História Apenas Uma Chance (Suga - BTS, imagine) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Girl's Day, HyunA
Visualizações 304
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Fanfic nova! Deem amor para minha fic, fiz de coração!

S/N = seu nome.

Capítulo 1 - Prólogo.


01/01/2010

  Hoje no primeiro dia de aula, o colégio é rodeado de alunos novos ou até mesmo alunos dos anos anteriores. S/N fica sozinha debaixo de uma árvore imensa naquele jardim, aquele lugar era perfeito para ela, não tinha ninguém, mas algo mudou Yoongi um garoto novo chegou naquele colégio e a viu sentada, o garoto um pouco tímido se aproximou da garota.

  _... Oi – ele fala e S/N o olha.

  _Oi – ela sorri gentilmente.

  _Meu nome é Min Yoongi, estou meio perdido, poderia me mostrar o colégio? – ele pergunta corando um pouco, e a garota assente com a cabeça.

  E foi ai que uma linda historia de amor, que não duraria para sempre, Yoongi começou a se envolver com um grupo de seis meninos chamado Bangtan Boys – BTS – eles obrigavam o Yoongi a tratar mal a pobre da S/N, então ele a xingava todos os dias, a humilhava. Ele chegava em casa chorando, ele a amava, como pode fazer isso com ela, ele se odiava por fazer isso.

  Ele foi à casa da árvore, aonde iam todos os dias depois da aula, ela estava lá, mas quando o viu, saiu correndo, ela tinha medo dele fazer alguma coisa com ela, enquanto corria lagrimas caiam de seus olhos, ela só queria o amigo de volta, por que ela também o ama. Yoongi volta para sua casa, tristonho, ele queria mesmo pedir desculpas para a garota, mas a mesma tinha medo dele, Yoongi se sentia um monstro por fazê-la passar por isso.

  06/06/2010

  Seis meses se passaram, e Yoongi nunca mais voltou a falar com S/N, até aquele dia, ele estava com seus amigos, todos ali estavam se divertindo, menos Yoongi, ele tinha um pressentimento ruim, e só se passava em sua cabeça o nome de S/N. Na casa de S/N estava tudo péssimo, mês passado sua mãe morreu atropelada, e depois daquele dia seu pai começou a espancar a pobre da menina, mas hoje foi diferente, ele não queria apenas agredi-la, ele queria sexo, ele iria abusar da menina, ele a tocou, S/N sentia nojo dela mesma, depois de muito esforço antes de seu pai abusá-la, ela pega um vaso e rapidamente joga sobre a cabeça daquele monstro e sai correndo.

  S/N entra em um bar e logo nota a presença do Yoongi e vai até ele.

  _Yoongi! Ajuda-me!

  _O que você quer garota? Deixa-me em paz! – Yoongi grita.

  _Não fala assim Suga! – ela fala o apelido dele e todos riam.

  _Não me chama assim!

  _Você precisa me ajudar, meu pai, ele...

  _Não quero saber!

  _ELE QUASE ME ABUSOU! E EU NÃO TENHO PRA ONDE IR! – S/N grita.

  _Eu não quero saber – Yoongi estava preocupado com ela, mas se ele fizesse tal coisa para ajudá-la seus amigos iriam o abandonar.

  Ela pega no braço do Yoongi e por impulso ele se solta rapidamente, fazendo que S/N caia no chão por causa do impacto. E lá estavam todos rindo dela, e Yoongi... Bom, ele tinha seus olhos cheios de lagrimas.

  S/N sai correndo daquele bar e vai direto a antiga casa, aonde Yoongi e ela ia. Chegando lá, ela tira uma gilete de dentro de sua bolsa e se corta, corta tão profundo até chegar sua veia, ela tava fraca, sangue escorria em seus braços, pingando no chão, ela sabia que aquele era seu fim.

  _Obrigada por ser meu único amigo Min Yoongi – falando isso, S/N morre.

  Yoongi corria pra todos os cantos procurando S/N, até ele se lembrar da casa abandonada, ele foi pra lá correndo, mas não gostou do que viu, um rio de sangue tinha no chão daquela casa, e deitada naquele rio, estava S/N, morta.

  No dia do enterro dela, ele foi o único que foi até lá, ela não tinha ninguém, só ele, mas ele a abandonou, e depois daquele dia, ele se culpa, ele se tortura, ele não é mais feliz, por que ele acha que tudo aquilo foi por culpa dele, ele se perguntava, “E se eu pudesse voltar atrás?”. 


Notas Finais


Desculpa pelos erros, e obrigada por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...