História Apenas amigos? - Imagine Suho (EXO) - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Exo, Imagine, Suho
Visualizações 335
Palavras 1.425
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei gente :)
Boa leitura ♡
Amo vcs ♡

Capítulo 38 - Hora da ação part.I


Sorá P.O.V on

Foi estranho,mais tive que mandar Kyungsoo levar (s/n) pra dá uma volta. Não pensem merda não,eles não tem nada,só fiz isso para não envolver minha amiga em um plano que se ela soubesse não iria querer que eu realizasse. Eu tive que implorar por que o D.O costuma ser muito chato,e ele topou. O plano era o seguinte,eu ia fazer o infeliz do Kris falar tudo o que tinha acontecido aqui em casa no dia que ele agarrou (s/n),eu ia gravar tudo o que Kris dissese,claro e ia esfregar tudo na cara de Suho,pra ele ver que (s/n) nunca havia mentido para ele.

Me arrumei rapidamente e liguei para Chanyeol,claro que eu não ia sozinha pois eu teria o reforço de Channie e Jongin,se caso Yifan tentasse algo.

- Eu hein tudo vocês querem me envolver! - Kai resmungou.

- Silêncio ae menino! - Coloquei o dedo indicador nos lábios de Kai para que ele calasse a boca.

- Vamos logo,aproveitando que o Kris tá só na casa da sua mãe - Chanyeol disse,ainda bem que meu orelhinha era informado amém. 

Entramos no carro. Kai ia atrás e eu na frente com Channie por que sim por que eu que mando nas coisas. 

- Isso vai dar certo mesmo? Não quero me arrepender de ter vindo com vocês! - Kai disse claro resmungando como sempre...

- Vai dar certo,óbvio que vai,se eu digo que vai é por que vai cacete! 

- E quem é você pra dizer que vai dá certo assim com tanta confiança hein?!

- Vai dar certo Kai,cala a boca aish! - Gritei por que sou dessas que a paciência se esgota rápido.

- Calem a boca os dois que a voz de de vocês me irrita - Chanyeol protestou sem tirar a atenção do volante.

Kyungsoo P.O.V on

Nem sei por que topei dar "uma volta" com a (s/n),essa garota apesar de ser bonita é chata pra desgraça,nada a agrada,o passeio todo ela passou com cara de porta,falou pouco e jogou no chão o sorvete que eu paguei com toda a bondade do mundo,eu ia fazer a (s/n) engolir qualquer árvore que eu visse na minha frente por que sim,eu não tenho paciência.

- Olha como o dia está lindo - Tentei anima-lá,até deu um sorriso falsinho,mas a chata da garota só me olhou com cara de cú.

*Nunca mais Park Sorá! Nunca mais* 

Pensei,eu juro que tentei o possível mas (s/n) não colaborava nem um pouco. 

- Por que Jumyeon não acredita em mim? - A mesma perguntou encostando a cabeça em meu ombro direito.

- Por que ele te pegou no flagra se pegando com outro!? - Respondi.

- Mas não foi por que eu quis.

- Mas não foi isso que o líder pensou,amiga - Fui um pouco frio ao falar isso,mas infelizmente eu sou realista demais.

- Obrigado Kyungsoo .

- De nada! - Sorri irônico.

Eu P.O.V on

Kyungsoo tava me colocando ainda mais pra baixo,seu que esse é seu jeito frio mesmo,mas ele poderia ter sido menos realista. Eu não estava brava com ele não de maneira alguma,D.O tentava ser legal mais não o suficiente para me fazer sorrir. 

Lay outro dia me ligou,disse que estava vindo para Coréia com nosso pai,eu pensava seriamente em ir morar na China e não voltar mais,sabe...tocar a vida pra lá,com os pensamentos bem longe de Jumyeon e todos os problemas.

Chanyeol P.O.V on

Estávamos próximos da casa de Yifan,faltava poucos quarteirões. Estacionei o carro não tão perto para não dar muito verde.

- Vocês ficam aqui ouviram?! - Sorá alertou enquanto eu e Jongin acentimos que sim.

- Se cuida viu meu bem! - Beijei Sorá antes que a mesma saísse do carro.

- Aish que casalzinho meloso! - Kai disse torcendo o nariz com uma cara meio que de incômodo.

- Eu já disse pra você ficar calado Kim Jongin! - Sorá colocou outra vez o indicador nos lábios de Kai que deu um tapinha de leve em sua mão.

- Qualquer coisa eu coloquei um exprai de pimenta na sua bolsa - Sorri apontando para bolsa da mesma - Use se por um acaso Kris tentar fazer algo.

- Tá bom amorzinho preocupado! - Ela sorriu e saiu do carro em direção a casa da mãe de Yifan.

