História Apenas Amigos - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Tags Amor, Bts, Bullying, Depressão, Inseguranças, Sexo, Timidez
Visualizações 16
Palavras 1.500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, FemmeSlash, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então meus unicórnios, mais um capítulo como prometido. 😊

Capítulo 4 - Ele é muito provocante


Fanfic / Fanfiction Apenas Amigos - Capítulo 4 - Ele é muito provocante

Depois de pensar no ocorrido fui fazer minha lição de casa, quando terminei fui comer e jogar um pouco com o meu irmão

~ Quebra do tempo ~

 Eu estava indo dormir quando meu irmão me coloca no grupo de um jogo em que ele jogava com alguns garotos da sua sala, são os mesmos que eu conheci.

Sem nem pensar como um impulso acabo salvando o número de namjoon no meu celular, e fico alguns segundos olhando sua foto de perfil pensando no mesmo.

- para s/n. - digo para mim mesma em voz alta.

Ele é bonito, mas nem tanto, mentira ele é muito gato. Mas eu preciso focar nos meus estudos é a prioridade na minha vida.

Depois desses pensamentos, vou para o banheiro tomo um banho longo para refletir tudo o que aconteceu hoje, coloco meu pijama, vou para a sala dar boa noite aos meus pais e vou dormir.

~ Quebra do tempo ~

 Hoje meu irmão nem precisou me chamar acordei mais cedo do que ele, e quando o mesmo levantou eu já estava quase pronta, só estava retocando a maquiagem.

- s/n! - jimin me chama.- ontem o jin nos chamou para ir a casa dele depois da escola, eu iria te avisar ontem mas você já estava dormindo.

- a omma e o Appa já sabem?

- sim, eu já conversei com eles, e já deixaram.

- quem vai? - pergunto lembrando de namjoon e o seu sorriso maravilhoso.

- eu, você e o namjoon. - ele diz terminando de pentear os cabelos.

- ok!

Esperei ele terminar de se arrumar, peguei minha bolsa, e fui para o colégio a pé, já que não era tão longe.

Chegando lá encontro jin que me cumprimenta com um abraço apertado.

- oii s/a, você vai a minha casa hoje para jogarmos uma partida de clash e fazer brigadeiro, não aceito não como resposta. - ele diz fazendo um biquinho muito fofo.


- é claro que eu vou, eu não quero perder a oportunidade de fazer um brigadeiro com o melhor cozinheiro do mundo. - digo dando o melhor sorriso do mundo.

- s/n. - yang mi me chama do outro lado do pátio.

- jin, a yang está me chamando preciso ir, licença. - digo me reverenciando a ele.

- pode ir s/a. - ele diz fazendo o mesmo jeito.

- Você falou com o namjoon ontem? - ela me pergunta me fuzilando com o olhar. E parecia ser brincadeira.

- sim, ele é muito legal, não esperava que ele fosse tão legal quanto você me falou! - Falo com um sorriso ingênuo no rosto.

- Então tá, pode voltar com o seus amigos. - ela diz em uma forma se achando superior.

- ok! - eu disse dando risada, e voltei para onde meu irmão e jin estavam.

- jin você montou que deck no desafio? - começamos a falar de jogos, quando eu sinto uma respiração quente atrás de mim, vejo uma mão sair pelo lado do meu corpo e cumprimentar jin e jimin. Quem será? Me viro da posição quase imóvel e quase Beijo o namjoon que sorri exibindo suas cozinhas maravilhosas.

Naquele momento senti minhas bochechas queimarem.

- oi criança! - namjoon diz ficando ao meu lado.

- oii nam! - digo tentando disfarçar a timidez e o calor que estava no meu corpo.

- vai pra casa dia jin, depois da escola? - namjoon diz olhando nos meus olhos, e com uma expressão felize.

- sim eu vou. - falo timidamente tentando desviar o olhar de seu rosto, focando no chão.

- ok Então até o intervalo. - ele diz subindo as escadas.

O sinal já bateu e eu nem percebi, também com um Deus do meu lado.

~quebra do tempo~

Estava no banheiro com minhas amigas quando jisoo chega com uma caixa de som e coloca hardy cary na caixinha fazendo eu e as ouras meninas dançarem.

Yuna e sumi não se desgrudaram por um só segundo... ficaram na troca de olhares dividindo comida....

Fiquei vendo alguns dance practice no meu celular, quando o sinal tocou.

As aulas passaram rápidas demais.
Agora eu estava na porta da escola esperando por jimin, jin e namjoon.

