História Apenas uma ex nerd {No sobrenatural} - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Tags Bangtan Boys, Imagine Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Suga, Tae, Você
Exibições 42
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Apenas uma ex nerd {No sobrenatural} - Capítulo 1 - Prólogo

Prólogo


Aeroporto de Seul - 06:00 am 


POV's _______S/n 


Assim que ouso a aero-moça falando para levantar-mos e sair-mos de nossos acentos , me levanto e saio do avião pondo meus pés pela segunda vez na Coreia do sul em Seul , Sim , segunda vez , em três longos anos , não vou dizer que não senti saudades, muito pelo contrário, senti falta de tudo , até mesmo das comidas apimentadas que eu não estava acostumada a comer 

Com isso ri , pensamentos como esse que me fizeram voltar para cá , além de ser um país avançado , assim como alguns outros que prefiro não citar aqui , não têem uma mente muita aberta .

Peguei minhas malas e fiquei a espera de um táxi , assim que um parou a minha frente , coloquei minhas malas em seu devido lugar -- O porta malas -- , entrei no veículo e falei ao motorista meu endereço

Assim que chegamos ao meu destino agradeci e o paguei , peguei minhas malas e fiquei à frente ao pequeno jardim da minha nova casa , abri a porta da cerca branca que me parecia ter sido pintada recentemente , o que fez com que eu solta-se um pequeno sorriso . 

Pelo que me disseram , os antigos donos eram um casal de jovens casados recentemente , a mulher acabou engravidando e eles quiseram vender a casa para poder ter mais espaço para o novo membro da família , e com ajuda de uma amiga próxima consegui comprar a casa passando por toda aquela papelada .

Pensar nisso até me deu um calafrio , papéis e mais papéis não sirvo muito bem para isso , passei pelo mini portão vendo de cara o jardim , me parece muito bem cuidado , fiz bem em chamar alguém para que cuida-se daqui enquanto eu não chega-se .

Peguei as chaves da casa , coloquei as malas no chão e abri a porta , coloquei minhas malas pra dentro e Fechei a porta , apressei meus passos e subi as escadas que davam acesso ao corredor da casa , onde ficam os quartos , o banheiro e um escritório antigo que tem na casa faz anos .

Na segunda porta a direita é o meu quarto , abri a porta jogando as malas literalmente na cama , estava exausta , afinal ...quem não ficaria depois de horas dentro de um avião ? , Abri uma de minhas malas e peguei uma muda de roupa e pondo na cama , o bom é que meus pertences ja estão em seus devidos lugares , o que faltava era só decorar o quarto do meu jeito/estilo e ele ficará melhor que agora .

Peguei uma toalha e pendurei na maçaneta do banheiro tranquei a porta e fui me despindo , sei que só tem eu nessa casa mas nunca se sabe né , me despindo e liguei o chuveiro , entrei no box e deixei todo aquele estresse do dia-a-dia ir pro ralo .

Sai do box , enrolando meu corpo na toalha e saindo do banheiro , me sentei na cama e passei um creme no meu corpo , assim que terminei , me levantei e deixei que a toalha deliza-se pelo meu corpo , coloquei minhas peças íntimas e uma roupa confortável e simples , peguei as malas que estavam na minha cama e coloquei as mesmas no guarda-roupas , amanhã o arrumaria , senti um vento batendo contra meu rosto e olhei a janela , na janela da casa vizinha avia um garoto me olhando , assim que pisquei ele não estava mas la 

- Estranho ...- comentei 

Sai do meu quarto e fiquei na sala assistindo na Netflix , sou amante de séries desde que me conheço por gente , no meio de uma cena de ação super massa a campainha toca , com muita má vontade fui até a porta e a abri .

Olhei para os dois lados e não vi ninguém e a rua estava vazia , pois já estava tarde e os vizinhos costumam sair aos domingos, olhei para baixo e vi uma carta e ao lado dela uma rosa vermelha sangue , na carta estava escrito o seguinte : 

" Bem vinda ao nosso bairro e Tome cuidado na próxima , deixar suas janelas abertas pode ser um tanto...perigoso

Obs : Você fica linda nessas roupas"

Corei violentamente , eu realmente tenho de tomar cuidado , Fechei a porta , deixei a carta na mesa e coloquei a rosa num jarro em cima da mesa e subi pro quarto descansar para acordar amanhã 


Notas Finais


Espero que tenham gostado de como ela foi Reescrita :33

~bjs da potato


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...