História Apenas Imagine (Kpop -BTS❤) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hentai, Taehyung
Visualizações 22
Palavras 1.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Hentai, Mistério
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero Que gostem desse capítulo e BOA LEITURA!❤

Capítulo 3 - Não quero ir!


Fanfic / Fanfiction Apenas Imagine (Kpop -BTS❤) - Capítulo 3 - Não quero ir!

(Sra.W) Já está decidido filha. Não há mais o que fazer...

Eu fiquei bem triste com a notícia de que eu me mudaria de País. Eu não queria! Apesar de odiar certas pessoas eu prefiro ficar perto dos meus pais, dos meus amigos, do meu namorado! Mas agora só me resta ter que estudar....

Me deitei na cama e meu pai chega. Ele trouxe meu notebook e algumas coisas para comer. Fiquei assistindo netflix junto com ele. Até que meu celular vibra, era o Sehun

MENSAGEM ~ON~

SEHUN: tá brava ainda?

S/N: Um pouco

SEHUN: Huum... desculpa princesa...

S/N: vou pensar no seu caso. Tenho uma notícia pra você.

SEHUN: Boa?

S/N: Não

SEHUN: O que aconteceu?

S/N: Vou me mudar...

SEHUN: Mas eu posso continuar te vendo aos finais de semana!

S/N: Você tem dinheiro para ir pra Coréia todo final de Semana?

SEHUN: Coréia??? Como assim???

S/N: Sim vou voltar pra lá...

SEHUN: Como assim (S/N) ??? Eu não posso ficar aqui sem você!

S/N: Não posso fazer nada meus pais já estão procurando uma casa próxima a faculdade e ja fizeram minha inscrição lá.

SEHUN: E como a gente fica?

S/N: Namoro a distância....

SEHUN: E você confia em mim o sulficiente pra isso?

S/N: Por que? Não deveria confiar?

SEHUN: Claro que deve, só queria saber se isso acontecerá!

S/N: Claro que sim! Mas amanhã ou depois, sei lá, a gente conversa e depois vemos como a gente fica. Tô com sono e cansada. Vou dormir tchau.

SEHUN: Amo você viu!

S/N: ta

MENSAGEM ~OFF~

Eu ainda estava nervosa com Sehun... mas amanhã eu conversaria com ele.

DIA SEGUINTE

Me levanto e vejo meu pai dormindo na poltrona, logo depois uma enfermeira entra no quarto e diz que eu irei para uma outra sala onde será colocado o gesso e depois eu seria liberada. Acordei meu pai e disse a ele o que iria acontecer. Logo fui levada para outra sala e depois de mais ou menos meia hora já estava de volta. Meu pai me levou para casa e depois foi para seu trabalho. Fiquei em casa sozinha. Subi para meu quarto, troquei de roupa e depois desci. Passei na sala e vi o piano que eu tanto tocava quando tinha 15 anos. Sentei na banqueta e fiquei olhando as partituras e relembrando os tempos em que eu estudava. Me levantei e resolvi tentar adiantar alguns serviços de casa, seria meio complicado pois eu só tinha um braço agora pq aquela urubua da Agatha fez o favor de me quebrar.... comecei arrumando os quartos. Depois desci pra sala e cozinha, coloquei as roupas para lavar.

(S/N) Nossa... acabei até que rápido. Ai que fome... acho que vou comprar algo pra comer até pq acho q nn vou conseguir mexer no fogão com apenas um braço.

Peguei minha bolsa, celular e carteira. Saí a procura de algo bom para matar minha fome.

Passei em um mercado e comprei pão, salame, queijo, presunto, requeijão e um guaraná.

......QUEBRA TEMPO......

Já eram 16:00 e meus pais chegam do trabalho. Meu pai sai novamente para buscar Jimin no treino.

(S/N) Mãe... vocês vão mesmo nos mandar pra Coréia?

(Sra.W) Sim filha... não posso fazer nada. As condições aqui estão começando a apertar, então é melhor mandar vocêis pra lá agora antes que a nossa situação piore. Caso a gente consiga melhorar eu e seu pai pediremos transferência pra Coréia e ficaremos com vocês lá!

Jimin chega e fica me olhando com segurando o riso.

(S/N) O que foi seu abestado?

(JIMIN) Nada! -Não aguenta e cai na gargalhada-

(S/N) Para de rir! Seu besta!

