Apaixonado por Velocidade - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Carros, Escolar, Hentai, Naruhina, Naruto, Romance, Sasusaku, Velocidade
Exibições 40
Palavras 4.454
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Esporte, Festa, Hentai
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem !

Capítulo 2 - Tá combinado


 Vim andando lentamente pelos corredores, quando tomo um leve susto ao passar em frente aos banheiros, alguém me puxa pela jaqueta me chamando de gostoso, não dá tempo eu falar nada e vejo que é uma garota que deve uns 11 anos tentando me beijar. Será que isso se encaixaria como tentativa de estupro? Em fim lá vai eu tentar daquela peque psicopata.

Naruto: Vc está louca pirralha? (Falo conseguindo finalmente escapar das mãos dela)

Hanabi: Louca por que? Só por que te achei gostoso e to querendo te pegar? (Ela fala isso com uma puta cara de puta)

Naruto: Olha eu são digo que vc é louca de verdade, ou reclamo com seus país, ou diretora, a professora ou alguma porra qualquer, por que vc tem razão, eu sou gostoso para caralho. Mas isso não é motivo pra vc sai querendo agarra alguém, pelo menos alguém mais velho que vc. (Terminando de falar isso, eu vejo que essa garota tem os mesmos olhos lindos, que a da atrasadinha, porém não tão encantadores, já que essa não tão um jeitinho tímido, muito pelo contrário, e fico pensando a se fosse ela)

Hanabi: Eu tenho certeza que vc toparia ficar comigo depois de ver a máquina com que eu vim para a escola. (Ela fala isso dando uma risadinha malvada)

Não acredito que essa fedelha ta usando a mesma cantada que eu uso a anos, contra mim e muita ironia sem dúvida.

Naruto: E qual seria essa máquina tão foda assim? (Falo com uma voz de deboche)

Hanabi: A bebê, não é um carrinho qualquer tá, é um Aston Martin One 77, só pra vc ter uma ideia ele vai de 0 a 100 em ... (a interrompo e continuo)

Naruto: ... Em 3,7 segundos blá, blá, blá, eu não tó interessado nessa sua “maquina foda” (digo isso fazendo aspas com os dedos) mas conheço um cara que adoraria te conhecer sabia,  pena que ele ta morando no Brasil, em fim mas eu gostei do seu jeito uma garota que gosta de caro e parece que de velocidade, vc faz lembrar a minha mãe. (Digo isso rindo)

 

Hanabi: Ham? Quem é esse cara, ele também é um loiro gostoso? Qual o nome dele? Quantos anos ele tem?

Naruto: Ele não é tão gostoso quanto eu claro neh, mas digamos que da pro gasto. Tbm não é loiro, tem o cabelo castanho tipo da sua cor, e acho que tem uns 13 anos, e com eu disse ele mora no Brasil. E se vc realmente que andar em uma máquina foda, eu dou uma voltinha com vc no meu carrinho tá, mas sem segundas intenções sua tarada (falo isso piscando um olho e saio)

Finalmente chegando na sala 7, vejo que tem uma mulher de cabelo negros e longos (eu pegaria essa professora) dando aula, o interessante que ela tem olhos vermelhos (sera que ninguém aqui tem olhos normais?) Peço licença, e ela pede que me apresente para a sala.

E enquanto estou caminhando até ela, vejo que na sal está o teme do Sasuke, e a chiclete da Sakura, já fazia muito que não a via mais tenho certeza que é ela, até por que não existem muitas pessoas com o cabelo rosa natural por ai neh, chegando perto da professora ela se apresenta como Kurenai, e pede que eu me apresenta para toda a sala, então lá vou eu.

Naruto: Me chamo Uzumaki Naruto, e é isso, sou novato e vou estudar aqui. (Ouço algumas meninas cochichando mas isso normal, e do outro lado da sala ouço o teme tirando com a minha cara)

Sasuke: Esqueceu de dizer que é uma putinha brasileira oxigenada, e que tem a mãe com os peitos mais lindos do Japão.

