História Apenas A.R.M.Ys - Capítulo 19


Escrita por: ~ e ~Body101

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags 3 Meses, Armys, Bangtan Boys, Bias, Bts, Kpop, Personagens Originais
Exibições 177
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vamos explicar, senhorita Body, porque não teve capítulo ontem, nem anteontem? Sim, vamos.
Eu sou aquela pessoa que prefere que não tenha feriado do que o feriado ser no meio da semana. Melhor transferir todos os feriados para a sexta ou a segunda. Não falo isso porque emendaria com o findis, mas porque é mais prático.
Enfim, eu buguei muito por causa do feriado, e na quinta teve prova. Aí deu ERROR 308: Por falta de acesso o servidor parou. Mas estou voltando às atividades aqui.

Bye Guys!

Capítulo 19 - Flashback


Fanfic / Fanfiction Apenas A.R.M.Ys - Capítulo 19 - Flashback

Enquanto aquilo acontecia...

Jungkook POVs On

- Me desculpa Kookie, eu não devia ter discutido com você. A Ji nem estava falando sério quando...- Interrompi-a, selando nossos lábios. Não agüentava quando ela falava demais e eu só conseguia focar em como seus lábios se moviam. Era tão provocativamente inocente e espontâneo...

Ela respondeu ao beijo e fomos andando até o quarto dela. Ela fechou a porta com o peso de seu corpo, quando eu a apoiei lá para beijá-la novamente. Fez muito barulho, não mais alto do que os que vinham do quarto do Jimin. Mas ninguém ligou, porque éramos dois casais que estavam sozinhos em casa (sim, os outros ainda estavam naquela festa. Provavelmente cada um iria para a casa de uma garota. Ou nem isso). Fomos, ainda durante o beijo nos locomovendo pelo quarto. Era como se estivéssemos dançando uma lenta. Trombamos na cama dela, e eu caí por cima de Sung. Ela se ajeitou melhor no centro da cama, e eu fiquei por cima dela. Entre um beijo e outro, ela parava e sussurrava meu nome. Eu nunca escutei alguém pronunciar tão bem 'Jungkook'. A voz dela era tão doce. Tirou minha blusa com calma. Voltamos ao que estávamos fazendo.

  Passei minha mão pela extensão de sua coxa e alisei uma de suas nádegas. Ela mordeu meu lábio inferior com força.

- Ai!- Exclamei, me afastando.- Desculpa, eu...não sei o que eu estava pensando.

- Me desculpa, por favor! Foi um reflexo, eu...eu...- Murmurava, enquanto seus dedos massageavam meus lábios. - Eu preciso te contar uma coisa.- Falou, séria. Soltou meus lábios e  se sentou. Me sentei do seu lado e apertei sua mão, em sinal de que ela podia contar.

- Eu sofri um assédio hoje. Eu não sei se alguém te contou, mas eu e a Ji  quase  fomos abusadas por um velho nojento.

- Nossa, eu realmente não sabia. Mas você... não reagiu? Por quê? Ele estava armado? – Perguntei. Ela respondeu todas as perguntas com uma frase só.

- Eu tenho um trauma relacionado à essas coisas. – Deixou uma lágrima escapar, descendo por sua bochecha.

- Você...pode contar, então. Sabe que pode confiar em mim.

- Tudo começou quando eu fiquei sozinha em casa com o Alex, meu último namorado. Eu ainda estava no Brasil, e tinha 16 anos.

Flashback On

"Sung POVs On

Nós estávamos assistindo a um filme, sentados no sofá. Ele começou a beijar meu pescoço. Respondi com um beijo. Ele estendeu esse beijo por um tempo. Até que cansou de fazer carinhos em mim e ficou mais selvagem. Ele arrancou minha blusa e começou a me dar vários chupões no colo e na nuca.

- Alex, para. Por favor. Vamos com calma.- Pedi, tentando o afastar. Ele segurou minhas mãos acima da minha cabeça.

- Não. Agora quem  manda sou eu. Agora você é o meu brinquedinho.- Falou, rindo. Eu chorava de soluçar enquanto ele tentava abaixar meu short com uma só mão. Não pude fazer mais nada: Dei um chute em seu membro. Ele caiu sem fôlego no chão.

- Vai embora.- Falei, colocando o que tinha sobrado da minha blusa. Ele não se moveu.- VAI EMBORA AGORA, SEU PERVERTIDO!- Gritei mais alto. Ele se levantou com dificuldade e saiu da minha casa.”

Eu chorava agora, nos braços do Jungkook. Ele ainda estava sem camisa, e minhas lágrimas molhavam sua pele.

- Aquilo seria a minha primeira vez. E...eu estava desesperada. Eu não estava pronta. E quando você passou a mão na minha coxa, eu me lembrei e te mordi. Foi um reflexo que eu carrego há um tempo.

- Calma. E me desculpa.- Ele parecia realmente preocupado.- Não foi minha intenção te fazer lembrar disso. Eu realmente não sei o que...- Calei sua boca com um beijo, como ele fizera comigo antes.

- Shh...não fala nada. Não estraga a noite se desculpando. E não vá embora. Fica aqui comigo.

Ele se deitou na minha cama, batendo no espaço do lado dele. Me deitei e ele me envolveu seus braços, como um torniquete. Sua perna também me puxava para perto, ficando por cima da minha. Sorri e puxei o lençol, nos cobrindo.

- Boa noite, princesa.- Falou, beijando minha testa.

- Boa noite, meu biscoitinho da sorte.


Notas Finais


Estou pensando em fazer um special edition esse final de semana, o que acham?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...