História Apenas A.R.M.Ys - Capítulo 21


Escrita por: ~ e ~Body101

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags 3 Meses, Armys, Bangtan Boys, Bias, Bts, Kpop, Personagens Originais
Exibições 184
Palavras 924
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sim, errbody!
Sungkook de novo! Pra quem gosta. Aliás, fica a pergunta: Qual shipp vocês preferem? Sugkook ou Ji-min?
Mas acalmem, que os próximos capítulos vão focar bastante nos outros garotos e na Ji. Só queria deixar bem bonitinha a historinha da Sung e do Kookie

Capítulo 21 - Moonlight


Fanfic / Fanfiction Apenas A.R.M.Ys - Capítulo 21 - Moonlight

Duas semanas depois...

Ji- Hee POVs On

- Santo Jin!- Gritei, colocando as mãos pra cima.- ESSE JANTAR TÁ MUITO BOM!

- Sim, sim, sim!- Falou Sung, revirando os olhos.- Uma delícia.

- Eu sei.- Falou, sorrindo convencido.

- Não faz isso, hyung.- Provocou Hope, batendo nele.- Você não serve para ser convencido.

Ele fez uma careta para o mais novo e se sentou. Provou sua própria comida e revirou os olhos. Não pode conter um suspiro. Ri da reação exagerada e ensaiada dele. Parecia um Eat Jin.

O jantar foi cheio de reações desse tipo. Ao fim, enquanto Hobi e Tae lavavam a louça e Jin enxugava as mesmas, os outros estavam em seus quartos.  Jimin, Sung, Jungkook e eu estávamos na sala jogando videogame. Como só tínhamos dois controles, ficávamos intercalando. Eu perdi pro Kookie e pra Sung (eles são insuportavelmente bons naquele jogo) e ganhei do Jimin.

- Meu Deus, Jimin! Você é muito ruim!- Falei, rindo dele.

- Não sou! – Se defendeu, armando bico como uma criancinha.

- É sim, Jimin! Você conseguiu perder de todo mundo aqui. – Falou Kookie, o provocando.- Aceite os fatos aqui: Você é péssimo nesse jogo. Agora passe o controle para mim.

Agora dariam início à grande final: Jeon Jungkook VS. Sung-mi

Passei o controle para ela, enquanto Jimin deu o dele para Kook.

- Hey, já que acabamos esse jogo aqui...- Sussurrou Jimin, com a voz rouca e fina, extremamente sexy, no meu ouvido. Arrepiei no ato.- Podemos dar início a outro.

- Do que você está falando?- Perguntei, inocente. Ele sorriu malicioso enquanto passava a mão pela minha coxa. – Aquele jogo em que a gente é bem melhor que eles dois?

- E que o nosso tabuleiro é a minha cama. Exatamente. Topa uma partida?- Olhei para ele, e seu olhar era sexy e instigante.

- Até duas.- Respondi, me levantando do sofá. Ele também se levantou. Deixamos o casal lá jogando.

- Olha aí, Kookie! Lá se vão os loosers...- Falou Sung, enquanto se contorcia jogando.

- Daqui a pouco você se junta à eles. Eu tô ganhando, olha só, que novidade!- Respondeu Kookie. Ela fez uma careta.

Quando passamos pela cozinha, ele me deu um selinho rápido.

- Olha que lindo esse amor! Queria um desses pra mim...- Murmurou Jin.

- Sim, é até bonitinho. Mas pra você que o seu quarto é no andar de cima. E o meu que é ao lado do quarto do Jimin? O barulho que vem de lá em algumas noites não é muito bonitinho não...- Falou Hope. Senti meu rosto enrubescer.

- Sim, eu estou pensando em colocar isolamento acústico lá. Sério, o barulho é muito alto.- Comentou Tae.

- Eu não reclamei quando você, Hope, trouxe a Na Hyu pra cá na sexta retrasada. Pode achar que não, mas eu escutei tudo. Nem quando você – apontou para o V- e a Lauyn começaram a se agarrar aqui na sala de madrugada e eu passei pra beber água. – Falou Jimin.

- Gente! Chega! A Ji está aqui!- Falou Jin, batendo neles com o pano de prato.

- Na verdade, a gente está indo, já.- Falei, ainda constrangida por tantas revelações. Puxei Jimin pelo braço e fomos à caminho do quarto dele.

Sung-mi POVs On

- Kookito, eu cansei de jogar.- Falei.  Já fazia um tempo que a Ji e o Jimin tinham saído. Os outros garotos deixaram a cozinha um pouco depois. Dei pausa no jogo e coloquei o controle na mesinha de centro.

- Quer saber? Eu também.- Falou, se levantando e desligando o aparelho de videogame. – Vem, quero te mostrar uma coisa.- Falou, indo em direção às escadas. O segui.

Passando pelos quartos de Jin, Suga e Rapmon, chegamos à uma porta. Ele a abriu, revelando um pequeno lance de escadas, cerca de cinco degraus. Subimos e eu dei de cara com um quarto vazio.

- Bem espaçoso. E é bonito mesmo vazio. – Falei, observando o local.

- Sim, mas ele não é o foco. Vamos.- Pegou a minha mão e correu para uma porta de vidro escondida por uma cortina. Eu puxei a cortina e ela soltou poeira. Bastante. Tudo na cara dele.

- Meu Deus, desculpa! Isso vai te dar uma rinite desgraçada!

- Vai mesmo. Mas tudo bem, eu já estou acostumado. Vem logo.- Falou, limpando o rosto e puxando logo a porta. Saímos daquele quarto e fomos para uma varanda.- Calma, deixa eu te ajeitar aqui.- Disse. Ele me sentou no chão e se sentou atrás de mim, me abraçando por trás. A vista dali era linda. A luz da lua estava bem mais notável, já que estava tarde e as luzes dos prédios não estavam mais funcionando. Isso dava um contraste lindo.- Não é incrível?

- Sim, muito. O mais incrível é estar observando isso com você.- Falei. Ele sorriu, formando uma ruguinha muito fofa em seu nariz. O apertei e ele riu.

- Não sabe como eu me sinto. Não posso deixar de observar essa imagem. Mas você é mais bonita que a lua, e isso me distrai.

- Vamos para dentro. Eu já cansei de olhar. Não é certo fazer isso quando eu posso fazer outras coisas com você.- Falei. E, pela primeira vez, eu lancei um sorriso malicioso para ele. Ele retribuiu. O sorriso malicioso dele era ainda mais bonito e instigante do que o normal. Descemos todos os lances das escadas, parando algumas vezes em que ele me encostava lentamente na parede, me dando um beijo doce e suave. Chegamos ao meu quarto.


Notas Finais


Hentai quando a Park puder postar, se ela puder, pq tá difícil nossa situation aqui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...