História Apenas Me Abrace - Segunda Temporada - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizades, Bangtan Boys, Bts, Drama, Hitman Bang, Intrigas, Jimin, Romance
Exibições 76
Palavras 1.078
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Tradução:

*Kaja! : Vamos!
*Jagiya : Querida, Bebê

Capítulo 17 - Buscando Melhorar


Fanfic / Fanfiction Apenas Me Abrace - Segunda Temporada - Capítulo 17 - Buscando Melhorar

Parte 17


Determinada a conversar com Jimin sobre o recente ocorrido, se apressou em chegar na casa do Bangtan. Não demorou muito e em menos de uma hora já estava batendo na porta deles.

Foi recebida por Jungkook, que estava muito arrumado e cheiroso até, parecia que iria sair.

-Annyeonghaseyo.-disse o rapaz sorridente, enquanto abria espaço para você entrar.-Como está, S/N?

-Bem, bem… está arrumado, pra onde vai?-disse retribuindo-lhe o sorriso.

-Aahr… vou pra Busan. Quero ver meus pais.

-Ah, sim! Espero que tenha uma boa viagem.

-Kamsahamnida~.

O rapaz ficou te observando ir para a sala pensando que poderia estar ali pra falar com Jimin, então decidiu ir chamá-lo.

-Onde está todo mundo?

-Acho que Namjoon hyung foi fazer uma caminhada… ele me disse ontem que queria ver o nascer do sol, daqui a pouco estará aqui. Hobi hyung saiu sem dizer pra onde foi, mas provavelmente está na BigHit.

-Porque?

-Acho que praticando…

-Mas porque?

-Perdão?-disse meio confuso.

-Porque ele não foi ver os familiares.

-Não sei… o hyung não fala muito sobre ele.

-Omooo…

-Vou chamar o Jimin.

-Ele está dormindo?

-Ani. Jiminnie ia me levar no aeroporto, mas acho melhor ir sozinho.-falou deixando um breve sorrindo no rosto e se retirando da sala.

-J-Jungkook!-Você chamou, mas ele já havia ido ao quarto do hyung.-Aish…

Você se sentou no sofá. Estava ansiosa e nervosa… como se fosse a primeira vez que o veria pessoalmente, mas tentou manter a calma. Porém seus pensamentos estavam barulhentos, pois não sabia como Jimin reagiria ao vê-la ali, depois de ter se irritado tanto no dia anterior... e o que ele estaria pensando em ouvir uma voz masculina atender seu telefone quando estava em casa? Simplesmente voltou a ficar aflita. Existia um tique nervoso em sua perna direita que não parava um segundo sequer e você olhava para todos os lados procurando se distrair com algo, mas sem sucesso.

Não demorou menos que cinco minutos e o jovem apareceu, também estava bem arrumado e extremamente cheiroso.

-Olá, S/N.-ele disse sorrindo enquanto se aproximava para te abraçar.

-Olá…-você respondeu se levantando para abraçá-lo.

Finalmente os dois se abraçaram como se estivessem a muitos anos sem nem ao menos se tocarem. Foi apertado, demorado e reconfortante… os braços de Jimin envoltos em sua cintura segurando-a firmemente e você agarrada ao pescoço dele. O calor de seus corpos unidos era uma das melhores coisas que sentia em sua vida… fazia tempo que não tinha essa sensação de segurança ao estar com ele.

Naquele instante, sentiu mais falta ainda de tê-lo como seu namorado outra vez, mas se ele não falava mais sobre isso, porque insistir? Por causa disso, acabou deixando umas lágrimas escaparem de seus olhos.

Ao desfazer o confortável abraço, Jimin olhou-a nos olhos e sorriu mais uma vez.

-Yah, como você está? Dormiu bem? Já tomou o café da manhã?-perguntou enquanto enxugava suas lágrimas e arrumava seus cabelos.

-Ne…-você respondeu com a voz um pouco trêmula, devolvendo o sorriso que havia recebido do rapaz.-E você?

-Também. Porque está chorando?

-Pensei que… Estivesse com raiva… de mim.

-Ah, aniyoooo…

-Ontem fiquei tentando falar contigo, mas não consegui..

-Bom, ontem cheguei um pouco cansado e fui dormir logo.

-Anm… Jiminnie…

-Ne?

-Queria falar algo comigo quando me ligou?

