História Apenas OneShot - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Naruto
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Hinata Hyuuga, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Naruto Uzumaki, Natsu Dragneel, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Naer, Naju, Nale, Nali, Nalu, Naruhina, Narusaku, Narusasu, Oneshort, Sasuhina, Sasunaru, Sasusaku
Exibições 257
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Voltei?
Sim voltei
Vou posta mais capítulos?
Sim ou posta mais capítulos

Mil desculpas pela demoras okay? Agora irei osta NaLe

Não shippo mais vai kkk


Boa leitura!

Capítulo 13 - Minha família louca


Fanfic / Fanfiction Apenas OneShot - Capítulo 13 - Minha família louca

*MINHA FAMÍLIA LOUCA*

Capítulo único 

A pequena McGarden olhava aquela casa cujo iria morar a parti de agora 

Não acreditava nisso, tinha que morar com uma albina desnaturada, um ruivo que tem mente de uma criança de 5 anos, uma azulada viciada no celular e um rosado que odeio? Sua vida virou um desastre total 

Ela tocou a campainha da casa. Espero e a uma certa azulada apareceu como sempre. Grudada no celular

- Meu Deus menina você não larga esse vicio? - Disse Levy olhando a pequena que deu de ombro 

- Não, minha vida depende disso - Disse Wendy ainda grudada nele - Ah Levy! Desde de quando você está aí? - Perguntou a olhando confusa

- Você estava falando comigo agora mesmo - Disse e Wendy a olhou surpresa - Bom, Grandine avisou que eu iria morar com vocês a a parti de hoje? - Disse a azulada menor a olhou pensativa

- Sim, a mamãe mais cedo disse que iria ter uma pessoa que iria morar com a gente, o Natsu-nii vai surta - Disse rindo, já imaginando - Bom, entre - Disse dando espaço e Levy entrou emburrada. Wendy fechou a orta e se jogou no sofá com o celular na mão 

- Ela ainda vai se da mal por causa desse vicio - Disse olhando a casa 

- Wendy, quem ta aí? - Disse Natsu descendo as escadas sem camisa, assim que olhou por lado viu a Levy - Não acredito.. E você que vai morar com a gente? - Disse e Levy assentiu - O capeta ta afim de me infernizar só pode 

Levy o olhou feio 

- Você acha mesmo que eu iria querer morar com você? Meus me obrigaram a vim pra ca. Provavelmente fui expulsa de casa

 - Bom, poderia ter ficado na rua - Disse antes que Levy pudesse rebater Grandine apareceu 

- Levy, querida - Disse Grandine e fez careta - Credo pareço aqueles tipo que tia que ver a sobrinha - Disse rindo 

Tanto Natsu quanto Levy ficaram com gota 

- Eh, mais ti- Foi interrompida

- Tia uma ova! Odeio que me chamem assim, me senti velha, pra você Grandine! - Disse e Levy assentiu - Seja bem-vinda! - E a sufocou com uma abraço 

- Levy! - Disse Igneel aparecendo, Levy se iludindo achando que ele era o único normal - Trouxe chocolate? - Disse com o olhos brilhando e Levy suspirou frustada

- Hai - disse pegando no seu bolso - Aqui esta como prometido - Disse e tirou a mão antes que fosse devorada junto com o chocolate por Igneel 

- Arigato!!! - Disse e saio correndo como uma criança 

- Ele teve infância? - Perguntou Natsu se virando a mãe

- Teve, mais ainda acha que é uma criança. Não destrua os sonhos dele - Disse e saio 

- Okay...

Wendy se espreguiçou

- Wendy onde irei ficar? - Perguntou olhando a prima 

- No meu quarto - disse ainda mechendo no celular. Levy percebeu que Natsu a encarava 

- Oque foi? - Disse arrogante e Natsu sorrio maléfico 

- Realmente continua a despeitada de sempre - Riu da cara de tacho de Levy

- Teme... - Disse apertando a dobras da mala, mais relaxou. Sabia que seu objetivo era a atingir. Não perderia assim tão facil - Ai, ai, Sabe que isso não vai chega a nada né?

Natsu fechou a cara sabendo que ela não foi atingida 

- Vou tomar meu banho - Os três disseram ao mesmo tempo e se encaram - EU VOU PRIMEIRO! - Gritaram.

Wendy pulou do sofá. Levy largou a mala e Natsu subiu correndo as escadas 

Essa a primeira guerra das que ainda viriam 

*

- Que relaxante -  Disse Levy se jogando na sua cama - Hoje o dia foi cansativo 

- Sim, foi - Disse e enxugou o cabelo ainda olhando o celular

- Menina oque você tanto olha nessa coisa? - Disse Levy se sentando na cama 

- Fanfics minha flor. Fanfics - Disse e Levy a olhou confusa

- Oque e a"fanfics"? - Wendy finalmente largou o celular e a olhou como se visse um fantasma 

- Kami você não sabe oque e fic? - Disse e Levy negou - Gosta de ler? - Levy assentiu. Wendy sorrio - Otimo, agora. Bem-vinda a o mundo das fics!

