História Apenas ame - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Pequenoleitor
Visualizações 1
Palavras 811
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Nada a dizer ^u^

Boa leitura meus amores
♥3♥

Capítulo 6 - Amor doentio


 P.O.V ORLANDO

 Dean não ficou na festa até ela acabar,a dança deve ter deixado ele cansado,nem deu tempo dele se depedir dos outros,mas tudo bem,sempre fazemos essa festa,fui acordar ele,bati na porta mas não fui atendido,bati de novo mas ele não disse nada,abro a porta preocupado e vejo que Dean estava no chão desacordado,rapidamente corro e boto ele na cama,ponho a mão em sua testa e vi que ele estava quente demais.

 Orlando:Ai meu Deus-Sai do quarto as pressas e pedi ajuda ao primeiro empregado que vi para chamar ajuda,voltei ao quarto e fiquei com Dean,ele não respirava muito bem.

 Wanessa:Senhor,um dos empregados disse que Dean precisava de mim e vim correndo

 Orlando:O Dean não está bem Wanessa,ajude ele-Me afastei e ela começou a analisar ele

 Wanessa:A febre dele está altíssima,ele não está respirando direito e sua pele está ficando pálida,isso não é bom,nada bom nada bom

 Orlando:O que ele tem?

 Wanessa:É uma doença que já foi extinta pelo que eu estudei,mas como ela veio parar no Dean? Ele sempre cuidou de sua saúde

 Orlando:O que a gente tem que fazer para curar ele?

 ???:Eu digo o que tem que fazer senhor Orlando

 Me virei e vi que era...REI SEBASTIAN?! Como ele entrou aqui?!

 Orlando:O que está fazendo aqui? Quem lhe deu permissão de invadir o meu castelo

 Sebastian:Ah para de estressizinho,você quer saber como curar seu filho ou não?

 Orlando:Quero

 Sebastian:Ótimo,vamos negociar a sós

 Orlando:Wanessa,fique com o Dean

 Wanessa:Sim senhor

 Me retirei do quarto de Dean e junto ao rei Sebastian fomos ao minha sala de reuniões aonde o filho e a esposa dele estavam com minha esposa.

 Lídia:Amor,o que eles estão fazendo aqui?

 Orlando:Calma Lídia

 Sebastian:Bem...aqui vai um resuminho do que está acontecendo,seu filho está com uma doença séria e nós temos a cura...bem...não será uma boa cura se não entrarmos em um bom acordo

 Orlando:E que acordo seria esse?

 Sebastian:Simples,quer ver seu filho bem? Então case o seu filho com o nosso filho

 Orlando/Lídia:O QUE?

 Sebastian:Vocês ouviram muito bem,então? Temos um acordo?

 Orlando:De jeito nenhum!

 Sebastian:Vou deixar você pensando melhor,mas é melhor pensar bem,seu filho não terá todo o tempo do mundo

 Eles se retiram da sala,soco a mesa com raiva,vejo que Lídia começa a chorar.

 Lídia:E agora?

 Orlando:Convoque todos os curandeiros e médicos do reino,se for preciso,de reinos vizinhos também


 P.O.V AUTOR

 Todos os médicos e curandeiros foram reunidos,informaram ao rei que havia um jeito de fazer Dean ficar bem,mas que não curaria ele completamente,e que esse remédio que preparariam teria que dar quando a doença atacasse novamente.

...

 Algum tempo depois de ter dado o remédio para Dean,o rei mandou levantar defesa e proteção em seu reino,proibindo a entrada de qualquer pessoa do reino Dark Bad,os outros reinos fizeram a mesma coisa.

 Ao passar do tempo,Dean tinha o ataque da doença com frequência,não podia mais participar das festas de seu reino,não comia ou bebia muito bem,os remédios não tinham o efeito tão duradouro como antes,e o reino culpava o rei Sebastian por tudo.


 >>>10 ANOS DEPOIS<<<


 P.O.V DEAN

 Não...não aguento mais,as vezes acho que a melhor maneira de acabar com meu sofrimento é me matar,não estou aguentando mais,estou deitado em minha cama desde que acordei,ouço alguém abrir a porta e vejo que era meu pai.

 Orlando:Oi filho...

 Dean:Oi pai...-Minha voz estava fraca e rouca

 Orlando:Olha filho...tudo...tudo isso é culpa minha,eu...eu não fui um bom pai e um bom rei...

 Dean:Não pai...a culpa não foi sua...foi minha...só minha...eu fui um tolo ao acreditar que Nathaniel e a família dele poderia mudar

 Orlando:Não se preocupe filho,os médicos e os curandeiros estão tentando achar a cura

 Dean:Pai...e-eu...não aguento mais...aceite a proposta deles pai...por favor...

 Orlando:Mas filho...

 Dean:Prefere me ver morto?

 Meu pai fica em silêncio,suspira e vai até a porta.

 Orlando:Farei isso por você

 Ele se retira,suspiro profundamente e começo a chorar,eu...eu gosto de Nathaniel,mas não queria que as coisas fossem assim,não queria.

...

 Um médico veio ao meu quarto e me deu um remédio e se retirou de meu quarto,em alguns minutos já estava me sentindo melhor,a porta foi aberta novamente,vi que era...Nathaniel,fiquei olhando para minha barriga e mantive meu silêncio.

 Nathaniel:Parece que mesmo você nesse estadp consegue manter sua aparência,muitos já teriam morrido a essa altura

 Dean:...

 Nathaniel:Não sabia que a doença impedia a pessoa de falar-Ele dá um riso curto,mas mantenho minha face fechada-Ah para de palhaçada e fala alguma coisa

 Dean:O que você quer que eu diga?!

 Nathaniel:Ei ei ei! Não grita com o seu futuro marido não

 Dean:Eu vou me casar forçadamente com você,e nem pense que eu vou te perdoar

 Nathaniel:Ok...vamos ver se não vai mesmo,a nossa festa de casamento é amanhã,não se atrase

 Ele se retira de meu quarto,corro até lá e bato a porta,me enconto nela e começo a descer arrastando minhas costas na porta e abraço meus joelhos enterrando minha face nele,o choro é inevitável,nunca pensei que isso poderia acontecer comigo,justo comigo.


Notas Finais


Aiai...esse amor incondicional vai ficar do caralho -_-

Bjs bjs bjs e até a próxima cap
♥3♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...