História Apenas dance - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne
Tags Dancetale, Frans, Romance
Exibições 200
Palavras 574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais novíssima fanfic "Apenas dance"
O que vamos esperar dela?

Capítulo 1 - Frisk a bailarina


Fanfic / Fanfiction Apenas dance - Capítulo 1 - Frisk a bailarina

FRISK P.O.V 

Acordei com os barulhos dos passarinhos cantando, me levanto rapidamente de minha cama e me olho no espelho, vejo uma garota de 15 anos, cabelos castanhos escuros que estavam amarrados (Sabe aquela situação nos desenhos animados que tem aquele personagem que nunca desamarra o cabelo) Era sábado e eu tinha aula de balé hoje, coloco o meu colant preto e o meu tutu rosa, mas coloco o meu suéter de listras azuis e roxas por cima, quem anda de colant por aí? 

Atravesso pelo corredor e entro na cozinha, – Bom dia mãe!– 

– Bom dia minha querida! O que vais querer de café da manhã?– 

– Pode ser um misto quente?– 

– Já vou ir preparando!– Eu estava com um pressentimento que o dia vai ser ótimo! Talvez a professora me ponha como a personagem principal no "Lago dos cisnes", os meus pensamentos foram desviados para uma garota de cabelo laranja entrando bufando na cozinha – Bom dia Ivy!– Exclamo para tentar animar a minha irmã – Me traz o meu achocolatado, e eu quero agora!– A minha irmã não é das melhores, mas acho que dá para conviver com ela. 

~ Um café da manhã e uma caminhada depois ~ 

Estava no balé treinando o plie, mas umas colegas entraram na minha frente e falaram – Ei você, a gente vai ensaiar a dança lá na floresta (Quem ensaia uma dança em uma floresta!) Então a gente estava pensando em te convidar, quer ir?– 

– Pode ser!– 

– Ok então…vamos!– Estava meio surpresa em elas me convidarem, porque eu sou uma pessoa excluída e não tenho muitos amigos. 

~ Uma caminhada chata depois ~ 

Já havíamos chegado na tal floresta, elas estavam falando de garotos e seus respectivos namorados, às vezes eu fico pensando se um dia vou ter um…– Hey Fisc!– 

– É Frisk…– 

– Tanto faz! Mas eu duvido você subir aquela montanha ali!– A menina aponta para uma enorme montanha, – Eu…acho que eu…não consigo subir isso tudo…– 

– Qual é Frisk! Bailarinas são persistentes ?– 

– Sim…– 

– Então, como você vai ser uma bailarina se você não é persistente?– 

– Ok! Eu vou subir a montanha!– Exclamo determinada à subir a montanha – Tudo bem…boa sorte! Vai precisar!– Eu vou mostrar para elas que consigo.

~ Uma escalada bem cansativa depois ~ 

Finalmente chego no topo da montanha! Mas lá havia nada além de um buraco enorme…é melhor eu desçer antes que eu caia dentro dele – Bu!!!!– Ouço um barulho alto, esta voz pertencia à uma das meninas (Resumindo, uma putinha mirim) Eu tropeço e caio no grande buraco, será o meu fim? A única coisa que eu ouço é um grito de desespero, mas não pertence à mim, mas sim à garota que me assustou, deve estar arrependida, não se preocupe, eu te perdoo. 

Acordo em uma cama de flores amarelas, será que estou no céu ? Olho para os meus vestimentos para ver se mudaram, a mesma roupa de sempre, sem asas, a única coisa que mudou foi o meu cabelo, que ao invés de estar amarrado estava solto, devo ter perdido a fita na queda, agora percebo que os meus cabelos estavam um pouco mais abaixo da altura do ombro, eu deixei o meu cabelo preso por tanto tempo que nem percebi que ele cresceu. Acho melhor explorar o local, passo por um corredor que havia umas caixas de músicas, enfim, encontro uma passagem enorme, passo por ela e encontro uma flor amarela – Olá, sou Flowey, Flowey a flor!


Notas Finais


Espero mesmo que tenham gostado
Deixem a sua opinião nos comentários
;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...