História Apenas Mais Uma Noite - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Huang Zitao "Z.Tao", Kris Wu
Personagens Kris Wu, Tao
Tags Drama, Kris, Kris Wu, Kristao, Tao, Taoris, Zitao
Visualizações 38
Palavras 448
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DESCULPA GENTE KKKKKK

Capítulo 45 - Crepúsculo.


Em um breve resumo: naquele dia levei Tao para comprarmos milk-shake e os ternos para o baile. Durante a noite vimos um filme e fizemos uma maratona de desenhos. Fui o primeiro a dormir e quando acordei, ele estava dormindo sobre mim. Até tive uma breve visão de minha mãe tirando algumas fotos.

 

(N\A: Eu já vi essa cena antes :3)

 

Hoje, segunda-feira, não pude conter a tristeza ao acordar. Não, não tem nada a ver com Tao, ele está bem melhor. O problema é com minha mãe.

Na madrugada de domingo para segunda, ela acabou participando de uma perseguição policial. Houve uma tentativa de sequestro. Não é algo grave, ela só vai ficar afastada por alguns dias. Foi baleada no ombro.

— Tem certeza de que vai ficar bem sozinha? — Perguntei pela milésima vez antes de sair.

— Você vai para escola ou vai continuar me enchendo?

— Nossa, desculpe! — Caminhei até a porta.

— Não esquece de me trazer uma caixa de bombons!

Sai de casa e fechei a porta. Tao me esperava confuso.

— Ela está bem mesmo? Nunca falou com você daquele jeito.

— Tao, meu amor, isso tem uma explicação bem simples.

— E qual é?

— TPM.

Hoje iriamos de carro para a escola, não demorou para que eu estivesse o mais confortável possível no banco do motorista e Tao no do passageiro. Seguimos conversando e, assim que chegamos, não contive os risos. Estacionei com cuidado e peguei minha mochila.

— O que foi? — Questionou ao saímos do carro, já caminhando ao meu lado até o portão da escola.

— Estou me sentindo em uma cena do Crepúsculo.

Tao também começou a rir, um simples riso tímido.

— O que acha de deixar esse dia parecido com o filme?

— Você vai ser o Edward?

— Se você aceitar ser a Bella. — O abracei de lado. — Mas eu prefiro o Jacob.

 

[ ... ]

Se lembra daquela garota que pediu para ser meu par no baile? Bem, hoje fui atormentada por suas amigas.

Algumas mais delicadas no modo de falar, outras um pouco mais agressivas. Acredito que tive sorte em poder ficar em paz durante o intervalo, a biblioteca sempre se torna o último lugar em que garotas vão te procurar.

Deixei aquela sala uns cinco minutos antes de voltar para a sala, estava com um mal pressentimento. Liguei para minha mãe e ela me deu uma bronca por usar o celular na escola. Procurei por Tao, já me sentindo paranóico. O sinal soou, eu o ignorei. Mudei minha rota, esperando encontrar Tao a caminho de sua sala ou já nela.

Por fim, todos os alunos entraram e nenhum sinal dele.

— Droga. — Reclamei baixo, para mim mesmo. — Estou pior que a Bella procurando pelo Edward.


Notas Finais


Eai??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...