História Apenas um amor! ( imagine BTS) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 47
Palavras 647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom gente ... eu ja postei o segundo capítulo porquê estou empolgada kkkk 😂
E eu queria pedir uma coisa a vocês... vamos alcançar os 30 favoritos?

Capítulo 2 - Não posso abandonar tudo!


Fanfic / Fanfiction Apenas um amor! ( imagine BTS) - Capítulo 2 - Não posso abandonar tudo!

Povs' s/n

Depois que terminamos de comer fomos para o meu quarto. Nos estávamos falando sobre coisas aleatórias, até que ela toucou em um assunto sério: '' meu ex, e atual crush'' ... Bambam 

S/n- para s/a eu não gosto mais dele! - falei irritada.

S/a- Eu sei quando você está mentindo!- ela fala em quanto ri.

S/n- Ta tão na cara assim? - falo enquanto suspiro.

S/a- É... ta óbvio de mais -  Ela diz e começa a rir novamente.

~QUEBRA TEMPO~

Ja era mais de meia noite, e só agora havíamos percebido que conversamos de mais.

Decidimos pedir para minha mãe levar a s/a em casa, pois ir embora sozinha no Rio de Janeiro é muito perigoso já que naquela hora não passava ônibus mais seguros.

Adentrei no quarto de minha mãe e ela estava organizando algumas pastas, e tinha duas passagens de avião em sima da sua mesinha. 

Não entendi muito bem o por quê de duas passagens já que minha mãe sempre viaja sozinha. Mas decidi não falar nada.

Eu tomei coragem e falei:

S/n- mãe...

nesse instante ela para o que está fazendo e olha pra mim.

S/m- pode falar.

S/n- Eu e a s/a perdemos a hora e não tem como ela ir embora sozinha a essa hora. Você não poderia levar ela? - falo já sabendo que a resposta seria não porque ela estava ocupada.

S/m- Eu levo sim! E eu aproveito para falar sobre um assunto muito sério com você. 

*Gelei*

S/n- está bem mãe! Obrigada, te amo!

S/m- também te amo! Agora vai falar pra sua amiga que jaja iremos sair.

S/n- ok!

Eu fecho a porta e vou em direção ao quarto. A s/a estava sentada na cama mechendo no celular e ao me ver salta da cama... 

S/a: E aí... ela vai me levar?- ela fala sem esconder seu nervosismo. 

*Eu abaixo a cabeça e faço um não*

S/a faz uma cara de assustada super engraçada...

S/a- Como assim?! Eu não posso ir embora a essa hora da noite sozinha! - ela fala quase chorando.

S/n- pegadinha do malandro- falo quase morrendo de rir -  Arruma suas coisas, nos ja vamos sair!

S/a- vaca, vadia , piranha - faz cara de brava - quer me matar do coração?!!! 

S/n- Também te amo! - solto uma risada - Vai logo arrumar suas coisas!

S/a- okok! 

[ ... ] 

 Estavamos no carro, minha mãe liga o GPS e a s/a coloca o endereço. Nós colocamos o cinto de segurança e minha mãe começa a dirigir. 

[ ... ]

 Nós deixamos s/a em sua casa e minha mãe começa a dirigir dirigir o percurso para nossa casa. 

S/n- mãe... o que você queria me contar?

S/m- Bom... eu recebi uma proposta de emprego.

S/n- ah, que legal!

S/m- me deixa terminar... o salário é bem melhor, e teremos mais tempo para ficarmos juntas.

S/n- hum...

S/m- só que tem um detalhe ...

S/n- qual?

S/m- Meu emprego e na Coréia do Sul... e nós iremos nos mudar pra lá!

S/n- O QUÊ?!!! COMO ASSIM?!!!- Eu grito alterada...

S/M- Calma! Lá os estudos são melhores, a cidade é mais segura e você pode fazer vários amigos novos já que você sabe falar sete línguas, enclusível Coreano.

S/n- MAS MÃE... EU NÃO QUERO ABANDONAR MEUS AMIGOS, MINHA ESCOLA, NOSSA CASA!

S/m- você pode continuar mantendo contato pela internete, e não tem ''Mas'', já está decidido!

Eu não estava acreditandono que estava acontecendo... lágrimas escorriam pelo meu rosto. Eu não podia simplismente me mudar pra outro país onde não conhecia ninguém, e abandonar minha família e amigos. 

[...] 

 Nós chegamos em casa, eu fui direto pro meu quarto e comecei a chorar ... não sei ao certo quanto tempo pois eu acabei dormindo.

{ SONHO ONN } 

Eu estava em uma escola enorme, ela era realmente muito feia. Estava sem tinta, seus corredores não tinham luz o que me fava medo. Eu corria por toda a escola que parecia um labirinto. Todos os olhares se voltavam pra mim e os alunos estavam todos de preto.

{ SONHO OFF }




Notas Finais


Bom gente ... tentei posta um capítulo maior kskskk 😆💖
Me desculpem qualquer erro 😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...