História Apenas um desabafo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desabafo
Visualizações 7
Palavras 474
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS


Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


"Onde eu posso desabafar? Quero que _ela_ nunca chegue nesse desabafo, mas se esconder demais, ninguém nunca achará"

Capítulo 1 - Apenas _ela_


"A genética comigo funcionou, com você não funcionou", disse _ela_. Talvez seja porque eu nasci acidentalmente? É por causa disso que as pessoas que eu acho que me amam sempre se afastam ou fazem algo que me deixa muito triste?

Meu pai sempre diz que sou o maior prêmio da vida dele, mas já esqueceu do dia do meu aniversário e me perguntou qual era. Infelizmente eu sabia que ele não estava brincando. É por que eu não sou alguém que se destaca em um meio, como _ela_?

Meu ex sempre me ignorava, mas falava que me amava muito, ligava pra mim na saída da escola pra falar comigo que me amava. Não levou em consideração o fato de eu estar entediada no meio de uma festa querendo falar com ele pra me divertir. Mandei oi e ele veio com o papo de terminar, três minutos depois meu pai estava na porta da festa. Tive que engolir o choro, pq ele não sabia do meu namoro, até chegar em casa. É por que eu não sou perfeita e organizadinha como _ela_?

Minha melhor amiga pra quem eu contava todos os meus segredos, a única e maior amiga ficava até com ciúmes quando eu não passava um recreio inteiro com ela. De repente ela mudou de escola e parou de responder minhas mensagens. Consegui contactar ela algumas vezes depois, e até ir no shopping para encontrá-la, mas sua vida eram apenas os novos amigos. É por que eu não fui planejada, então não mereço ter a minha melhor amiga ao meu lado, ela merece alguém melhor?

Eu tenho medo de meus amigos me abandonarem desde sempre, parece que ninguém é totalmente confiável, além de meus hamsters. Um que quando se foi me fez chorar muito por ele, e outro que não quero que morra, por ser minha sincera companhia. Eu ainda tenho esperanças em um relativo novo amigo, que parece me ajudar sempre que preciso. Eu não sei o que me vem a cabeça, mas eu começo a ficar feliz quando penso nele. Será que eu gosto dele? Quem sabe, mas não posso me deixar levar, tudo é incerto na minha vida.

Minha mãe sempre reclama comigo, mas tenho levar como uma briga natural de mãe, mas sei que no fundo ela se arrepende de ter me dado vida. Ela fala que eu deveria fazer que nem _ela_, que eu deveria seguir seu exemplo. Tudo por que eu nasci sem querer, porque o médico disse que ela tinha sintomas de menopausa precoce e ela decidiu ter relações sexuais? A culpa é minha? Eu deveria chorar, em média, 6 vezes por dia? Eu deveria ter que me questionar sobre as pessoas que acho que me amam por causa disso? Por causa da diferença entre mim e _ela_? Eu achava que não até ano passado, mas parece que me enganei um pouco.


Notas Finais


"Seja quem estiver lendo isso, eu aprecio sua coragem de ver meu interior"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...