Todo mundo começa a rir, r Kurenai-sensei o reprende com o olhar. Eu do uma risadinha sarcástica pro teme mais não falo nada, a professora me explica que eu não posso ficar ali, já que não estava de uniforme, mas que foi muito bom me rever, eu fiquei meio sem saber o que fazer de onde ela já tinha me visto? Bem não perguntei e fui saindo da sala, eu me viro e disfarçadamente mostro o dedo do meio para o teme abro a porta quando de repente PAFT.............. Duas vezes no mesmo dia, ai tá de sacanagem, ali este eu de novo caído no chão, só que agora dentro da sala de aula, e só percebo de primeira todo mundo rindo e tals,, até que escuto uma voz, meio que familiar pra mim de novo me pedindo desculpa meio travada. Atrasadinha, ela de novo, sabe tó começando a gosta desses nossos encontros.

 

Hinata On

Todo mundo fica nos olhando e rindo em quanto eu peço desculpas a Naruto-kun (por que eu chamo ele assim?) e antes que ele se levante ele fala com aquela voz roca perto do meu ouvido que me faz arrepiar completamente por inteira.

Naruto: Vc sempre caindo por cima de mim, cuidado que quando eu resolver virar o jogo isso pode ficar um pouquinho, mas interessante.

Quando ele fala isso eu sinto todo o meu rosto ficar quente devo estar mais vermelho que um tomate, tudo isso enquanto ele está com um sorriso meio de lado na cara. Eu apenas saio sem falar nada com ele, e vejo ele saindo da sala. Eu vou com a professora que se chama Kurenai-sensei e vejo que vou estudar com Sakura e Ino, as duas acenam discretamente, quer dizer a Sakura neh, por que a Ino sai logo gritando meu nome.

Ino: Hiiinata-chan vc está cada vez mais gostosa gata.

Eu fico vermelha na hora mas não falo nada, já estou acostumado com o jeito meio excêntrico de Ino, também observo que Kiba faz parte da sala, isso é meio desconfortável pra mim mais nem dou muita bola, a professora me explica que com Naruto-kun eu não poderei ficar por causa do uniforme, então a comprimento e saio, fora da sala vejo um loiro lindo tentando escapar das mãos de uma Hanabi, Em quanto ela dizia.

Hanbi: Vem aqui que eu quero te pegar.

Fico rindo um pouco da cena, da cara que Naruto-kun fazia, mas confesso que fiquei com um pouco de ciúmes, por que lá no fundo, bemmmmmmm lá no fundo acho que era eu que queria estar fazendo aquilo.

 

Naruto On

Vejo Hinata rindo da cena, que realmente era engraçada, e vejo que ela de repente muda o semblante, o que será que aconteceu, ela estava parecendo um pouco triste.

Hinata: Hanabi, o que vc pensa que está fazendo? (Ela fala tentando ficar seria)

Hanabi? O que vc acha Onee-chan? Tentando pegar meu loiro gostoso.

Então realmente, aqueles olhos eram semelhantes, elas eram irmãs.

Naruto: Onee-chan? Então essa peste é sua irmã atrasadinha? (Eu falo aquilo meio com uma cara de dúvida)

Hanabi: espera espera espera, como assim atrasadinha? Como assim vc já a conhece? Como assim dá um apelido carinhoso pra ela e me chama de peste? Vc está tentando me trair com a minha própria irmã seu loiro/gostoso/safado? (Ela falou isso me batendo, dá pra acreditar como essa menina e psicopata e ainda bipolar, não dá nem pra acreditar que ela e irmã da Hinata-chan)

Hinata: Isso mesmo Naruto-kun (ela fala isso meio tímida)

Como eu queria que quem estivesse querendo me pegar vc Hinata-chan, a se fosse ela, por que se fosse ela, na primeira tentativa já tinha comido ela dentro da minha Lamborghini, fico pensando como seria ter aquela gostosa toda para mim quando saio dos meus pensamentos por uma pestinha reclamando agora com sua irmã.

