História Apenas Um Pouquinho... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga, V
Tags Incesto Taegi, Kim Taehyung, Min Yoongi, Suga, Taegi, Taehyung, Yoongi
Exibições 257
Palavras 298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie, aí está mais um capítulo. Espero que gostem.
Meu Twitter - @CryBabyLuui

Desculpa qualquer erro, boa leitura.

Capítulo 6 - Sentimento


- Eu não me sinto rejeitado. - Menti. Eu odeio mentir, principalmente para Yoongi... Mas as vezes é necessário. 

- De qualquer forma. - Yoongi respondeu e em seguida beijou a minha bochecha. - Eu estou indo para o meu quarto. - Disse subindo as escadas.

Eu estou entediado. Não tem nada para fazer. Seria legal jogar Video Game porém, eu só tenho jogos para dois, ou seja, preciso de Yoongi. Eu estou sentindo fome, mas eu não sei cozinhar e Yoongi sabe, preciso dele.

Eu odeio depender das pessoas para fazer as coisas, eu gosto de ser independente. Mas, aqui em casa, na maioria das coisas eu preciso da ajuda de Yoongi, e se Yoongi não me ajudar, ninguém me ajuda. Até para jogar um jogo estúpido de Video Game eu preciso dele.

Subi as escadas correndo, bati na porta do quarto de Yoongi e o esperei abrir.

- Oque foi, Tae? - Yoongi pergunta meio confuso, ele deveria estar dormindo.

- Me faz companhia, eu estou sozinho. - Eu respondi. Não era isso oque eu queria falar mas tudo bem.

- Eu estava dormindo. - Ele disse e eu entrei no seu quarto.

- Por favor. - Implorei, Yoongi fechou a porta do quarto.

Abracei Yoongi na esperança que ele concordasse. Mas Yoongi me soltou. Então, - por algum motivo da humanidade - eu o beijei - Na verdade foi apenas um selinho.

- Taehyung. - Ele diz - Desculpa.

- Desculpa pelo que? - Eu pergunto confuso.

- Me desculpa por tudo. - Ele respondeu. 

Yoongi me abraça. Ao mesmo tempo que eu gostaria de evita-lo eu preciso dele.

Eu odeio o fato dele ser o meu irmão, eu odeio o fato de eu continuar amando ele, eu odeio esse sentimento.

LEIA AS NOTAS FINAIS

 

 


Notas Finais


Oi, eu estava pensando em transformar essa fanfic em Daddy Kink, oque vocês acham?

Desculpa qualquer erro, comentem oque acharam.

Meu Twitter - @CryBabyLuui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...