História Apenas meu primo (exo) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Exoplanet, Fanfic, Kai, Kpop, Kyungsoo, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Exibições 537
Palavras 1.573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura amores <3

Capítulo 22 - Two moons


[...]

— Esta bom? – Perguntou Chanyeol que estava em cima de uma escada pendurando um cartaz escrito “feliz ano novo” na porta.

— Não mais para o lado – Mi-Hee respondeu pensativa.

— O que, ta maluca? Se eu for mais pro lado eu vou cair. – disse indignado

— Não vai, to segurando a escada, mas anda logo – falou Baekhyun morrendo ajudando na decoração.

— Aish,cade Luhan? Ele foi pegar a fita adesiva e ate agora não voltou – disse Mi Hee e eu fui procura-lo.

— Yah, Luhan você... – eu abri a porta do seu quarto sem bater e Sehun e ele estavam se beijando — Mas que porra é essa?

Luhan me encarou, encarou Sehun, pegou a fita que estava em cima da cama e saiu. Eu fitei Sehun incrédula e sai atrás do Luhan.

— Pode me explicar que porra aconteceu ali? – perguntei quando o alcancei.

— Foi ele que me beijou e, eu não pude fazer nada – falou rápido e foi ate Mi-Hee. Eu estava perplexa com o que tinha acabado de ver.

— Yah, Lay – o chamei — Sehun é gay?

— Não – respondeu de boca cheia, pois estava comendo salgadinhos de pacote — Quer? – perguntou e eu neguei.

— Ele é hetero?

— Bi.

— Entendi – falei pro fim — Faz sentido – sussurrei baixo para mim mesma.

— O que? – brotou Minseok atrás de mim.

— É que eu vi... – olhei para Luhan e ele fazia uns gestos de negação, para eu não contar — Kyungsoo e Kai.

— E o que Sehun tem a ver com isso?

— Acho que Suho esta me chamando – sorri rápido e sai dali.

[...]

Essa manhã foi bem estranha, Sehun e Luhan se beijando, todo mundo segurando uma tocha olímpica da Jongin e Kyungsoo e a cozinha estava uma bagunça.

— Tae, me passa o arroz – falei e ele me deu, Taehyung me observava profundamente enquanto eu tentava fazer um arroz com ervas. — Aish desisto, vamos pedir uma pizza.

— Mas você nem começou – falou Taehyung e eu disse que não sabia cozinhar. Ele pegou a colher da minha mão e fez o arroz, e por incrível que pareça, ficou muito bom — Preciso ter aulas de cozinha com você – falei rindo e ele acabou rindo também.

— So Hyun, preciso da sua ajuda – disse Chanyeol apavorado — Preciso que você me ajude com uma coisa, e antes de tudo, você disse que ia fazer o que eu quisesse por uma semana, então não reclama – disse me puxando para seu quarto.

 — Qual camiseta eu uso? Porque minha mãe me deu essa de aniversario e ela disse que queria me ver usando ela só que eu odeio essa blusa e tem essa que eu gosto muito dela só que minha mãe vai me matar porque vai ver as fotos e não vai ter nenhuma minha usando essa, me ajuda.

— Primeiro, fala mais devagar – coloquei o dedo na sua boca e ri — Eu achei que você ia me pedir umas coisas bizarras tipo, lavar sua cueca.

— Eu não ia e pedir isso, mas se quiser eu não vou me importar.

— Não obrigada – falei — Usa essa aqui é bonita – disse colocando na sua frente e o observando — E essa camiseta que sua mãe te deu é verde colega, é só você falar que é fim de ano e se usa branco – eu ri da sua cara de preocupação.

 Ele assentiu, pegou a blusa da minha mão e começou a desabotoar a que estava usando — Yah, yah! – gritei — Eu to aqui ainda. – ele me virou de forma que eu ficasse de costas para ele.

— Gostou? – sorriu me virando de novo.

— Você é doido – eu ri — Sim está, tchau. – sai do quarto.

[...]

A Mi-Hee e eu nos arrumamos juntas, ela fez um penteado no meu cabelo e ajudou a me arrumar.

Alguém bateu na porta e quando deixei que entrasse, era Minseok com um sorriso fofo no rosto.

— So Hy... Uau – disse encarando profundamente cada parte do meu corpo e eu ri.

— O que achou? Estou bonita? – perguntei. Ele se aproximou de mim, segurou na minha cintura me fitando nos olhos e assentiu.

Ele quebrou a distancia de nossos rostos com um beijo que foi ficando quente a cada minuto que passava. Minseok me deitou na cama e sem parar o beijo ficou em cima de mim.

— Não podemos fazer isso aqui – eu falei lutando contra meu desejo.

— Eu sei – suspirou pesado e sentou na cama, fiz o mesmo.

— Você não vai se arrumar? – perguntei o fitando.

— Eu já estou arrumado – disse e riu — Só vamos ver um monte de fogos no céu e ficar acordado ate tarde.

Ele gesticulava muito enquanto falava e acabou batendo na minha mão quebrada, eu fiz uma cara de dor, ele arregalou os olhos e segurou aquela mão.