Hanabi: Como assim Naruto-kun (ela fala com uma cara meio de dúvida e raiva)

Naruto: isso mesmo pestinha, agente já andou se trombando por a (falei isso rindo enquanto Hinata corava, com eu adora isso cara, e em sei porque) bem pestinha eu te prometi que te levaria pra dá uma voltinha na minha máquina, mas se vc não agisse assim como essa tarada.

Hanabi: Vc não vai, mas me levar? (Ela fala com um biquinho como se fosse chorar)

Hinata: Quem disse que vc podia Hanabi? Vc nem conhece ele.

Hanabi: nem vc, mas mesmo assim fica o chamando de Naruto-kun pra cá, Naruto-kun pra lá (quando ela falou isso Hinata ficou muito corada, muito mesmo)

Hinata: e por que vc não foi pra sua sala?

Hanabi: Por que estava esperando meu Loiro gostoso aqui no corredor (ela fala com uma cara com se tudo isso fosse normal, dá pra acreditar nessa pestinha?)

Hinata: como assim? Como em vim pra cá e não te vi?

Hanabi: mas também, correndo feito uma estabanada Onee-chan, claro que vc não iria me ver.

Hinata: então vá agora (ela fala com uma voz autoritária agora, que digamos não combina muito com ela)

Aquela peste sai reclamando algo que eu ainda não entendi direito, e volto meus pensamentos para Hinata, ela é tão linda e de repente sei nem eu mesmo perceber pergunto a ela.

Naruto: ei, sua irmã não pode eu entendi, mais e vc, topa sair comigo na minha máquina?

Quando eu falo isso ela cora violentamente e abaixa a cabeça com vergonha, eu me aproximo dela e agarro a sua cintura, nem sei por que mais só com aquilo já me dá um tesão ainda, mas quando ela solta um gemido fraco, que ela tenta disfarça para que eu não ouça, dou um sorrisinho de lado e a puxo um pouco mais pra mim e faço a olhar pra mim, me perdi naqueles olhos perolados, e ela responde bem baixinho.

Hinata: sim.

Naruto on.

 

Sai puxando aquela morena maravilhosa pelos corredores da escola, não sei o que ta acontecendo comigo, o cheiro dela me enlouquece, o hálito de menta dela deixa louco, que isso Naruto parece que nunca viu mulher na vida, logo vc que sempre teve todas que quis em seus pés , quando acabo de sair do meus pensamentos já estou no estacionamento da escola, não sei o que aconteceu, mas automaticamente sem eu perceber, de novo a puxei pela cintura e coloquei contra a porta do meu carro, passei o nariz por toda a extensão daquele pescoço, sugando todo aquele cheiro doce a fazendo arrepiar e soltar um pequeno gemido abafado, depois fui até sua orelha e falei baixinho com a voz mais sensual que consegui fazer.

Naruto: E então atrasadinha, o que vc quer fazer agora? (Depois disso dei uma mordidinha em sua orelha ouvindo novamente um gemido abafado)

Hinata on

Não sabia o que estava acontecendo comigo, estava ali no meio do estacionamento sendo imprensada contra um carro que parecia ser de outro mundo, com um loiro lindo mordendo a minha orelha, e o pior de tudo é que realmente eu estava gostando, comecei a ficar preocupada com isso, como assim Hinata vc vai sair com um cara que vc mal conhece? Como assim vc está gostando disso? E esses gemidos que vc ta dando em? Isso eram perguntas que meu subconsciente fazia, e eu não tinha resposta, só tinha medo, medo principalmente por que estava começando a agir que nem a Hanabi, e se isso continuar, bem digamos que não acabara muito bem.

