História Apenas uma Fã - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, One Direction
Personagens Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Cantor, Casamento, Família, Filhos, Harry Styles, Musica, Sexo
Exibições 448
Palavras 550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


boa leitura :)

Capítulo 12 - Capítulo XII


Fanfic / Fanfiction Apenas uma Fã - Capítulo 12 - Capítulo XII

Ela me encarou, e depois me acompanhou na risada. Eu estendi a mão para Emanuele, que pegou a mesma. Começamos a andar pela areia da praia. Emanuele tinha um sorriso em seu rosto, e eu a acompanhei ela no sorriso. De longe dava para ver as velas que estavam acesas, que eram castiçais. Os olhinhos da Emanuele estavam brilhando, e a mesma virou o rosto para mim, com um enorme sorriso. Ela apresou o passo, e saiu me arrastando pela areia. Estávamos quase correndo pela areia. E assim que ela viu a mesa, parou de correr, e me encarou.

-O que é aquilo?-perguntou apontando para mesa.

Eu dei um sorriso, e beijei a testa dela.

-O que você acha?-perguntei a encarando, e o sorriso dela aumentou ainda mais. Continuamos andando até a mesa. Assim que chegamos na mesa, ela soltou a minha mão, e se sentou, e logo eu fiz o mesmo. Emanuele me encarava sorrindo, e com os olhos brilhando. Era um sorriso sincero, e que me deixou feliz. Pois eu sei que era um dos verdadeiros que ela estava dando nesse ano.-O que achou? Gostou?

Ela sorriu, e colocou a mão em cima da minha.

-É claro que eu gostei. Tudo tá perfeito Harry, não consigo imaginar o trabalho que isso tudo deu.-disse ela sorrindo. Eu nunca me cansaria de vê o sorriso dessa menina. Eu estava realmente determinado a pedi-lá em namoro, independente da resposta dela.-Mas o que fez você me chamar aqui Harry Edward Styles?

Eu respirei fundo, e olhei nos olhos castanhos de Emanuele.

-Eu queria lhe fazer um pedido, posso?-perguntei e ela assentiu. Eu retirei uma caixinha do bolso da minha calça, que fez os olhos de Emanuele brilharem mais, e encherem de água. Eu me levantei, dando a volta na mesa, parando na frente da ruiva.-Emanuele Vasconselos Riachuelo, a senhorita aceita namorar comigo?-perguntei sorrindo.

A menina continuo me olhando, mas a sua expressão era um pouco seria.

-O que foi?-perguntei encarando a menina, que olhava para o mar.

-Que mesmo namorar comigo Harry? Tem certeza do que você acabou de pedir?-perguntou ela, que não me olhava, para não chorar. Será que ela tá achando que isso é brincadeira? Eu peguei a mão da menina, e fiz ela me olhar.-Tem certeza?

-É claro que eu tenho, eu não iria brincar com os seus sentimentos assim Emanuele. Desde da primeira conversa que eu tive com você, eu sabia que não era só uma conversa, eu sabia que dali ia sair alguma coisa boa, e saiu, e agora, eu queria ter você, perto de mim, mas se não aceitar o meu pedido, tudo bem, eu entendo.-disse olhando nos olhos da menina, que estavam cheios de lágrimas. Ela me deu um sorriso, e balançou a cabeça freneticamente, aceitando o meu pedido.-Agora sou eu qume pergunta, tem certeza disso Emanuele?

Ela deu uma risada, o que me fez ri também.

-É, eu tenho certeza. Eu quero.-disse ela, e eu entreguei um dos anéis para ela, que sorriu, e me encarou.-Posso?-perguntou pegando na minha mão, apenas balancei a cabeça afirmando. Emanuele me deu um sorriso, e colocou o anel no meu dedo. Eu retribui o gesto com a menina.

-Agora eu quero que os quatro ventos sabiam, que eu estou com você, e que você está comigo.-disse sorrindo.

Continua...


Notas Finais


Capítulo meloso demais, eu sei, mas temos algumas tretas vindo por aí estão mais perto do vocês imaginam. 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...