História Apenas um gato de rua. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Gato, Kawaii, Naruto, Neko, Sasunaru
Exibições 286
Palavras 1.144
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


tensooooo... sakura putiane hein, preparem as katanas pq depois desse cap acho que vcs vão querer matar a ''coitada''
.
ps:hoje não teve ''poema'' porque eu quis colocar uma frase no final...espero que não se importem com esse pequeno detalhe ^.^

espero que gostem e comentem se puderem (*Mendigando comentários*)

Capítulo 3 - Apenas passado...


-posso tomar banho?- ele pergunta inocente e eu fico vermelho
****agora****
-eu... Já estava saindo mesmo. -Digo e ele da de ombros. Enrolo uma toalha verde na cintura, pego as roupas que ele me deu e saio rápido. Logo escuto o som da água caindo no chão... Ando lentamente pela casa admirando cada detalhe... Primeiro passo pela cozinha, onde há vários pratos com ideogramas japoneses e alguns restos do que parecia ser uma torta... Depois, passo por uma grande sala com alguns vasos e uns porta retrato que a maioria das fotos é com duas garotas... Uma de cabelos rosa chiclete, e outra de cabelos escuros e olhos perolados... Não sei por que mais isso me incomoda um pouco, bom, subo as escadas e continuo andando e explorando a casa, até que vejo um quarto que provavelmente é de sasuke.
era um quarto com paredes num tom de azul escuro, onde havia uma cama de casal e ao lado uma mesinha com alguns papeis em cima e outro porta retratos, mas dessa vez, era uma foto com uma mulher alta com cabelos médios, um homem com cabelos meio cinza e uma cara nada simpática e duas crianças ao lado. Um era o sasuke e o outro... -mal pude concluir meus pensamentos quando ouço uma voz vinda da porta do quarto.
-quem é você e oque faz aqui?.-olho para trás e vejo um cara meio baixo me olhando confuso. Coro um pouco porque eu estava só de toalha.
-é. E-e-eu s-sou... -antes de eu conseguir dizer algo, sasuke aparece na porta e me corta.
-o nome dele é naruto haruno... Ele é primo da sakura e pediu pra ficar aqui por um tempo. -fiquei meio confuso, mas quando eu ia protestar o maior já havia saído da porta. As únicas palavras que consegui dizer foram:
-naruto haruno? Quem é sakura?.-pergunto e ele me olha meio cabisbaixo.
-é... Uma longa e dolorosa história. Vou lhe poupar disso... Agora por favor, se vista. - diz ele sério e sai do quarto. Visto a roupa que ele me deu e me sento no chão pensando em tudo que havia acontecido em apenas um dia. Por que eu? Porque hoje?...Ninguém nunca se quer tinha me olhado e agora isso... Oque ele esconde de mim?.Mil perguntas e pensamentos, mas sem nenhuma resposta se quer... Fiquei perdido em meus pensamentos até eu perceber que já era de noite... A chuva já havia sessado e agora só se ouvia o doce som das corujas. Eu olhava pela janela e via crianças correndo, cachorros brincando... Mas o mais bonito de tudo era olhar para céu e ver as mais belas estrelas brilhando como se fossem pequenas pedrinhas valiosa, sentir que eu podia toca-las e nada me impediria.

- annn sasuke-kun, oque você quer que agente veja a essa hora da noite?.-ouço uma voz meio irritante.
-preciso de um favor seu sakura. - escuto a voz do uchiha. Vou até a porta e abro lentamente, assim só podendo ver por uma fresta... De, longe vejo aquelas duas meninas da foto conversando com ele. –quero que você finja ser prima de um amigo meu ok, eu explico tudo depois. - amigo... Nós... Somos amigos? Eu... Nunca tive um amigo na vida e agora... Sinto-me estranho, eu estou feliz por ter um amigo mais... Triste por... Sei lá. É como se fosse uma mistura de sabores doce e amargo ao mesmo tempo.
 

-hum... Tudo bem sasuke-kun, mais tudo tem um preço. Diz ela se aproximando dele

. Num reflexo involuntário, abro a porta - quase a batendo – e todos olham para mim. A rosada me olha com raiva, a outra apenas me encara com seriedade no olhar. Já sasuke sorria para mim.
-naruto-kun... Achei que estava dormindo já que não desceu para jantar. – ele fala e logo a tal de sakura faz mil perguntas.
-oque ele faz aqui? Qual o nome dele? Quem é ele sasuke-kun? -ela diz e moreno parece se irritar.
- longa história. - Diz ele com a mão no rosto parecendo cansado... ’’talvez eu seja um incomodo para ele’’-penso comigo mesmo.  – bom... O nome dele é naruto uzumaki.

-uzumaki?. -perguntam as duas garotas em unissom.
-porque todos tem esse incomodo com meu nome?.- sakura me olha com nojo e a outra garota me olha assustada.
-por quê? Eu vou te dizer o por quê!-diz ela gritando com raiva em cada palavra-... Há alguns anos atrás minato uzumaki dopou e dormir com a mãe do sasuke. Dias depois o Sr.uchiha, marido dela, descobriu que ela estava gravida do seu pai - ela deu ênfase no ‘’seu’’. - então ela teve que abortar a porcaria daquele bebê imundo, que veio do vagubundo do seu p - antes de ela terminar eu lhe dei uma tapa. Eu e sasuke estávamos com lágrimas nos olhos. - você acha que acabou? Isso nem é nem a metade do que aquele desgraçado fez aos uchiha... E você pelo visto, é cria dele não é? Deve ser igual ao pai... Um inútil... -disse a rosada com ódio e nojo no olhar.
-JÁ CHEGA SAKURA. -interrompe a menina de olhos perolados.
eu saio correndo para o quarto de sasuke e bato a porta com força vou até a janela e me debruço no batente chorando... Eu sempre ouvi coisas ruins a respeito do meu pai, mas eu procurava ver o lado bom... Antes de ele me abandonar, claro. Ele era a única família que eu tinha... O único ‘’amigo’’... Eu sempre dizia ‘’todos cometemos erros, mas merecemos ser perdoado, afinal ninguém é perfeito. ’’... Por maiores que fossem os erros que ele cometeu, eu sempre estive ao lado dele. Era ele que me salvava das brigas... Ele que me abraçava nas noites de chuva dizendo que ia ficar tudo bem... Ele era meu herói, meu pai, minha única e amada família. Mais um dia ele desapareceu... Eu fiquei sozinho... No escuro... Sem nada além das minhas lágrimas e minha esperança. Todo dia eu acordava e pensava ‘’ele vai voltar’’. Ele era o único motivo de eu ainda suportar mais um dia nesse mundo medíocre que só existi guerra, mentiras e corrupção. Mais uma hora a flor murcha, as cores desbotam e a esperança morre.
eu estava chorando descontroladamente com esses pensamentos até que sinto alguém me abraçar por traz... Meu coração acelera ao sentir aquele doce aroma de canela no ar... Era o meu pequeno uchiha... Que estava chorando oque me partia o coração...
-não ligue para o que a sakura... Ela está... -eu o corto.
-certa. -eu digo virando e o abraçando mais ainda. Como eu era um pouco maior a cabeça dele encostava-se sobre meu peito e suas lagrimas molhavam minha/sua blusa. Ficamos um bom tempo lá... Chorando.

‘’você escolhe entre recordar o passado, viver o presente ou pensar no futuro. ’’
biscoito~kawaii  2016 (isso foi desnecessaro)
****


Notas Finais


deu pra entender tudo? qualquer duvida eu respondo. eu tenho um pouco de medo de vocês não entenderem e eu ferrar com a história inteira.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...