Hinata: Pri... primeiro.... eu... eu... eu quero um pouco mais de espaço (não quero não chega mais perto) de... de.. Depois foi vc que me chamou.... vc que tem que me dizer. (eu quero que vc me agarre de novo)

Naruto: Atrasadinha, se eu for fazer o que eu quero isso poderia não acabar muito bem (ele falou isso com uma voz meio que safada, depois dando um sorriso meio de canto)

Hinata: Naruto-kun, se vc continuar assim eu não vou mais com vc (continua... continua... que eu to gostando)

Meu Kami, eu.... eu... to pensando igual como a Hanabi age, ou seja eu penso como uma pervertida, me ajuda meu Kami, me dá de volta minha seriedade.

Naruto: Serio, pensei que vc gostasse desse meu jeito (ele falou isso com ar de convencido)

Hinata: não gosto não.

Digo isso o dando um pequeno empurrão e saindo de perto daquele, idiota lindo de olhos azuis, quando derepente, ele me puxa pela mão me olha de uma forma concentrada, me traz mais para perto de se e fala baixo mais com firmeza.

Naruto : Desculpe, eu não queria deixar vc sem graça, muito menos lhe magoar, me perdoe, e que nunca conheci uma garota como vc.

Quando ele fala isso meu coração dispara, meu rosto vira um vulcão e eu fico com a sensação que vou desmaia, ele solta a minha mão me olha bem dentro do meu olho e fala.

Naruto: vc ainda quer sair comigo? (ele fala isso dando um lindo e calmo sorriso)

Hinata: cla... claro.

Não sei por que disse que sim para ele de novo, mas é automático eu não consigo controlar. Só que dessa vez não fiquei corada, eu fiquei feliz por ele estar ali, ele me leva até o seu carro de novo o destrava e abre a porta (detalhe o carro dele abre a porta pra cima) eu entro e vejo que é um carro totalmente esportivo, tanto por fora como em seu interior, ele entra liga o carro e dá a partida, ele liga o som e começa a entrada de uma música de Rock meio misturado com Reggae, nunca tinha ouvido e não entendia nada, já que nem era em Inglês muito menos em japonês , isso me ativa a curiosidade, até parece ser uma boa música e tudo mas eu não estava entendendo nada, então quebrou o silencio que já durava uns 5 minutos.

Hinata: Na... Naruto-kun, que.... que um...música é essa, na.. na.. Verdade que banda é essa?

Ele faz uma cara de confuso, com se pensasse de que mundo essa menina é? Depois da uma pequena gargalhada e dá um pequeno tapa em sua testa.

Naruto: Desculpa Hinata-chan, essa musica é da minha banda favorita no mundo, mais ela é brasileira, e se chama Charlie Brown Jr,

Eu fiquei um pouco confusa, certo que ele tinha aquela pele morena, mais o de resto não se podia negar que ele esra japonês, ele vendo a minha cara de duvida começou a falar da sua vida e de algumas histórias engraçadas, me explicou que viveu grande parte da Vida no Brasil, me contou a história de quando ia se afogando na piscina de casa quando tinhas 8 anos, e muitas outras coisas, quando percebi agente tinha chegado, acho que em um autódromo, er lindo, e imenso, enorme dois seguranças a verem o carro simplesmente deram passagem, mais a dentro vemos um homem com uma tapa olho com cabelo arrepiado e um cachorrinho perto dele. Naruto para o carro e pede para eu descer, eu faço isso e vamos de encontro com aquele homem.

Naruto: Oiiiiii, Kakashi-sensei, quanto tempo... (ele fala isso com um grande sorriso no rosto)

Kakashi: Naruto, como vc cresceu desde a ultima vez que eu o vi (ele fala com um sorriso calmo)

Naruto: Hinata-chan, esse é o Kakashi-sensei ele foi meu professor de Automobilismo por ums 4 anos, e essa aqui Kakashi-sensei é a Hinata-chan , uma atrasadinha que conheci a umas 2 horas (ele nos apresenta rindo em quanto eu fico corada)

Hinata: mui... muito prazer, Kakashi-sempai.