(JIMIN) Quebrou a asa foi? Foi testar pra ver se galinhas vooam? - E Rio mais ainda...-

(S/N) Quando eu tirar esse gesso eu vou dar tanto nesse teu cabeção Jimin, mais tanto! Cê nem tem noção.

A Noite chegou e logo fui para a cama. Não estava conseguindo dormir mas depois de algum tempo peguei no sono.

Na manhã seguinte me arrumei, peguei minhas coisas e meu pai foi me levar pra escola. Chegando lá encontro com a Hannah e ela vem correndo em minha direção

(HANNAH) isso ta doendo ainda?

(S/N) Bom.... agora não... vamos? Quero pegar logo as minhas coisas... e você vai sentar comigo até eu sarar... pois aquela vaca quebrou justo o braço que eu uso.pra escrever....

(HANNAH) Falando em vacas...

(AGATHA) Como vai a pata? - Ela diz com tom debochado.

(S/N) Melhor imopossivel! E só pra te lembrar... posso até estar com o braço quebrado e não poder treinar, mas eu comandarei todos os ensaios e vigiarei da arquibancada cada movimento de cada menina.

(AGATHA) Mas você é uma otária mesmo heim! - se vira e sai andando pelo corredor.

Finalmente o sinal pra irmos embora toca. Meu pai não foi me buscar pois iria fazer o trabalho na casa de Sehun.

(SEHUN) Você nem falou comigo hoje na escola... ainda ta brava?

(S/N) Sim. Mas como eu vou embora tenho que passar por cima do meu orgulho e te perdoar... pois tenho apenas 4 meses aqui em Washington...

(SEHUN) Que bom princesa! Já nao aguentava mais ficar longe de você! - Ele diz me abraçando.

(S/N) Eu também não. Mas de qualquer forma teremos que nos acostumar...

(SEHUN) Você tem mesmo que ir?

(S/N) sim... tentei conversar com minha mãe mais não tem jeito. Mudando de assunto. Vamos terminar logo esse trabalho.

Passei a tarde na casa de Sehun terminando o trabalho. Às 19:00 meu pai veio me buscar, e quando eu estava indo para o carro eu senti minha garganta raspando e uma tontura muito forte, me apoiei e Sehun para não cair e meu pai veio correndo em minha direção.

(Sr.W) Filha! Filha! O que houve? Você tá bem?

(S/N) Aah... minha garganta tá raspando e eu senti muita tontura...

Meu pai me olha assustado, me pega no colo e me leva direto pro carro. Chegando em casa ele me leva pro quarto e minha mãe vem pra cuidar de mim e me ajudar a tomar banho.

(Sra.W) O que você tava sentindo filha? La na casa do seu namorado...

(S/N) Aaah.. uma tontura muito forte e minha garganta raspando e meio seca sei lá...- ela me olha estranho mas continua

(Sra.W) Huum... vou te dar um remédio e você vai ter que tomar a cada 12 horas todos os dias. E quando digo todos os dias quero dizer pra sempre.

(S/N) Porque??? - pergunto assustada - o que eu tenho mãe?

(Sra.W) É um probleminha... mas não é nada de grave e se você não tomar o remédio você vai continuar sentindo essas tonturas

(S/N) Mas porque isso só aconteceu agora?

(Sra.W) Você já teve isso quando era criança... mas acho que não se lembra. Você tomava injeções toda semana, mas gora que cresceu você já pode tomar comprimidos e não precisa das injeções.

Fico meio sem entender mas acabo aceitando...

(Sra.W) Vem... -Ela diz já me tirando do chuveiro

Me troco ela me leva até a cozinha e me dá um frasco com remédios. Eles eram diferentes eram bem vermelhos... vermelhos até de mais. Enfim... peguei um e tomei. Eu estava bem exausta então fui dormir.


Notas Finais


Oi amores! Ainda hoje eu vou postar o capítulo 4 e não sei se até domingo posto o 5 por isso já vou postar dois hoje!
E eu vou tentar mandar links pra vocês das imagens das meninas pra vcs verem como eu as imagino


https://goo.gl/images/4Wnwpo

Essa é a Hannah



https://goo.gl/images/zJXuHu
Essa do meio é a Agatha


https://goo.gl/images/y6ekj9

E a Beatriz( amiga da Agatha)

OBS: Se não abrir me perdoeeeeeeem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...