História Apenas amigos - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Ino Yamanaka, Kabuto, Kakuzu, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kizashi Haruno, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Mei, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Drama, Narufemsasu, Naruhina, Narusaku, Naruto, Romance, Shikatema
Exibições 246
Palavras 1.874
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 50 - Primeira vez antes do pra sempre


Fanfic / Fanfiction Apenas amigos - Capítulo 50 - Primeira vez antes do pra sempre

O parto da Karin estava sendo a coisa mais barulhenta de todo o hospital pelo menos na sala de parte era oque parecia ela dava uns urros de raiva horríveis xingando o sasuke, o medico estava fazendo tudo da maneira mais cuidadosa, mas algumas horas ele parecia se assustar com ela também. Naruto e eu estávamos do seu lado segurando sua mão tentando fazer ela respirar oque estava tendo um pouco de resultado afinal ela pelo menos estava respirando em meio a todos os gritos de fúria, naruto algumas horas fazia umas caras de muita dor quando ela fazia força e apertava sua mão e eu já tinha estalado a minha umas três vezes estava achando que na próxima vez ela iria quebrar. Então ela se deita na cama exausta e eu solto sua mão depois que ela tinha praticamente a esmagado pra mim eu olho pro naruto e ele estava chorando eu achei que fosse por causa da mão, mas na verdade era outra coisa e só agora eu tinha ouvido o choro, o medico segurava uma menina tão pequena ainda que chegara a me assustar, mas eu sou medica já vi menores. Naruto se levanta sorrindo e o medico corta o cordão umbilical a envolvendo em uma manta e eu vou atrás do naruto que tinha acabado de receber ela no colo e estava com um rosto tão lindo a olhando parecia um pai de verdade, eu chego por trás o abraçando olhando pra ela por cima do seu ombro e ele sorri me dando um selinho.

- ai só pra avisar a filha ainda é minha – diz Karin e eu dou uma risada – entrega ela pra mim

- ta bom irritada – diz naruto sorrindo entregando ela cuidadosamente pra Karin – tchau amor titio volta depois

- já se apaixonou ? – pergunto sorrindo – vou ficar com ciúmes

- devia ficar mesmo ela é linda – diz karin sorrindo – os olhinhos do sasuke

- é eu também achei – diz naruto suspirando – vamos lá fora ver se o pessoal já chegou

- é vão lá depois vão pra casa ok vocês precisam fazer o sexo de reconciliação – diz ela sorrindo – eu acho que tive três felicidades em um único dia

- e quais foram ? – pergunto a olhando e ela olha pra mim

- eu me casei com o homem da minha vida , dei a luz a uma filha linda e vi meu primo voltando a ter uma vida

Eu sorrio a olhando e chego perto dela e beijo sua bochecha bem forte depois aliso seu rosto voltando até o naruto saindo do quarto , ele segurava minha mão entrelaçando nossos dedos já estava sem o paletó então usava somente a sua blusa social preta os cabelos loiros voltaram a estar desarrumados e ele agora estava com um sorriso ainda maior no rosto. Quando chegamos à sala de espera kushina estava dormindo no ombro do minato que estava jogando no celular , mikoto estava sentada no colo de madara fazendo carinhos nos seus cabelos gigantescos, ino estava dormindo com sai um encostando a cabeça na do outro, shikamaru estava vendo televisão enquanto temari mexia no celular sentada no seu colo e sasuke estava parado ali com as mãos apoiadas nas pernas que estavam batendo no chão nervosamente enquanto ele olhava pra frente com um olhar preocupado. Quando nós vê ele se levantar andando em nossa direção e naruto somente sorri antes dele começar a chorar e nos abraça antes de ir correndo em direção à sala de parto nós dois nos despedimos do pessoal indo em direção à saída do hospital , naruto me leva até o carro. Ele dirige um bom tempo depois de pegar nossas malas no salão eu acabo pegando no sono no meio da viagem oque me fez perder todo o trajeto até em casa e eu só acordei quando já estávamos chegando. Ele abre a porta do carro pra mim e assim que eu saio ele me beija com desejo me apertando contra a porta oque me faz sorri então eu pulo em cima dele enrolando minhas pernas na sua cintura rasgando o vestido fazendo um corte lateral expondo minha perna, ele tranca o carro andando comigo em direção a casa sem parar de me beijar. Quando chegamos na porta eu puxo a chave do meu sutiã entregando pra ele que me aperta contra a porta me fazendo gemer em sua boca enquanto suas mãos apertam minha bunda com muita força oque com certeza deixaria marcas, ele abre a porta entrando e logo depois a chuta batendo com força me levando até a mesa de jantar e me coloca em cima dela beijando meu pescoço me fazendo sentir arrepios e gemer quando começa a chupar ele deixando marcas roxas em vários pontos. Eu arranho suas costas por cima da blusa o fazendo gemer , depois mordo seu lábio inferior o fazendo sorrir então ele agarra meu vestido o rasgando me fazendo perder o ar o olhando então eu arrebento os botões da sua blusa beijando seu peito e dando chupões. Ele me deita na mesa abrindo minhas pernas me dando mordidas nelas me fazendo arranhar a mesa de madeira ofegante logo antes de começar a dar chupões nela indo cada vez mais em direção a minha intimidade, quando ele chega na minha calcinha ele a morde a tirando com boca lentamente antes de começar a chupar ela com força me fazendo gemer ainda mais enquanto ele massageia meu clitóris ao mesmo tempo. Meu corpo tinha ficado mais sensível pelo tempo que não era tocado então eu acabei enlouquecendo com somente aquilo estava babando e não conseguia pensar em nada minha mente era um branco total enquanto eu tentava falar e não conseguia somente gemer agarrando seus cabelos com força. Eu acabo gozando depois de algum tempo em sua boca e fico jogada ofegante em cima da mesa com um sorriso de pura satisfação.

