História Apenas uma Aposta - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Colegial, Comedia, Drama, Escolar, Original, Romance
Visualizações 48
Palavras 860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Maaaais uma vez, a descrição dos nossos lindos para vocês.
Agora, com a apresentação da nossa linda e amada JAMILLY e a Galinhela, ops Gabriela.
Espero que gostem.

Capítulo 16 - Felicidade


Fanfic / Fanfiction Apenas uma Aposta - Capítulo 16 - Felicidade

BOA LEITURA!

Sabe aquele ditado “Brasileiro não desiste nunca”? Acabei de leva-lo ao pé da letra. Não vou deixar meu moreno puto comigo. Poxa, eu compreendi o relacionamento dele, por que não pode fazer o mesmo comigo? Não vou aceitar isso, mas não vou mesmo.

Pulo do colo da ruiva, fazendo a mesma se assustar.

-Vai aonde filhote de cacatua?

-Carinhosa como sempre né linda? –Ironizei recebendo um sorriso como resposta. –Vou atrás do Gui, isso não vai ficar assim.

-Tanto faz o que você vai fazer, só trás nosso puto de volta.

Fui até o banheiro, na intenção de tirar a cara de choro e segui em direção ao quarto do mesmo.

Ao chegar, já sai entrando e vi o mesmo, deitado no colo na Galinhela, sendo “consolado”.

-Podemos, hum, conversar? –Pedi desviando o olhar.

-Agora não Sophia, por favor, me deixa raciocinar, por meus pensamentos em ordem. –Respirou fundo, enquanto eu encarava o sorriso de canto da cobra.

-Ok, quando quiser conversar, sabe onde me achar. –Abaixei a cabeça e sai.

Se ele não quer, não vou insistir, vou esperar seu tempo... que espero que chegue logo. Posso dizer que continuei andando e acabei parando em frente ao quarto do Léo, ele não o divide com ninguém. O que o dinheiro não faz, não é?

Tomei coragem e bati na porta, já que a mesma se encontrava trancada.

-Oi morena. –Analisei seu sorriso e senti meu coração se esquentar, e acabei sorrindo voluntariamente. –Entra aí. –Disse me dando passagem.

-Estava sem nada pra fazer e resolvi vim te ver. –Escondi algumas partes? Sim, mas não foi por mal. - Espero não estar incomodando. –Sentei-me na cama e o esperei.

-Que nada linda. –Se jogou ao meu lado, deitando a cabeça em minhas pernas. –Estou tentando fazer esse trabalho aqui, mas não consigo entender a matéria. –Bufou e me encarou.

-Se quiser posso tentar te ajudar.

Endireitei-me na cama e li o conteúdo o entendendo de primeira.

-Olha só, você vai fazer... –Fui lhe explicando passo a passo, enquanto o mesmo fazia.

-Obrigado, de verdade. Tu salvaste minha vida, sério. –Foi guardando seus materiais e deitou-se ao meu lado. –O que acha de namorarmos um pouco, um? –Sorri em resposta.

Não sei por quanto tempo ficamos ali, só fui embora quando a ruiva ligou, avisando que estava tarde e que eu já tinha perdido o jantar.

Nessas horas ele me fez bem. Fez-me esquecer da dor que eu estava sentindo e a saudade do Gui. Ele cuidou de 1/3 das minhas feridas e demonstrou que aquele Léo que eu conheci ainda estava ali.

Naquele quarto éramos só nós dois. Sem problemas e gente esnobe.

E sabe, eu estava precisando disso. De um pouco de carinho e cuidado. Só cuidar dos outros não é o suficiente.

Quando cheguei, Jami já dormia. Tomei meu banho calmamente, enquanto as lembranças rondavam por minha cabeça. E ao deitar, minha felicidade chegou ao nível máximo daquela noite.

Léo <3: Boa noite minha linda. Espero-te amanhã no refeitório as 07:00. Beijos.

O sorriso não coube em meu rosto e por um momento me senti naqueles filmes clichês.

Eu: Boa Noite Leco, Durma com Deus. Pode deixar que chegarei no horário. Saudades, beijos.

Guardei o celular em baixo do travesseiro e dormi sentindo uma paz que não sentia há muito tempo.

No dia seguinte acordei mais cedo que o normal. Banhei-me e acordei a ruiva para que não se atrasasse.

Ao terminar de me arrumar, fui em direção ao local marcado e as 07:00 em ponto estava ele lá. Parecia que tinha acordado mais lindo do que o normal.

Saiu da sua rodinha de amigos e veio até mim, dando-me um beijo de tirar o folego.

-Bom dia morena. –Deu-me seu sorriso mais lindo.

-Bom dia Leco. –Sorri para o mesmo ao vê-lo corar com o apelido.

-Por que Leco?

-É diferente do que todos o chamam. –Dei-lhe a mão e fomos até a porta. –Não entrou ainda?

-Não, estava esperando você.

Ao entrar, tive uma surpresa.

Cartazes espalhados com fotos minhas e legendas horríveis. Minha felicidade se esvaiu em um instante. E o grito do Leco foi ouvido:

-QUEM FOI O FILHO DA PUTA QUE FEZ ISSO? –Podia ver sua veia da testa pulsar e suas mãos automaticamente se fecharam em punho.

O silêncio reinou e ninguém se atreveu a se manifestar.

-Vou perguntar a última vez. Quem fez essa porra? –Perguntou pausadamente. Em nenhum momento soltou minha mão.

-O mano, foi “nóis” aqui. –Um garoto loiro se levantou e em seguida, o grupo que o segue se levantou também.

-Seus filhos da puta, vocês tem 10 minutos pra limpar tudo isso. 07:15 estou voltando e ai de vocês se eu achar algum papelzinho.

Dito isso começaram a retirar, enquanto ele me arrastava para o jardim de trás do mesmo.

-Me desculpa por isso. –Sentou-se passando as mãos pelos cabelos, demonstrando sua raiva.

Joguei minhas pernas uma para cada lado de seu corpo, sentando-me em seu colo, abraçando-o.

-Não se preocupe tá tudo bem. –Senti-o me apertar. –Obrigada por me defender. –Sussurrei em seu ouvido e selei seus lábios.

-Você já me faz tão feliz...

 


Notas Finais


Owwn gente, o Léo fofinho se manifestou, xonei aqui haha
E ai? O que acharam? Quero textões hein
Novidade para vocês: Segunda e terceira temporada em andamento, mas para ser postada preciso muuuito ver vocês por aqui. Compartilhem com amigos, avós, cachorros.
Vamos aumentar nossa família e levar essa relação conturbada para outras pessoas.
Conto com a ajuda de vocês hein.
E um spoiler para os amantes da Jami: A terceira temporada é todinha dela.
Espero que tenham gostado.
Beijooooooos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...