História Apenas uma carta...-Dramione - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Pansy Parkinson, Ronald Weasley
Tags Dramione
Visualizações 166
Palavras 424
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


☆Lumos.

Hello pessoas!(Pela quarta vez hoje)
Haha aproveitem...

Capítulo 4 - Interrupção!


-Ronald Billus Weasley aceita Hermione Jean Granger como sua futura esposa, prometendo assim respeita-la, ama-la, apoia-la, na alegria e a tristeza, na riqueza e na pobreza até que a morte os separe?

-Aceito!

Ta legal era agora o padre perguntaria a Hermione e eu entraria.(Sim estavamos eu Blásio e Pansy escutando tudo do lado de fota da igreja). 

-Hermione Jean Granger aceita Ronald Billus Weasley  como seu fututo marido, prometemdo assim respeita-lo, ama-lo, apoia-lo até que a morte os separe?

-Si-Sim.-Responde Hermione meio relutante a tudo isso.

-Então se alguém tem algo contra a união desse casal, fale agora ou cale-se para sempre.-Diz o padre.

Blás empurra a porta e eu entro, todos olham pra mim, Hermione arregala os olhos.

-Eu tenho algo contra.-Falo.

-Oque meu caro?-Me pergunta o padre.

-Simple! Eu amo a noiva.-Falo e olho pra Hermione que tem um brilho nós olhos.-Eu amo cada pedacinho dessa sabe-tudo, eu amo o jeito dela, eu amo a coragem dela, eu amo a beleza dela. Enfim eu amo tudo nela.

-Mas alguém tem algo contra?-Pergunta o padre.

-Eu!-Diz Blás e Pansy também entrando na igreja.

-Oque?

-Eu apoio a uniao do Draco com a Hermione, já que ela ama ele mesmo.-Diz Pansy.

-OQUE? Não impossivel Hermione ME ama!-Grita o Pobretão indignado, olhando para Hermione.-VOCÊ ME AMA NÉ HERMIONE?-Hermione fez silêncio.-Já entendi tudo. Se você realmente gosta dele vá lá casasse com ele. 

-Vamos Draco quero um pedido formal.-Dis Blás sorrindo.

Me aproximo de Hermione e seguro sua mão.

-Eu sei que em todos esses anos que nós conhecemos, eu nunca te tratei da maneira que você merecia ser tratada, mas isso era por receio, receio de não ser correspondido, receio de me envolver com alguém e me apaixonar, porque pra mim se apaixonar era coisa de bocós. Mas hoje eu vejo que não, vejo que se apaixonar é a melhor coisa do mundo, tem seus altos e baixos, mas quando tudo se resolve você fica tão feliz, que pôde até explodir de felicidade.-Me ajoelhei em sua frente e vi que ela estava chorando.-Te amo muito e por isso estou te fazendo esse pedido: Você Hermione Granger aceita sair dessa igreja e casar-se comigo?

-E depois daquela carta você ainda pergunta? Mas é claro que eu aceito Draco Malfoy.-Ela diz, levanto e a beijo.

Um beijo calmo, com luxúria, quando o ar se faz necessário quebro o beijo e a olho ela sorri, e ouvimos palmas. Olho ao redor e todos estão aplaudindo até mesmo o Potter,  olho pro Weasley e ele está vermelho de raiva, o ignoro e puxo Hermione para fora da igreja. Olho pra ela e sorrio então aparato.


Notas Finais


Bom? Mal?
Bjos!
♡Nox


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...