- parece que você gostou – diz ele sorrindo me olhando enquanto lambe seus lábios – fazia tempo que não sentia esse gostinho familiar

- e-e a-agora ? – pergunto o olhando

- bom agora podemos ir ao principal – diz ele tirando o cinto – em que eu te levo pra aquele e te possuo

- p-parece t-tão b-bom – digo sorrindo e me levanto me agarrando a ele – vamos logo então

Ele sorri me levantando me levando pro quarto devagar enquanto eu somente sorrio de orelha em orelha por estar com ele desse jeitinho novamente por ter meu príncipe comigo pra gente fazer varias a varias coisas toda a noite e só parar quando for de manhã isso se eu tiver vontade. Ele me deita na cama lentamente ficando por cima de mim me beijando lentamente tirando os restos rasgados do meu vestido de mim enquanto eu abro sua calça a tirando lentamente, seus lábios me passavam aquela mesma sensação da nossa ultima vez seus toques também igual à forma como ele estava me dando carinho era amor puro amor. Quando ele termina de tirar minhas roupas começa a me penetrar lentamente me fazendo ficar ofegante e gemer quando ele entra pro completo me fazendo sorrir, ele começa a fazer os movimentos me fazendo gemer baixinho enquanto me abraço a ele suas mãos agarravam os lençóis ao meu lado com força enquanto que minha intimidade apertava seu membro bastante enquanto eu gozava varias e varias vezes somente com aquilo. Ele começa a me estocar um pouco mais rápido enquanto que colocar mais força indo ainda mais fundo fazendo a cama gemer coisa que ela nunca fez antes, eu cravo minhas unhas nas suas costas com força enquanto ele me fazia gemer bem alto perto do seu ouvido eu então algum tempo depois tiro minhas mãos das suas costas movendo elas até as suas entrelaçando nossos dedos o beijando com carinho. Nós trocamos de posição depois de que ele goza em minha intimidade me fazendo ficar completamente cheia de sua goza quente, eu fico por cima dessa vez cavalgando em seu membro enquanto ele me beija com paixão me puxando mais pra perto, mas eu não parava me movia com força e um pouco rápido até o momento em que ele parecia estar prestes a gozar então eu comecei a fazer mais rápido. Depois de algum tempo ele e eu trocamos de lugar e fomos pra cômoda do meu quarto e eu estava sentada em cima dela meus braços envolta do seu pescoço enquanto ele me estocava bem forte fazendo a cômoda tremer minhas coisas tinham sido jogadas no chão quando ele me colocou ali, mas eu não estava dando a mínima importância pra isso. Depois de algum tempo fomos pra sala onde ficamos sentados no sofá eu por cima dele cavalgando seu membro de costas enquanto ele penetrava minha bunda com muita força , logo depois voltamos pra mesa de jantar enquanto ele me fez deitar com o rosto sobre ela empinado minha bunda enquanto estocava minha intimidade bem forte me fazendo gemer seu nome bem alto enquanto eu arranhava a mesa de prazer. Nós trocamos de posição a noite toda fomos em praticamente todos os lugares da casa a cozinha , o quarto , a sala , o banheiro que foi meu favorito por sinal , no meu closet usamos até alguns cosplays eu tinha comprado alguns pra ele também pra ficarmos combinando, no carro na porta da casa e até fomos no quarto da Karin e por ultimo terminamos no chão da sala enrolados em um lençol ele deitado do meu lado ofegante depois de gozar pela ultima vez preenchendo o restante de espaço em minha intimidade que já estava tão cheia.

- eu acho que agora matei um pouco da minha saudade – diz ele sorrindo me olhando

- acha que ainda aguenta mais ? – pergunto sorrindo me aconchegando mais ao seu peito – eu acho que ainda estou com gás o bastante

- então por não tentar mais uma – diz ele sorrindo alisando minha bochecha – casa comigo ?

- é feio pedir uma mulher em casamento depois de dormir com ela – digo sorrindo e ele morde meu lábio inferior me olhando nos olhos – mas bom já que é você eu vou aceitar

- fico feliz – diz ele passando a mão no cordão no meu pescoço – já nem preciso te dar uma aliança

- verdade – digo sorrindo tirando o cordão e arrebento ele tirando a aliança e entrego pra ele esticando minha mão – pra consolidar as coisas

 - claro né precisar ser oficial e não tem como não ser oficial sem um anel – diz ele sorrindo pegando o anel e começa a colocar ele no meu dedo lentamente – sakura haruno aceita se casar comigo ?

- aceito – digo sorrindo – afinal eu com certeza fiquei gravida depois de hoje preciso de um marido

- é eu acho que posso ser um ótimo – diz ele sorrindo me beijando e gira comigo me deitando no chão – mas pro caso de você não estar gravida devemos tentar fazer mais algumas vezes pra talvez dar certo

- também acho - digo sorrindo enquanto ele começa a me estocar novamente de forma lenta me fazendo sorri enquanto eu olho pela janela vendo o sol nascer

O nascer de um novo dia e de um novo futuro.


Notas Finais


deixem seus comentarios


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...