— Desculpa, desculpa, desculpa... – ele falava freneticamente enquanto fazia um carinho nos meus dedos. — Vou tentar ser um namorado melhor.

Eu estava rindo da sua reação ate ouvir essa frase.

— Namorado? – perguntei surpresa e ele assentiu fofo. — Não lembro de ter concordado com isso – falei brincando.

Ele me olhou de cantou com os olhos semicerrados

— Yah, estou brincando – me aproximei dele e mordi o lábio inferior — Mas só aceito porque você tem essas bochechinhas fofas – as apertei e me afastei dele.

— Não sou fofo – fez uma cara de bravo.

— E eu sou uma zebra – falei rindo e sai do quarto, indo para a praia onde estavam todos reunidos.

Minseok ficou conversando com Kyungsoo e Chen e eu fui conversar com Taehyung, Baekhyun e Lay

— Eu já te disse que aquilo não era um bicho Yixing, era uma azeitona preta no chão. – falou Baekhyun pela milésima vez a Lay.

— Tem certeza? Ele estava no meu quarto, olha – ele o puxou ate lá e Taehyung foi conversar com Suho.

— Ei Mi Hee – a chamei, mas estava encarando o Tae. — Eu preciso falar isso pra alguém – a fitei — Taehyung está muito lindo loiro.

— Eu sei, achei que era a única que tinha achado. – disse Mi Hee e Luhan entrou na conversa.

— Yah, vocês viram o Taehyung?

— Aish vocês ainda estão dando em cima dele. – brotou Suho me abraçando de lado — Vocês falam assim de mim também, não é?

— Acho que você devia ser menos convencido – me afastei do seu abraço e o fitei rindo.

Ficamos conversando por um tempo, ate todos saírem e só ficar eu e Luhan.

— Yah – o chamei — Qual é a tua com Sehun? – perguntei.

— Sei lá, eu não sei o que sinto por ele e acho que ele esta assim também – falou por fim — O dia que ele parar de ser mulherengo ou... Homemrengo, a gente decide – ele disse e começou a rir — Homemrengo, mas que porra eu acabei de dizer?

[...]

Faltavam 5 minutos para a queima de fogos de artifícios e Suho e Chen estão tão bêbados que estavam dançando Hush de uma forma engraçada para todo mundo, Baekhyun esta vomitando no banheiro, Mi Hee foi ajuda-lo e o resto esta em volta de uma fogueira conversando e comendo.

— Marshmallow... – ouvi Xiumin cantarolar baixinho e mordeu o marshmallow que estava segurando, eu ri achando aquilo fofo.

— Fala de novo – disse sorrindo a ele e ele me olhou surpreso.

— Marshmallow? – disse obvio e eu fiz uma cara de tipo “serio?”.

— Não, canta daquele jeito, é fofo – eu disse e ele fitou o céu envergonhado e repetiu baixinho novamente.

Eu sorri e me curvei para dar um beijo em sua boca, mas me lembrei de que não podemos fazer isso por ora e parei o movimento, voltando a fitar a fogueira.

— Dez segundos – gritou Mi Hee animada e sorrindo, abraçada com Chanyeol que esperava os fogos de artificio tomarem conta do céu.

Todos contaram alto animados os números, eu achei meio engraçado esse ato, mas acabei contando também.

Logo o céu se encheu de cor, o escuro se tornou iluminado, um novo ano estava começando. Todos se abraçavam sorrindo, ao contrario de Chanyeol, Chen e Suho que choravam feito uns bebês, pois o ano havia acabado.

Eu fiquei admirando o céu. É, realmente o ano acabou, tanta coisas eu quero mudar na minha vida, entrar em uma faculdade, quem sabe estudar fora, tantos objetivos que quero alcançar e espero conseguir.

Baekhyun pegou uns fogos de artifícios e os meninos iam soltar também. Kyungsoo e Kai estavam se pegando lá, estilo, foda-se mesmo. Sehun e Luhan se entreolhavam às vezes, Mi Hee tentava consolar Chanyeol e Taehyung consolava os outros, Lay pegou no sono na cadeira e eu e Minseok estávamos vendo o céu.

Ate que ele me puxou para dentro da casa indo para seu quarto, ele fechou a porta e me encostou nela, pegando em minha cintura,

— Feliz ano novo priminha – mordeu o lábio inferior e me beijou, um beijo necessitado e excitante. 


Notas Finais


EITA OLHA OS HUNHAN MAROTO AI.
eu não ia colocar o shipp, mas não deu ;-;
Tantas coisas irão acontecer em "2017" UHUAHSUSH SEM SPOILERS.
Minseok fofinho e sexy ao mesmo tempo. Deixei meio implícito/ nas entrelinhas ai no final mesmo o.o

E como So Hyun, Mi Hee e Luhan disseram: TAEHYUNG TA MUITO LINDO LOIRO

Comentem o que acharam e ate a proxima <3
(só queria fazer um merchan, tenho uma 2shot de chanbaek, se quiserem ler, entrem no meu perfil, e comentem la, se não for ler, comenta sobre esse cap pelo menos dhbsa s2)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...