 - vamos pequena? - namjoon chegou de mansinho perto de mim.

- vamos!

Eles ficaram o caminho inteiro conversado sobre jogos e outras coisas enquanto eu fiquei quieta ouvindo tudo.

- chegamos! - jin disse parando em frente a casa de portão branco e com as paredes em tom rosa claro.

- woont que linda a sua casa! - disse entrando na casa do meu amigo. - se minha cor favorita fosse Rosa e estaria no paraíso. 


Me sentei no sofá de sua casa e jin pegou nossos casacos e nossas mochilas com a ajuda de jimin é colocou em um quarto. Nesse pequeno período a sós com namjoon ele sentou ao meu lado com um pouco de vergonha.

- voltei! - jimin diz se sentando do meu lado direito.

- OMMA, A SENHORA PODE VIR AQUI!! - jin grita para sua mãe que desce as escadas e vem em direção a nós.

- omma está é a s/n, e s/a esta é a minha mãe.  - diz jin com um sorriso meigo nos lábios.

- Prazer s/n! jin te elogiou muito disse que você era uma menina muito meiga, e simpática, e muito linda que por sinal é verdade. - ela diz com o mesmo sorriso nos lábios que o seu filho.

- Obrigada tia e jin. - digo me reverenciando e sorrindo para os dois.

- oii tia! - jimin diz abraçado a mesma

- oii. - namjoon diz com uma cara meio emburrada, será que é ciumes? - s/n posso jogar com você no seu celular?

- claro!

- crianças, eu estou fazendo pipoca doce, quem quise comer o jin leva pra vocês. - a mãe de jin diz vestindo um avental.

- Obrigada tia não precisava. - digo pegando uma cadeira da cozinha para me sentar ao lado de namjoon que estava na mesa do computador.

- todos que vem em minha casa não saem sem antes comer a minha pipoca. - ela diz colocando corante na panela.

 Sorrio para a mesma, e me sento ao lado de namjoon.

- s/n, vou te dar umas dicas para você jogar. - ele diz pegando o meu celular.

- está bem.

 ele pega o celular e vira um pouco mais para ele, fazendo com que eu me aproxime mais dele.

 Ele me ensinou a jogar, conversamos e brincamos com os meninos, e minha omma e meu appa chegaram.

- filhos vamos em bora? - minha omma disse entrando na casa de jin.

- espera só mais um pouco mãe, o Appa do Jin foi pegar uma pizza. - jimin diz fazendo um biquinho engraçado.

- é tia espera só mais um pouco. - namjoon diz

- ok, eu espero. - minha omma diz

- cheguei! - o Appa do Jin diz entrando com as pizzas na mão.

Minha omma e os pais de jin começam a nos servir.

- s/n quer um pedaço? - minha omma me pergunta.

- não, pode dar para o jin. - falei para a minha mãe que entrega o pedaço para ele.

- s/n você não gosta de pizza? - namjoon diz com cara de espanto.

- não, é porque eu quero que vocês peguem primeiro, é só isso. - digo dando risada.

- ata! - diz namjoon

Derrepente um rap do eminem começou a tocar, era o celular do namjoon.

- alô?

-sim, já estou indo.

- ok, agora são 9:30 da noite.

- Tchau omma.

- ela quer já está falando pra voltar pra casa. - ele diz para mim.

- quer uma carona? -pergunto para ele pois já estava tarde para ir a pé, já que minha mãe estava de carro.

- não precisa, eu vou andando é melhor.

- não você vai de carro, meus pais te levam, eu não confio em deixar você na rua a essa hora. - digo fazendo biquinho para namjoon

- tudo bem pequena, eu vou com você. - ele diz passando a mão em meu rosto, e depois põe a mão na cocha da minha perna, me fazendo arrepiar.

- Omma, o nam vai com a gente. - ele me olha feliz  por eu chamar ele assim.

- ok, esta muito tarde para ele ir andando por essas ruas.


Nos despedimos de jin e os seus pais, e entramos no carro, adivinha quem estava do meu lado? Se você pensou jimin está errado pois foi o namjoon hahahah. No caminho namjoon pegou em minha mão e a segurou durante o trajeto todo.

- Tchau nam. - digo ao carro parar em frente a casa dele

- Tchau pequena! - ele diz dando uma piscadinha pra mim, e dou um beijo em sua bochecha.

Ele se despende de jimin e dos meus pais e entra em sua casa.


Notas Finais


Boa leitura! 😜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...