História Apenas amigos - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Ino Yamanaka, Kabuto, Kakuzu, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kizashi Haruno, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Mei, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Drama, Narufemsasu, Naruhina, Narusaku, Naruto, Romance, Shikatema
Exibições 233
Palavras 1.357
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 45 - Mais uma parte triste da minha vida


Fanfic / Fanfiction Apenas amigos - Capítulo 45 - Mais uma parte triste da minha vida

Dois meses depois

Eu estava só piorando não estava conseguindo dormir direito meus olhos estavam sempre com um tom avermelhado de quem está chorando , meus cabelos estavam grandes e um pouco desarrumados sempre , não usava maquiagem a muito tempo , minha olheiras eram enormes e meu celular só tinha o numero de uma pessoa que eu tinha ligado e essa única pessoa nunca me atendia. Karin estava me falando sobre as coisas do naruto, ele estavam bem mal também hinata não estava o ajudando tanto quanto ele estava precisando nas fotos dos dois que ela me mostrava ele estava sempre com os olhos avermelhados iguais aos meus e olheiras bem maiores e fundas que as minhas seu sorriso era tão forçado que não dava pra esconder bem. Eu ainda tentava falar com ele no hospital, mas ele tinha trocado de turno pra o da madrugada na esperança de me evitar oque estava dando certo afinal eu tentava voltar com ele, mas ao mesmo tempo mantinha distancia pra ele não sofrer mais comigo. As meninas estavam sempre comigo tentando me ajudar, mas como sempre eu só conseguia pensar nele quando ficava sozinha novamente, estava sempre com cortes nos braços meus pulsos sempre em retalhos oque tinha se tornado uma forma de punição pelo que eu fiz a ele eu tinha caído em depressão e estava tão fundo dentro dela que me parecia difícil pensar se conseguiria voltar ao normal novamente. Hoje eu estava de folga e as meninas também oque tinha se tornado bem raro de acontecer esses meses, pois sempre que eu estava de folga elas estavam trabalhando e vice-versa, Karin estava na sala comigo nós duas vendo televisão ela estava com uma barriga enorme e não tinha mais duvida de que o bebe fosse nascer em alguns dias o casamento também iria acontecer daqui a algumas semanas depois que o bebe nascesse e eu tinha sido escolhida pra ser madrinha e o naruto padrinho, mas ele não estava aparecendo nos ensaios pelo menos não quando eu estava.

- sabe eu andei pensando nos nomes afinal ter uma menina vai ser algo bom, pois eu posso escolher os nomes mais fofos do mundo – diz ela sorrindo passando a mão na barriga.

- só não vai dar um nome estranho pra criança – digo bebendo um gole de cerveja – tipo nada de nome de comida

- é ia ser meio chato as zoações com ela – diz ela suspirando – mas eu pensei em sarada imagina ? Sarada uchiha uzumaki

- vai ficar legal – digo bebendo outro gole da minha cerveja – mas claro que uchiha uzumaki vai ficar estranho é melhor tirar um deles

- então eu vou tirar o uzumaki – diz ele sorrindo – isso mesmo sarada uchiha vai ser legal

Eu ouço o som da campainha tocar e me levanto virando a minha garrafa a bebendo toda enquanto ando em direção à porta e quando abro vejo ino com hinata me olhando, ino vestia uma blusa branca com uma caveira colorida desenhada com um jeans escuro e usando botas pretas com salto alto. Hinata vestia uma blusa preta com mangas, um jeans preto rasgado nas coxas , um par de all-stars pretos e em seu pescoço ela usava também um cordão com uma caveira vermelha.

- não é meio cedo pra você estar bebendo ? – pergunta ino me olhando entrando na casa com hinata – tem algo mais forte não ?

- tem tequila no meu quarto – digo me sentando no sofá e hinata se senta do meu lado – como você está hina ?

- estou bem – diz ela sorrindo me olhando – seu cabelo parece que fica ainda mais bonito cada vez que a gente se vê

- pra que cortar né – digo me levantando indo em direção à cozinha – é perda de dinheiro

- concordo afinal sakura de cabelão fica bem melhor – diz ino sorrindo sentada na mesa de jantar vendo televisão com as meninas – você ficou sabendo da novidade ?