Kakashi: Muito prazer mocinha, vc é muito linda, pena que tem mal gosto (ele fala isso, enquanto eu coro e deixa Naruto irritado)

Naruto: ta bom, ta bom, já se conheceram agora Kakashi, vc poderia liberar a pista pra gente correr.

Ham como assim agente correr? Ele nem me perguntou se eu queria, ou se eu ia, ou se eu tinha medo, eu não vou pra isso, não vou mesmo.

Kakashi: Claro seu baka, mas vc conhece aas regras que tbm valem para aqui no Japão, so pode correr com carro da casa e com equipamento de segurança seu Baka.

Naruto: Claro que lembro de tudo Kakashi-sensei. (ele fala com um brilho no olho, acho que ele deve ser apaixonado por velocidade)

Kakashi fala onde devemos ir, e seguimos a diante, eu estou com um iceberg no estomago, to muito nervosa até que chegamos em uma garagem enorme, enorme mesmo. Ele abri com uma senha de segurança e tem acho que ums 15 carros lá dentro, ele explica que aqueles carros foram todos projetados pelo seu pai igualmente como a pista, e que a empresa so seu pai e conhecida mundialmente pelos projetos de seus carros, suas ótimas performances, ele pergunta se eu quero escolher o carro então eu balanço a cabeça positivamente e aponto para o carro branco mais bonito que vi ali então ele começa a falar.

Naruto: Boa escolha, esse é o Beck LM 800, é uma exclusividade em todo mundo, acho que no máximo umas 15 pessoas no mundo têm um desses depois que meu pai o criou. (ele fala isso com tanto orgulho) espero um dia ser tão bom quanto ele.

Eu fico o olhando começo a sorrir, com aquele ato de determinação dele, ele sai e pega a chave do carro em um armário que tbm tem um código de segurança e pedi para eu vetir um macacão. (eu juro que não vou olhar vc se trocar) foi o que ele disse emquanto me entrega a peça de roupa, vou em direção ao vestiário como ele me indicou e vejo ele saindo para o lado contrario, o coloco e fico esperando ele retorna, ele retorna com sois capacetes, onde ele me entregar um e coloca outro, depois disso ele pergunta se seu já tinha corrido com um carro em uma pista profissional eu asceno com a cabça que não e ele fala.

Naruto: Otimo então sua primeira vez vai ser comigo, (ele fala isso com um tom safado na voz) se prepara que a primeira vez é sempre inesquecível .

Hinata on

 

Pronto o que eu faço agora? Estava ali dentro de um carro que parecia mais uma nave espacial, com um loiro que não sei porque mexia com todo o meu corpo, em uma pista de corrida, e a uns 200 km/h, não podia acreditar que estava ali, na verdade meio que eu nem estava, estava com medo, com olhos fechados me segurando com bastante força ao banco que estava sentada, definitivamente aquilo não era pra mim, quando de repente eu ouço a voz roca de um certo, louco de olhos azuis.

Naruto – Ei calma, vc não esta gostando? Quer parar? (ele disse isso desacelerando o carro)

Balancei a cabeça positivamente, fazendo aquele rosto fica meio que triste, e definitivamente, não combinava com a personalidade dele, agora ele apenas virou o rosto pra pista e foi dirigindo, sem nem uma conversa, piadinha ou frases de duplo sentindo, e não sei por que aquilo machucou bem fundo o meu coração. Com isso tudo agora íamos bem devagar na pista, devagar até pra mim. Não sei de onde me veio tanta coragem, mais bem lentamente peguei na mão dele, ele virou meio assustado pra mim, e eu mas vermelha que um pimentão falei.

Hinata – v....vc... promete... que não ....... vai deixar nada de ruim acontecer comigo?