-Aaah, ne.-ele disse colocando as mãos nos bolsos da calça, enquanto seu rosto expressava um ar pensativo.-Queria me desculpar por ter sido tão frio e chato com você. Mianhamnida.

-Não precisa se desculpar por nada…

-Jiminnie hyung, já estou de saída. Annyoung.-falou Jungkook que se aproximava da porta, arrastando uma mala.

-Yah, porque vai levar tanta coisa, Jeongguk?

-Porque tenho planos pra uns possíveis passeios em Busan. Não se preocupe comigo, quando eu chegar lá te ligo, ok?

-Anya. Eu vou com você até o aeroporto.

-Mas e a S/N?

-Vai também.

-A-Aniyo.-você discordou do jovem.-Se suas fãs me virem por perto vão cair em cima de mim.

-Aaah, do que está falando? Minhas Armys sabem como tratar alguém. Fique tranquila.-disse Jimin logo liberando um breve sorriso no rosto.-Kaja*!

-Kaja!-respondeu o Kook que estava ansioso para ver a família.

Vocês três pegaram um táxi e foram rumo ao aeroporto. Ao chegar, apenas os dois rapazes desceram do carro e você preferiu esperar ali dentro mesmo. O maknae foi entregue em segurança e finalmente vocês estavam voltando, quando Jimin disse que iria parar em um mercado antes.

Em silêncio e obediente, você o seguiu e, o ajudou a comprar alguns lanches para a tarde. O jovem agia normalmente, como se não tivesse acontecido nada, mas aquilo do Marcos atender seu telefone quando Jimin estava ligando, te deixava completamente nervosa.

Enfim, voltaram pra casa do Bangtan.

Namjoon já estava por lá, na cozinha, pra variar. Ao ver vocês chegarem ele os cumprimentou com um grande sorriso acompanhado de suas covinhas.

-Yah! Onde estavam?

-Fomos levar o pequeno Kookie ao aeroporto e depois passamos no mercado.-disse Jimin colocando as sacolas na mesa.

-Oh, thank you. Eu estou com muita fome… não ter o Jin aqui em casa faz muita falta.

-Aigoo, nós podemos nos virar muito bem.

-Aish… S/N, como vai?

-Bem, bem… e você, oppa?

-Oppa?-os dois exclamaram em uníssono, com olhares um pouco surpresos.

-Tem algum problema em chamar o Namjoon de Oppa?

-Aniyo.-os dois responderam juntos mais uma vez.

Após rir, conversar e comer… o líder foi para o Monstúdio, afirmando que precisava terminar de compor uma música. Você estava pensando em voltar para o apartamento, mas antes decidiu perguntar sobre o ocorrido no dia anterior, senão aquilo te explodiria.

-Jiminnie…

-Ne?

-Quero falar sobre quem atendeu o meu telefo-

-Ainda vamos viajar, correto?

-Mwo?-Você agora tinha uma expressão de surpresa estampada em sua face, pois não imaginava que Jimin ainda insistiria que fosse viajar com ele.

-Exatamente isso que ouviu.-agora ele tinha um doce sorriso à amostra.-Achou que era brincadeira minha? Eu realmente quero sair por aí e respirar um ar puro… pensar um pouco e me divertir também. Quero que vá comigo, S/N.

-Q-Quando?

-Amanhã às 07:00 am esteja pronta, irei te buscar, se não for muito incômodo.

-A-Anyaaa… pode ir me buscar sim.

-Ok.-mais um sorriso daqueles que te fazia perder os sentidos.-Mais uma vez, obrigado por aceitar…

-Não está mesmo com raiva de mim?

-Porque deveria estar? Vem cá.-ele te puxou pela mão e deu-lhe um abraço apertado e demorado.-Aahrr… minha jagiya*… gosto de tê-la assim em meus braços. Se eu ficasse irritado com você não poderia te abraçar assim, não é?

Ele falou e logo riu. De alguma forma isso te aliviou.

No fundo você sabia que o rapaz havia se chateado com a voz estranha e masculina em seu celular, ou com a possível hipótese de que haveria um homem te visitando no seu apartamento, porém Jimin não se deixou levar pelo ciúme exagerado que sempre teve e isso só provou que ele estava lutando para melhorar e não te magoar outra vez.


Notas Finais


⚫"Um café, por favor." : Segunda, Quarta e Sexta.
⚫Apenas me Abrace : Terça, Quinta e Sábado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...