História Apaixonado por você! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Friendzone, Ilusão, Romance
Exibições 12
Palavras 691
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Luzes da cidade.


Fanfic / Fanfiction Apaixonado por você! - Capítulo 1 - Luzes da cidade.

Ela usa uma regata preta com uma jaqueta de couro preta, uma saia rodada preta, (curta demais para o meu gosto) seu cabelo castanho com algumas mechas vermelhas quase imperceptível balança com o vento da noite, está maravilhoso, sua franja resolveu se comportar hoje, nos pés está usando o All star longo até o joelho que ela tanto ama. Estou esperando ela encostado no meu carro, ela sai do portão e pula em mim com um forte abraço, retribuo com um abraço mais forte, quando nos soltamos entramos no carro.
    - Onde vamos? Diz ela toda animada.
    - Você vai amar. Digo colocando o cinto de segurança.
    - Você sabe como eu amo surpresas. Diz ela irônica.
  Ela coloca "Boa Noite - Tropkillaz" no rádio e começa a dançar com os pés e cabeça no ritmo da música, chegamos em uma estrada de terra então acelero, ela olha pra mim com um sorriso psicopata no rosto e então abre a janela toda e sai com metade do corpo para fora, ela se segura com uma mão e o outro braço tira para fora, ela começa a gritar de alegria com o vento forte em seu rosto, ela volta para dentro do carro, seu cabelo está todo bagunçado, ela me dá um beijo surpresa na bochecha, um beijo doce.
    - Precisava disso... Valeu! Diz ela ofegante.
  Não digo nada, fico paralisado com o beijo dela.
    - Você está bem? Pergunta ela pegando na minha mão direita, olho em seus olho e dou um sorriso tímido como resposta.
    - Pensei que eu ia morrer. Diz ela em meio há gargalhadas.
    - Nunca vou deixar isso acontecer. Digo confiante pegando carinhosamente uma de suas mãos.
    - Ecaa. Vou vomitar! Diz ela fazendo uma careta com a língua para fora.
    - Ainda bem que chegamos. Digo parando o carro.
    - Você me trouxe no meio do nada! Diz ela um pouco nervosa.
    - Calma, fica aqui.
  Ela faz um bico e cruza os braços, saio do carro, vou até a porta dela e abro, estendo a mão para ela sair, ela segura minha mão e sai do carro, paro na frente dela e seguro suas mãos.
    - Feche os olhos e confie em mim. Digo olhando em seus olhos, ela sorri e fecha os olhos.
  Há guio para alguns passos à frente do carro, fico do lado direito dela.
    - Pode abrir. Digo calmo e animado olhando para o rosto dela.
  Ela abre os olhos e se depara com uma maravilhosa cena do alto onde vê apenas as luzes da cidade, ela abre um sorriso sincero maravilhoso, seus olhos brilham maravilhados, ela anda alguns passos para frente olhando para as luzes.
    - Parecem estrelas....!
    - Cuidado você está chegando na berada. Digo com preocupação andando até ela.
  Ela para e olha para o chão, no momento em que ela vira em minha direção ela perde o equilíbrio e quase cai, pego sua mão e à empurro para perto de mim, nossos corpos ficam tão pertos que posso sentir o coração dela batendo, nossas respirações se misturam, minha vontade de beija-lá é tão grande, fico imóvel esperando alguma reação dela, até que ela se aproxima e beija minha bochecha.
    - Você me salvou... Diz ela com algumas risadas se afastando dos meus braços.
    - Sempre... Digo com um pouco de decepção e tristeza em minha voz.
    - Ei... Ela passa a mão em meu rosto. - Por quê essa tristeza em seu rosto?
     Estou completamente apaixonado por você! - penso, mas respondo com apenas um sorriso.
  Ela sorri e anda em direção ao meu carro, sentada em cima do carro ela me chama com um sorriso, sento junto com ela e ficamos observando as luzes e a lua, conversamos um pouco até ela cair no sono com a cabeça encostada no meu ombro.

      Ela é tão perfeita! se eu contar para ela o que eu sinto posso perde-lá e isso não é uma opção! Ah!... como eu há amo...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...