Naruto – Claro, nunca vou deixar isso acontecer, nunca mesmo. (falou serio)

Hinata- então me trate com carinho e va aumentando a velocidade devagarzinho

Nesse momento eu corei mais ainda, quando vi um sorriso meio que sacana, vindo do rosto do Naruto-kun, ele apenas disse pra segurar a mão dele e naõ ter medo, fiz isso, mais fechei meus olhos quando ele começou a acelerar de novo.

Naruto – Ei, Hina, senti isso...... Abri os olhos, e veja que mesmo a gente indo rápido, tudo ta passando devagar, a adrenalina causa êxtase..... é apaixonante, é como se uma descarga elétrica passa-se por todo o seu corpo, é arrepiante, é como um primeiro beijo..... é por isso que sou apaixonado por velocidade.

Quando ele falou isso, abri os olhos bem devagar, e vi sua expressão serena, e consegui notar o que ele falou, tudo na quele momento passou bem devagar, e não importava o que acontece-se, ali eu me sentia bem, protegida, confiante (coisa que era bem rara) e acho que finalmente, eu entendi, o que o Naruto-kun quis dizer, só que no meu caso, ele era meu êxtase, e nem sei por que, assim tão rápido, mas eu posso dizer.... Eu sou apaixonada por vc Naruto-kun.

 

Naruto on

Finalmente, consegui ver um sorriso, até meio bobo do rosto daquela morena, que coisa estranha, nunca tinha me sentindo assim,  só que importava agora era ver ela bem, e ainda bem que consegui, eu acho. Completamos a terceira volta e decidi voltar para a garagem, Hinata não fechou mais os olhos, eu so via nela agora, um sorriso lindo, que eu queria sempre ver daqui pra frente. Saímos do carro meio sem dizer nada até eu quebrar o silencio.

Naruto – Foi muito bom neh..... (falo isso com uma mão na nuca)

Ela simplesmente, responde sorrindo, que na verdade é melhor que qualquer palavra nesse mundo.

Naruto – bem, acho que sua irmã teria adorado vir aqui neh, (falo, meio sem graça, e isso é estranho pra mim)

Hinata- Naruto – kun, a Hanabi, eu a deixei sozinha, o que sera que esta acontecendo com ela? (ela fala isso com um rosto cheio de aflição)

Meu coração se encheu com toda a preocupação que eu vi no rosto dela ali, apenas assenei pra que ela entrasse no carro, ela obedeceu, e sai em disparada, passei por kakashi-sensei, apenas buzei, e vi o mesmo acenando com a mão, ele devia entender que era, uma emergência pela forma que saia dali, e nem reclamou por ta saindo com um carro de demonstração da empresa, na guarita os seguranças já tinham, aberto so portões, (obg Kakashi-sensei) que fez a gente ganha bastante tempo, sai meio que nem um louco pelas ruas de toquio, olhei de lado e vi Hinata com rosto serio, e decide que tinha que falar alguma coisa.

Naruto- EI, Não, se preocupa, eu te prometi que não ia deixar nada de mal acontecer com vc, eu nunca vou deixar vc triste, então eu tbm nunca vou deixar, nada acontecer com aquela doidinha tbm, isso é uma promessa, e eu nunca volto com a minha palavra, esse é o meu código pessal (falo isso dando o sorriso mais animador possível, e vejo que funciona)

Hinata – Arigato Naruto-kun, eu acredito totalmente em vc, (ela fal isso rindo e vejo que ela mesmo mal me conhecendo, confia definitivamente em mim)

Chegamos rápido, ao colégio, eu diria rápido até demais, por sorte a cancela que da acesso ao estacionamento da escola estava levantada, então entramos rápido pelo portão e vemos uma cena inacreditável, eu apenas parei o caro de repente e vejo Hinata falar.

HInata – Hanabi...... eu não acredito nisso.......

