História Apenas músicas. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Bianca di Angelo, Clarisse La Rue, Frank Zhang, Hades, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Thalia Grace
Tags Pernico, Yaoi
Exibições 20
Palavras 800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem à demora eu tava se. Idéias e ainda to sem ideias então oq saiu saiu.
Mas obg pelos favoritos bjsss

Capítulo 4 - Lembranças


- Então por que não pulamos para a parte interessante - diz Percy com um sorriso malicioso.

Eu olho pra seu rosto e sei exatamente do que ele está falando então fico na ponta dos pés falando à centímetros de sua orelha.

- E por que não? - meu comentário faz ele de arrepiar então é aí que ele segura em minha mão direita me direcionando para um caminho. Para onde ele está me levando, penso. Alguns minutos depois me vejo na porta do banheiro masculino. Percy olha para ver se tem alguém e não há quase ninguém. Entramos em uma cabine do banheiro e ele toma iniciativa.

Ele me beija suavemente e gradualmente beijando com mais vontade, seu beijo é algo indescritível, estou nas nuvens. Estou completamente perdido em seus lábios. Ele pede passagem com a língua e eu dou. Nossos corpos estão em uma dança exclusivamente sensual. A língua dele viaja apressadamente em minha boca e eu começo a tomar iniciativa também. O beijo de torna selvagem, eu coloco uma das mãos por dentro de sua blusa sentindo seus gominhos. Eu começo a gemer baixo quando ele deposita chupões em meu pescoço, lambendo o mesmo sentindo o gosto de meu perfume.

Ficamos nesse ritual até infelizmente nossos pulmões implorarem por oxigênio. Mas assim que retomamos voltamos ao caloroso beijo mas algo está errado.

Lembranças de Bianca inesperadamente tiram minha atenção, imagens de seu enterro, seu corpo sem vida no hospital, ela dormindo ao meu lado em nossa casa me contando histórias engraçadas. Isso me faz cessar o beijo deixando um Percy confuso. Não há nenhum motivo de eu estar pensando nisso agora, mas os pensamentos estão ficando mais intensos e então me lembro do pesadelo de hoje, flashbacks de nossos momentos juntos retornam átona. Bianca está morta mas ainda está viva em meu cérebro, as imagens dos momentos que eu passei com ela passam rapidamente me deixando confuso meus olhos se enchem de lágrimas quando eu finalmente falo.

- O-olha me d-desculpa eu não posso... Eu tenho que ir...- saio correndo do banheiro deixando uma série de perguntas de Percy sem resposta no ar. Estou chorando e correndo totalmente perdido e desordenado, deixo meu próprio corpo me levar pra casa, e quando me dou conta já estou abrindo a porta de meu apartamento encontrando Thalia completamente confusa com minhas lágrimas.

- O que aconteceu Nico? Ele fez alguma coisa? Por que está chorando? - Thalia pergunta.

- N-não ele não fez nada Thalia - minha voz saí rouca e fraca devido ao choro.

- É ela né? - Thalia pergunta sabendo que eu sei do que ela está falando.

- Sim - sussurro sentando no sofá.

- Mas como foi? O que aconteceu naquele shopping para você vim nesse estado? - Ela pergunta.

- Eu estava ficando com Percy no banheiro - explico corado - até então não tinha nada de errado, mas as lembranças dela começaram a me invadir eu só conseguia pensar nela assim do nada. - digo.

- Você sabe o que seu psicólogo tinha falado né Nico? Isso é um trauma que você ainda não superou é normal Isis acontecer e não é a primeira vez. - ela explica passando sua mão em minhas costas.

- É mas acontece que Percy não tem culpa alguma, ele nem sabe sobre Bianca aliás ele não sabe quase nada sobre mim e nem eu dele, então nós dois erramos em ir rápido demais, foi nosso primeiro encontro e não teve encontro assim que eu cheguei no shopping ele estava meio tímido no começo mas quando me dei conta 10 minutos depois nós já estamos nos agarrando no banheiro - explodo fazendo Thalia me olhar, sei que ela está tentando não rir.

- Olha amanhã você vai cantar no Beor e provavelmente ele vai estar lá então você conversa com ele, explica pra ele que ele não tem nada haver com isso, porque o coitado deve está todo confuso agora nem sei número ele tem. - ela diz.

- É você tem razão - falo.

- Eu sempre tenho - ela diz convencida - agora tenta descansar um pouco amanhã além da gente trabalhar você precisa esfriar a cabeça. - eu balanço a cabeça em concordância e sigo para meu quarto.

- Clarisse e Luke sabe das músicas de amanhã né? - pergunto.

- Sim eu falei com eles. - vou para meu quarto.

Clarice é a guitarrista da banda e Luke é o baterista, ainda não temos um nome para a banda mas ainda estamos pensando nisso.

Tiro a minha roupa e feito em minha cama apenas de cueca, pensando em o que vou falar para Percy amanhã.

De qualquer forma embora nós temos acabado nosso primeiro encontro de uma horrível maneira eu não me arrependo nem um pouco de ter ficado com ele, já sinto falta de seu corpo e de seu beijo. Quem sabe um próxima vez?


Notas Finais


Gente esse capítulo vai ser muito curto mesmo perdoa rs
mas talvez amanhã estarei postando o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...