História Apenas mais um verão em Gravity Falls - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Billdip
Visualizações 89
Palavras 429
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Amanhã e domingo vou ficar sem net.
Gente, estamos quase com cem favoritos, então eu humildemente pesso que divulguem a fic para os seus amigos, primos, tios, tias, piriquito, papagaio, peixe, etc.

Entendam a referência q vou usar nesse capitúlo 🇩🇪 (não tem bandeira do BR?!)

Beijinhos e boa leitura.

Capítulo 32 - Dipper...


Fanfic / Fanfiction Apenas mais um verão em Gravity Falls - Capítulo 32 - Dipper...

    Dipper POV's

   Não que eu não goste, e só que educação física não minha matéria favorita, eu fico perdido até pra jogar queimada.

   E pelo visto Bill também não gosta, porque ele ficou sentado na arquibancada desde que chegamos na quadra, ele e as meninas da sala.

PRIIII

--Sete pro time vermelho, um pro time amarelo!!-- O professor gritou. --Estão dispensados, vão tomar uma água e voltem pra sala.

   Fui até a arquibancada e Bill desceu até as barras de proteção.

--Por que você não quis jogar?

--Não sou muito atlético, além de ficar todo suado.-- Ele tocou na minha testa.

   Peguei sua mão e dei um beijo nas costas da mesma.

--Como você consegue ser tão romântico?-- Ele perguntou.

--É de nascença.

--Convencido.-- Sorri.

--Pega minha mochila?

--Claro! Posso mexer mo seu celular?

--Tá.

   Ele pegou a sua mochila e a mimha, me entregando logo depois.

   Peguei meu celular e entreguei à ele, que foi direto pro Snapchat.

--Vou lotar a memória do seu celular, ok?

--Ok.

   Ele começou a tirar fotos com efeito de cachorro, com flores na cabeça e às vezes fazia desenhos nas fotos 

   Estávamos esperando o próximo professor entrar na sala e Bill aproveitou a oportunidade.

--Pinheirinho!-- Me virei pra ele.

--Que f-...

CLIC

   Ouvi o som de uma foto e ele separou o beijo.

--Você vai guardar essa foto, pois foi umas das únicas vezes que eu consegui te deixar corado.

--Tá bem. Hm, você quer ir lá em casa depois da aula? Minha mãe vai estar trabalhando.

--Pode ser, só tenho que... Esquece, ele vai ficar me enchendo o saco.

--Quem?

--Meu irmão.

--Não vai ligar pra ele?

--Não. Ele vai querer me buscar, só porque não confia que eu consiga me cuidar, isso se eu não falar que tô com você.

--Você faz coisas escondido?!

--Não. Ele praticamente me stalkeia, então não tem como eu fazer algo sem que ele saiba.

--Ah, ok.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

   Estamos chegando na minha casa e ele parece estar um pouco nervoso.

--Bill?-- Ele se assustou.

--Q-que foi?

--Você está bem?

--S-sim.

--Parece preocupado.

--Não, tô bem.

--Ok, chegamos.

   Peguei as chaves e abri a casa, dando passagem para que ele entrasse primeiro.

--Dipper.

--Sim?

--Se lembra do que você falou lá no parque?-- Ele murmurou.

--Falei do que?-- Falei como se não soubesse de nada.

   Eu sabia o que ele queria, por isso ele estava nervoso.

   Cheguei perto dele e o abracei.

--Você pode me lembrar?-- Passei minha língua no seu pescoço.

--É que você falou que não faria aquilo... Dipper...

--Não faria o que?-- Comecei a empurra-lo para o sofá.

--Você sabe do que estou falando...

   Ele levou as mãos até a barra da minha camisa, a levantando.

--Não podemos fazer aquilo.

--Por... Já estamos aqui, vamos em frente.

   Revirei os olhos.

--Por favor, vamos brincar só um pouquinho.

--Ok.


Notas Finais


Beijinhos e até o próximo capitúlo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...