Nós vemos uma garotinha, que daria meu fígado antes de acreditar que ela faria aquilo. Ela tinha escrito um cartaz e posto em cima de um Astom Martin one-77, que acredito que fosse o que ela tinha falado, com a seguinte frase “É maior de 16? Já pode dirigir? É um gato, gostoso? Vem me da uma carona nessa minha maquina” e o pior de tudo é que tinha uma roda de marmanjo querendo fazer esse favorzinho pra pirralha. Cara como uma menina daquela idade, com cara de anjinho, poderia fazer algo como aquilo, ? é incompatível com o nivel de fofura do rosto dela, mais em fim, eu via agora uma Hinata, vermelha, é acho que não era de vergonha ou pelo menos não apenas de vergonha, ela saio brava até aquela diabinho, e eu a segui, passamos por aquele bando de marmanjo sem vergonha e Hinata falou para a irmã.

Hinata – Hanabi, o que vc pensa que está fazendo (ela fala isso com o rosto totalmente vermelho, mais vermelho mesmo)

Hnabi – Tentando arranja carona, já que vc me deixou aqui. (ela fala, assim na lata, com ose fosse a coisa mais, comum do mundo)

Hinata – E.... eu não deixei...v...vc aqui.... eu vim te buscar.....

Hanabi – depois de 3 horas, de espera.

Hinata- mais eu to aqui... não to?

Hanabi- Tá com uma macacõ de corrida igual aodo loiro gostos ai, o que vcs estavam fazendo em (ela fal isso com uma cara de safadeza, que só ela consegui, deixando Hinata a ponto de explodi)

Ai nós no tocamos que realmente, não fomos trocar as roupas antes de vir correndo, pra cá e chega a ser um pouco constrangedor.

Hinata – n..... não.... foi nada... de mais (serio essa menina vai explodir e levar o colégio junto)

Ai eu escuto um cara, que nunca tinha visto falar, “não tir o macacão, ta bem gostosa”.... não sei por que mais aquilo me deu uma raiva. Eu peguei ocara pela gola da blusa e sai o empurrando, o expulsando.

Naruto – Aprende a falar com uma mulher seu otario, se ao menos vc olhar pra ela, e eu perceber, daqui pra frente, vc não vai ter tanta sorte quanto hj ta entendido? (imediatamente ele correndo, junto com todos os outros caras kkkkkkk)

Hinata – O... o... obrigada..... Naruto- kun

Naruto – não esquenta, eu disse que ia te proteger neh (falo sorrindo, na verdade nem sei por que)

Hanabi – bem bem bem, e agora, quem me leva pra casa? Vc one-chan ou o loiro gostos ai (serio velho, essa menina é louca)

Hinata – eu... Hanabi.

A maluquinha entra no carro, na verdade ela tava com a chave do carro não sei como mais ela tava, quando Hinata ia entrando, instantaneamente eu a puxo pelo braço, abraço o mais forte possível, deixando nossos rostos a centímetros de se tocarem, sinto aquele perfume suave de rosas, aquele hálito de menta, que sai de um leve suspiro, cara essa morena ta me levando a loucura.

Hinata – Naruto-kun..... a gente ta....ta... muit... muito perto. (ela vermelha)

Naruto – Hina, vem pra uma festa hj comigo? Vai ser na boate de ums amigos meus. Ficar com vc me deixa bem.

Hinata – não..... não posso tenho que, cui... cuida da Hanabi.

Ai se houve um grito de dentro do carro.

Hanabi – não tem não, eu posso ficar com o Neji-nichan (essa menina é de mais)

Naruto – vendo oh já não se tem esse problema,

Hinata – tu... tudo bem... agente vai, mais...agora tenho que ir pra casa. (quando ela diz isso abro um sorriso, e dou um leve beijo em sua bochecha, que é o suficiente pra ela entra em desespero, se largar de mim e sai correndo pro outro lado para entra no carro)

Antes que ela entrasse eu perguntei.

Naruto – Hina, então ta tudo certo neh (esperando ancioso pela confirmação)

Ela da um sorriso, balança positivamente a cabeça e fala.

Hinata – Tá combinado.... Naruto-kun.  


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...