Levy apenas riu 

- Essa e a Minha família louca

 

 

- Oque deu na cabeça da minha mãe quando ela deixou aquela despeitada morar aqui? - Perguntou Natsu resmungando 

- Quem é a "despeitada"? - Perguntou Angel a abraçando por trás. Ela havia entrando pela janela 

- Minha prima. Não suporto aquela garota - Disse e Angel deu uma risadinha 

- Esta irritado? - Pergunto 

- Sim - Resmungo 

- Sério? Agora farei você ficar animado - disse sexy no seu ouvido

*

No dia seguinte lá estava todos sentados na mesa

Como sempre uma agitação louca! Igneel não parava de reclamar que estava com fome e queria sua comida, Grandine gritava da cozinha irritada que o café já ia sair. Natsu e Levy se encaravam mortalmente e as vezes começavam umas provocações. Agora se encaram sem pisca

Wendy como sempre mexia no celular, até que deu o grito e todos o olhavam assutados

- Oque foi Wendy? - Perguntou Grandine aparecendo na mesa

- Ai Meu santo cororo! A minha fanfic favorita foi atualizada! - Disse e todos os olharam com gota

- Oque tem de especial nisso? - Perguntou Igneel um tanto confuso

- O fato e que a fic parou de ter capítulos novos desde de 2010! Já estamos em 2016. Então cara, 6 anos sem capítulos novos - Disse e Levy arregalou os olhos 

- Não me diga que e aquela fic - Disse e Wendy sorrio - NÃO ACREDITO 

As duas começaram a pular e gritar animadas 

*

Semanas havia passado e a família continuava mais louca que antes. Agora Natsu estava no seu quarto com uma garota diferente 

Levy estava lendo uma livro e Grandine foi levar Igneel para tomar um sorvete e Wendy compra uma capinha nova 

- Ah que tédio - disse fechando o livro que havia acabado de ler 

Começou a ouvir barulhos estranhos do quarto do rosado 

Se levantou e fui até a porta dele na pontinha dos pés

Estava com frestinha e viu tudo:

Natsu transava com uma garota na sua cama, a menina gemia como uma vaca parindo 

Isso deixou Levy um tanto incomodada. Mais algo fez arregalar os olhos e seus olhos arderem pela lagrimas

Aquela doce menina? A menina mais inocente da escola dando a Natsu? Aquela menina que Levy mais confiava? 

Levy não resistiu, deixou as lagrimas rolarem silenciosamente, saio correndo e se trancou no quarto se jogando na cama 

A menina era Laki, sua melhor amiga 

Depois daquela revelação Laki virou uma verdadeira puta. Em uma semana já havia transado com quase todos os meninos da escola 

Ela passou a ignorar Levy como se ela fosse uma pedra no seu sapato 

- Levy, você está bem? - Perguntou Yukino aparecendo do seu lado, Levy apenas negou - E por causa da Laki? - Levy nada disse. Yukino suspirou - Eu sei, foi uma grande revelação. Também fiquei surpresa ao saber disse

- Ela era minha amida - sussurro

- Assim como minha amiga também - Disse a abraçou - Vai ficar tudo bem 

Levy apenas aceitou o carinho 

Meses se passaram e Natsu e Levy apenas brigavam e brigavam. Levy ainda não estava feliz por está dividindo a mesma casa que ele, nem Natsu com ela 

Mais hoje as coisa mudam

Os dois estavam trancados na sala do zelador, Natsu fez o favor de jogar a chave pra fora e Levy o xingou de todas as formas possivel

Por fim perguntou:

- Porque fez isso? - Disse abaixando a cabeça 

- Porque tem tanto ódio de mim? - Disse e Levy o olhou feio 

- Voc~e transformou a Laki numa vadia! - Disse e Natsu arqueou a sobrancelha 

- Ah! Só por causa disse? Eu transformei quase todas meninas da escola em puta, Laki não fez diferença alg- Foi interrompido po uma tapa 

- Cala essa boca - disse e Natsu a olhou surpreso - Eu te odeio - Disse da forma mais fria possivel

Por algum motivo isso machucou Natsu 

- Tudo bem, farei você me amar agora - Disse a apresando na parede e beijando seus lábios 

Levy em choque, ficou parada. Logo se afagou naquele beijo

"Eu te odeio" Levy o empurrou bruscamente e Natsu a olhou confuso

- Oque foi? - Perguntou e Levy o olhou cinica

- Não vou ser um dos seus brinquedinhos que você usa e joga fora - Disse e se sentou 

- Eu nã-

- Apenas cale a boca - disse Levy grossa e Natsu se calou 

Depois de parecerem horas o zelador apareceu e os tirou de lá

Levy saio e fui correndo pra casa 

- Eu não irei desistir de você Levy... - Sussurro - Eu te amo! Não irei desistir de te conquistar! - Disse é olhou a menina determinado. Ela corria - Se não eu não me chamo Natsu Dragneel 

Correu atrás da sua amada 

Fim


Notas Finais


Gente sem graça ne? Essa e a última one. Depois vem os extras

Bom, eu irei posta uma pequena comedia, os principais vão ser: Rogue, Sting, Natsu e Lucy

Já me pediram pra fazer: Gray e Natsu, Ultear e Sting, Gray e Erza, Mavis e Zeref (esse foi escolha minha) Naruto e Ayame

Querem quais mais? Irei escrever os casais que vocês quiserem! Mais tambem me digam o tema da história do casal pra ajuda mais kk

Bjos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...