- que novidade ? – pergunta Karin a olhando – fala ai eu fiquei curiosa

- eu vou viajar – diz hinata sorrindo a olhando e eu volto da cozinha com uma garrafa de vodka – vou dar um tempo de férias na França

- pera antes deu perguntar qualquer coisa sakura tomou seus remédios ? – pergunta Karin me olhando e eu suspiro revirando os olhos colocando a garrafa na mesa – você tem que ser mais responsável não vai ficar boa se não tomar seus antidepressivos

- como se você soubesse algo sobre psicologia pra dizer – digo pegando uma cartela de pílulas do bolso e pego duas pílulas jogando elas na minha boca depois pego minha garrafa dando um gole – pronto já tomei

- ta bom – diz ela suspirando e eu me sento no meu lugar voltando a ver televisão – mas me fala hina você vai ir viajar por quanto tempo ?

- 6 meses – diz ela sorrindo a olhando – é compensação por eu ter ficado trabalhando sem folga no exterior por todos esses anos

- mas e o naruto ? – pergunta ino e eu olho pra ela por cima do ombro e vejo ela dando um sorriso sapeca pra mim – ele vai ir com você ?

- ah eu chamei, mas ainda não tenho certeza se ele vai ou não – diz ela olhando pra mim pelo canto do olho – talvez algo ainda o prenda aqui.

Eu me levanto pegando minha garrafa de vodka indo em direção ao quarto deixando elas ali me olhando e entro batendo a porta me sentando em cima da cama com minha garrafa e bebo um gole quando sinto que ia chorar, mas não adianta de muita coisa, pois eu começo a chorar da mesma forma então coloco a garrafa na mesa de cabeceira junta da garrafa de tequila e então abro a gaveta mexendo nela até finalmente conseguir achar o meu gilete ali dentro. Eu levanto minha blusa de mangas e vejo os vários cortes do meu braço que estava ainda indo se cicatrizar então eu começo a cortar minha pele lentamente passando a lamina por ela não muito fundo, mas estava deixando uma boa marca e sangrando bem descendo pelo meu braço.

- você realmente não para com isso não é ? – pergunta ino me olhando entrando no quarto fechando a porta depois a trancando – fica ai se machucando todos os dias e pra que sakura

- eu também gostaria de saber – digo suspirando , ela se senta na cama na minha frente e segura minhas mãos olhando meus braços – não está tão feio

- sabe que ele te mataria se soubesse que você está fazendo isso – diz ela e eu abaixo a cabeça chateada –você iria ouvir muitas e muitas reclamações

- é, mas ele precisaria falar comigo pra poder ver isso – digo a olhando irritada – precisaria atender minhas ligações e tentar falar comigo

- eu entendo ele – diz ela passando a mão no sangue o limpando – você o machucou quando ele se abriu totalmente pra você e isso é algo que ele não vai superar de uma hora pra outra, mas eu sei que na hora certa ele vai voltar pra você.

- é, mas ele está com a hinata – digo a olhando – como eu vou tirar ele dela.

- bom eu não me preocuparia tanto com a hina – diz ela sorrindo – se concentra e conseguir falar pra ele oque sente e espera que a sua hora de encontrar com ele vai chegar

- como pode ter tanta certeza ? – pergunto e ela passa a mão no meu cabelo – ele pode estar me odiando uma hora dessas

- eu sei que não está – diz ela sorrindo e eu sorrio de leve a olhando – abraça sua amiga vai

Eu sorrio ainda mais abraçando ela enquanto ela passa a mão pelas minhas costas de forma carinhosa me apertando bem forte me fazendo sentir um pouco mais alegre.

- você é meu raio de sol sabia – digo sorrindo beijando sua bochecha – eu te amo porquinha

- também te amo testuda – diz ela sorrindo – agora tem que conseguir falar isso pro seu príncipe

- eu vou me esforçar pra conseguir – digo sorrindo a olhando nos olhos.


Notas Finais


deixem seus comentarios


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...