História Apenas uma Fã - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, One Direction
Personagens Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Cantor, Casamento, Família, Filhos, Harry Styles, Musica, Sexo
Exibições 472
Palavras 1.250
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


boa leitura :)

Capítulo 10 - Dez


Fanfic / Fanfiction Apenas uma Fã - Capítulo 10 - Dez

P.o.v's Harry Styles

As ruas de Londres estavam molhadas, o que dificultava o desempenho do meu carro, e eu também não poderia correr muito. Emanuele estava com a cabeça encostada na janela, e com os olhos fechados, mas mesmo assim mantinha um sorriso em seus pequenos lábios avermelhados, e quase sem batom. Em meus lábios tinha um enorme sorriso, só de pensar que eu tive aquela menina, frágil e indefesa em meus braços, era algo alucinante. Eu estava chegando perto da minha ''casa'' que seria a onde Emanuele passaria o dia, pois a chuva estava ficando forte demais, e a casa da mãe dele é muito mais longe. Eu entrei na garagem, e estacionei o carro, e pude perceber que a menina dormia tranquilamente com a cabeça encostada no vidro da janela. Eu sai do carro, e dei a volta, abrindo a porta onde a menina estava, e pegando-a no colo. Emanuele não era tão leve, mas não era extremamente pesada. Ela se aconchegou em meus braços, e deu um sorriso.

-Não precisava me carregar.-disse ela baixinho, e ainda com os olhos fechados.

Eu abri a porta, e fechei a mesma com as costas, e encostei na mesma.

-Me fez te carregar de até aqui, você não é leve não mocinha.-disse e pus ela no chão.

Ela me encarou, e sorriu. Eu vi ela ficar na pontinha dos pés, e logo em seguida selar nossos lábios. Eu não pude deixar de sorri. As mãos dela foram para os meus cachinhos, enquanto as minhas estavam na cintura dela. Ela parou com o beijo, e deu um sorriso. Eu não pude deixar de sorri, e abracei a menina, que ainda sorria igual criança.

-E melhor você tomar um banho, e trocar essa roupa molhada, se não vai pegar um resfriado, e depois ligar para sua mãe, avisando que você está na minha casa, tudo bem?-perguntei e ela assentiu.-Agora vamos subir, para eu pegar alguma roupa quente e limpa para você.-eu comecei a subir as escadas, e olhei para trás, vendo a menina no mesmo lugar.-Vem Manu.

Ela retirou os saltos, e colocou ao lado da escada, e subiu as mesmas. Assim que nós chegamos na porta do meu quarto, eu pude ver ela pegar o celular, e discar o número para alguém. Ela se distanciou, indo para uma das janelas do andar. Eu entrei no meu quarto, e fui para o roupeiro. Peguei uma cueca nova, e uma blusa de mangas compridas, que ficaria igual a um vestido na menina. Ela caminhou, e parou na porta. Os cabelos que estava cacheados e molhados, agora estavam presos. Eu entreguei a roupa para ela, que sorriu.

-Onde eu posso tomar banho?-perguntou me encarando.

Eu dei um sorriso, e apontei para a porta no meu quarto.

-Eu não vou tomar banho no seu banheiro particular. Qual das portas e o banheiro principal?-perguntou ela, e eu a encarei.-Não adianta, não vou usar o seu banheiro particular. Anda Harry, me diz logo, por favor.-ela fez bico. Eu dei um sorriso, e a levei até o banheiro.-Obrigado.-disse ela,  fechou a porta.

Eu voltei para o meu quarto, onde peguei uma cueca, e um calção. Caminhei até o banheiro, onde me olhei no espelho, um sorriso enorme estava no mesmo, era inevitável não sorri. Eu retirei as minhas roupas molhadas, e coloquei em um canto. Eu abir o chuveiro, e deixei a água morna escorrer sobre meu corpo. As imagens daquele beijo na chuva, que estava mais parecendo cena de filme. Emanuele poderia ser muito quieta, mas quando que, pode mostrar as asinhas. Eu sai do box, e me vesti. Assim que eu cheguei no corrimão da escada, vi Emanuele sentada no sofá, olhando alguma coisa na televisão, ou pelo menos tentando, pois a menina já estava apagada.