- Isso vai mesmo dar certo? Olha lá hein! - Resmungou Kai.

- Para de ser inseguro Jongin - Protestei revirando os olhos.

Sorá P.O.V on

Andei o mais rápido que pude para chegar ao encontro do cachorro do Yifan. Eu estava afim de arrancar todas as verdades de sua boca,se eu não o fizesse falar,eu estava disposta a mudar de nome.

Me aproximei da porta e respirei fundo,mantive a calma e sei três batidas na porta...Foi quando ouvi barulhos de passos vindo em direção a mesma.

- Nossa você por aqui? - Kris perguntou surpreso quando me viu.

- Não imagine é o Barak Obama - Revirei os olhos com uma certa arrogância - Quero ter uma conversa séria com você senhor Wu.

- Então tá vamos para o meu quarto... - Entramos. Fomos subindo para o quarto de Kris. Quando entramos o mesmo estava mais bagunçado que minha casa,parecia ter passado um grande furacão.

- Agora diga o que deseja e depois se retire por que eu tenho o que fazer - Yifan sentou-se em uma cadeira que ficava perto de sua cama,o mesmo ainda pôs os pés sobre ela e fez aquela cara siníca de sempre. Kris então relaxou jogando a cabeça para trás fechando os olhos,foi quando liguei o gravador de voz rapidamente,eu nunca havia sido tão rápida na minha vida,se ele me visse com o aparelho ia acabar desconfiando e ia dar merda.

Sentei na beira da cama pôs o aparelho em minha cintura preso na calça jeans,claro um pouco menos abafado que era pra voz do infeliz ficar audível,como minha camisa era grande pelo meio de minhas coxas,ia ficar menos exposto a mesma também era solta com uma cor de vinho,tinha tudo para dar certo o plano. Comecei então o interrogatório,ainda bem que a porta estava semi aberta,então correr dali não seria tão difícil.

- Você gosta da (s/n) não é? - Perguntei como se não quisesse nada,Yifan me olhou,pensou um pouco e respondeu...

- Amo ela,mais isso não é da sua conta! - O mesmo rebateu arrogante.

- Ah sim,ela tá mal por que você fez ela brigar com o idiota do Suho - Na hora inventei de improvisar qualquer coisa que não me fizesse dá close errado - Ainda bem que eles terminaram,esse Jumyeon é um meloso eca!

- Pensei que você fosse com a cara dele,o shippava tanto com minha prima - Um sorriso largo foi estampado em seu rosto.

- Na verdade eu era obrigada,sabia que minha amiga o amava,fazer o quê? - Encolhi os ombros.

- Então tá né,agora que eles estão separados meu caminho está livre - Yifan levou os mãos para o ar em forma de agradecimento - Sei que minha prima irá me dá uma chance.

- Ah ela vai mesmo! - Eu disse - Você até que pensou quando fez Suho pegar vocês dois juntos - Não pensei quando disse isso simplesmente escapou,pensei que Kris talvez desconfiasse.

- Suho é um trouxa que acredita em tudo que ver,e minha prima mais ainda de acreditar em mim - Kris se levantou em minha direção - Eu consigo tudo o que quero,por que eu Kris Wu! - Juro que me assustei quando Yifan disse isso em um jeito frio e assustador...

- O-o q-que você quer dizer com isso? - Gagueijei de tanto nervosismo.

- Que eu sempre consigo tudo por que eu sou um gênio,e (s/n) vai ser minha por que eu decretei isso - O mesmo agarrou minha cintura com força - E você também não é de se jogar fora. - Quando vi aquele sorriso malicioso tentei recuar mas não conseguir,o garoto é mais forte que eu e minha bolsa estava em cima da cama. - Eu beijei sim sua amiga a força,ela tentou recuar,mas caiu na minha rede é peixe! - Kris mordeu os lábios já passando as mãos por baixo de minha camisa,"meu Deus" pensei,ele estava perto de encontrar o aparelho de gravador de voz que estava bem perto de suas mãos.

- Kris licença! - Tentei me soltar.

- Calma,eu vou fazer você sentir meus lábios igual como sua amiga sentiu - O mesmo selou nossos lábios em um beijo selvagem,eu não tive como evitar. Senti as mãos de Yifan se aproximarem de minha cintura perto de onde estava o aparelho,meu coração gelou por um momento...

- Que porra é essa aqui?! - Era tarde ele já havia sentido o volume entre minha calça e a cintura,cacete na hora que eu havia conseguido fazer ele falar...

Continua...


Notas Finais


O que acharam? Tá meio chato mas enfim,logo postarei a parte 2 do capítulo amores :)

Beijos Bia ama muito vocês ♡

Obrigado por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...