P.o.v's Emanuele Riachuelo

Eu acordei com um peso sobre a minha barriga, eu abri os meus olhos, tentando reconhecer o local. Aí eu me lembrei que não estava em casa, e sim na casa do Harry, e logo em seguida toda a noite passada em veio em minha mente. E a melhor de todas, foi o beijo que eu e Harry demos, embaixo da chuva. Um sorriso apareceu em meu rosto. Eu olhei para minha barriga, e vi Harry deitado ali, e imediatamente, as minhas mãos foram para o cabelo dele. A mão de Harry foi de encontro com a minha, e ele levantou a cabeça, e me encarou sorrindo.

-Já acordou coisa linda?! Ainda tá cedo.-disse ele sorrindo.

Eu devolvi o sorriso, e continuei com as caricias no cabelo dele.

-Porque tinha um ser um pouco pesadinho sobre a minha barriga, então fica um pouco difícil dormir.-disse e ele riu, ele ia se sentar, mas eu o puxei, fazendo ele se deitar sobre a minha barriga novamente.-Mas fica, tá tão bom.

Ele sorriu, e passou um dos braços por cima da minha barriga. Tinha um tempinho que nós estávamos deitado na cama, e eu pude sentir a respiração dele leve, e então deduzi que ele tinha dormido. Eu estava sendo tomada pelo sono também, mas eu decidi me levantar. Eu coloquei Harry no travesseiro, cuidadosamente. Eu peguei meu Iphone, e fui ver se algo de novo, nada. Nenhuma ligação da minha mãe, e muito menos mensagem. Isso me deixou um pouco triste, mas eu supero. Eu sai do quarto, e desci as escadas. Caminhei para cozinha, onde peguei um copo de água e fui para sala, onde me sentei no sofá, e liguei a televisão. Estava passando uma reportagem sobre o evento de ontem.

-Ontem aconteceu um dos maiores eventos de música de Londres, e diversos músicos estavam lá, até mesmo grupos musicais que já se separam, como o One Direciton. Mas uma das coisas mais impressionantes é que todos os cinco rapazes estavam acompanhados. É o que mais chamou atenção foi Harry Styles e sua acompanhante, Emanuele Vasconselos Riachuelo. Uma brasileira, filha de um empresário rico, que foi executado a poucas semanas. Mas o que mais estava impressionando, era a intimidade do ''casal''. Harry parecia muito a vontade com a jovem brasileira, que consequentemente é a mais nova de irmã de Liam Payne, a mãe da jovem é casada com Charles Payne, e ambos são um dos maiores empresários de Londres. Será eles dois, um casal? Será que a jovem brasileira é a mais nova paixão do cantor, e agora ator? Isso, só esperando para ver.-é assim o noticiário acabou.

-Até reportagem sobre nós já tem?!-disse Harry descendo as escadas.-Olha, eu achei que você tinha ido embora, acordei e não te vi, achei que tivesse me abandonado.-disse ele se jogando ao meu lado.

-Não tem como eu voltar para casa, primeiro, eu não sei se alguém poderia vir me buscar, então de um jeito ou de outro, eu teria que te esperar para me levar.-disse terminando de beber a minha água.-Mas eu quero ir pra casa, pode me levar?

Ele me encarou e fez bico.

-Que mesmo ir para casa?-perguntou ele, eu apenas assenti.-Mas ainda tá cedo Manu.-disse ele, que pegou o telefone, e viu as horas.

-Que horas Edward?-perguntei, e ele me encarou com cara feia.-Vamos logo Hazz, que horas?

-Um e vinte e sete.-disse ele coçando a cabeça.

-Viu, tá tarde já, eu tenho que ir pra casa Harry, me leva.-disse e ele me encarou.-Por favor.

-Vamos almoçar, depois eu te levo.-disse ele, e eu neguei.-Vamos Manu, a gente almoça, e eu te levo.

Eu apenas assenti, mas eu não vou almoçar, não estou com fome.

Continua...

 


Notas Finais


😃💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...