História Apenas uma Fã - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, One Direction
Personagens Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Cantor, Casamento, Família, Filhos, Harry Styles, Musica, Sexo
Exibições 409
Palavras 1.055
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


boa leitura :)

Capítulo 15 - Capítulo XV


Fanfic / Fanfiction Apenas uma Fã - Capítulo 15 - Capítulo XV

P.o.v's Harry Styles

~ Eu estava chorando, como é bom ouvi a voz dessa menina. Ela estava chorando, e tossindo muito. Onde será que essa menina tá? A essa altura, Zayn e Louis estavam ao meu lado, esperando as respostas para tantas perguntas feitas em minha mente.~

*- Meu bem, onde você está?*

*- Eu não sei Harry, eu não conheço todos os lugares de Londres.-o desespero era presente em sua voz.- Eu sei que eu tô em uma estrada, e o local onde eu estava tá pegando fogo. Harry, me ajuda, por favor, eu tô com medo, com sono, e com saudades de você.-disse ela, e meu coração se apertou no peito.- Me ajuda.*

*- Calma meu bem, eu vou comunicar a policia, e vamos atrás de você, então fica no mesmo lugar, eu to indo te buscar.-disse e desliguei.*

Eu estava radiante, meu sorriso estava enorme, mas logo me lembrei que estava anoitecendo, e que ficaria difícil encontrar a Emanuele, e pra ajudar, começou a chover. Eu expliquei toda a história para os meninos, que falaram que seria melhor irmos atrás dela amanhã, mas não, eu não vou. Eu falei com a minha mãe, e a mesma disse que a policia, e os bombeiros estavam indo atender uma chamada de incêndio para redondezas.

P.o.v's Emanuele Riachuelo

A minha bateria estava acabando e a noite estava escurecendo mais, e pra ajudar, estava chovendo e trovejando. Eu não gosto de trovões. Eu estava andando pela estrada, sei que não deveria, mas eu não ia ficar naquele local sozinha. Eu me sentei no meio fio da estrada. Eu escutei o barulho de sirenes,  e logo eu me levantei, carros de bombeiros e de policia, e logo em seguida outros carros apareceram. Eu me levantei, e encarei os carros, que foram parando.

- EMANUELE.-gritaram de dentro de uns dos carros, deveriam estar me procurando.

Eu me coloquei no meio da estrada, e gritei de volta.

- AQUI.-a água estava deixando a pista escorregadia, o que fazia os carros andarem devagar. A minha mãe colocou a cabeça para fora do carro, que ela estava dirigindo, e gritou um, '' PAREM, ELA TÁ ALI NA FRENTE.'' E assim os carros fizeram. A minha mãe saiu correndo na chuva, e logo me abraçou.

- Meu amor, como eu estava preocupada.-disse ela, mas eu sabia que não era verdade.

- Onde está Harry?-perguntei me soltando dela. Eu não sou insensível, ou algo do tipo, e só que eu sei que ela não tá dizendo a verdade, pois ela ao menos estava com os olhos inchados e vermelhos. Ela me encarou incrédula, mas eu não liguei. Assim que os meus olhos encontraram os verdes dele, eu corri em sua direção, me jogando em seus braços.- Harry como eu senti sua falta.

O menino me apertou, como se fosse a primeira que estava me vendo. Eu pude sentir as lágrimas dele nas minhas costas, e comigo não foi diferente. As minhas pernas estavam envolvendo a cintura do menino. Eu estava me sentindo protegida, eu estava me sentindo completa, eu estava me sentindo bem.

- Menina, nunca mais sai de perto de mim, eu sou muito novo para morrer de paixão ou saudades.-diss ele o que me fez sorrir.- Emanuele tava querendo me matar menina? Eu estava enlouquecendo dentro daquela casa.-disse ele afastando o seu corpo do meu.

- Eu não queria ter dado trabalho para ninguém, mas, aí eu não quero falar disso.-disse voltando a abraça-ló.- Eu só quero ir embora.-disse e ele assentiu.- Harry?-o chamei, e ele me encarou.- Dorme comigo hoje?

Ele me soltou, e me encarou, e deu um sorriso. Eu dei um tapa nele, e escondi o meu rosto em seu peito.

- É só pra dormir menino, deixa de pensar merda menino, e só pra dormir.-disse e ele riu. Os outros meninos se aproximaram, e me abraçaram. Eu estava feliz por ter voltado para casa, mas ainda um pouco abalada e assustada com as cenas de mais cedo.

(...)

Eu estava tomando um banho quente, para lavar a alma. Eu não queria, nunca mais, lembrar das cenas de mais, mas as mesmas faziam questão de sempre voltarem para minha mente, mas a minha mente não estava ajudando. A cada vez que eu fechava os olhos, a imagem daqueles dois seres mortos na minha frente, me deixa mal. Eu sai do banheiro com uma toalha na cabeça, e vestida com uma calça de moletom preta, e uma blusa de mangas compridas preta do NIRVANA. Eu entrei no quarto, e vi que Harry estava deitado na minha cama, mexendo no celular. Eu retirei a toalha da cabeça, e me sentei na penteadeira, onde passei creme no meu cabelo, e penteei, desembaraçando todo a porra que estava embolada.

*~ Olhem só, Harry Styles desencalhou, não tô mais na pista. É olha só, desta vez, e uma ruiva. Já namorei morenas, e loiras, agora parti para as ruivas, e essa ruiva, nada contra as outras, mas a minha ruiva e muito linda.-ele estava gravando snap, e estava atrás de mim apertando as minhas bochechas.- Fala com eles princesa.-eu disse um breve ''OI''.- Bem gente, me despedindo de vocês, pois vou mimi com a minha princesa.~*

Eu terminei de pentear meus cabelos e me levantei e fui para cama. Harry estava debaixo das cobertas, e estava todo encolhido. A chuva lá fora estava forte, junto dos trovões, e raios. Eu me deitei ao lado de Harry, e pus a minha cabeça sobre seu peito. As mãos dele foram para os meus cabelos, onde ele começou a fazer carinho, eu sorri, e o apertei.

- Harry?

- Oi.

- Me promete uma coisa?

- Qualquer coisa meu amor.

- Promete que sempre vai ficar comigo, e que não vai desistir de mim na primeira briga, e quem sempre, sempre vai me proteger?

Ele suspirou, e me apertou.

- É claro que eu não vu desistir de você, eu não vou desistir da gente na primeira briga. Eu quero ter você por perto, pra sempre.-ele apertou a ponta do meu nariz.

Pra sempre e muito tempo Harry.

- Mas agora eu só quero uma coisa.

- O que?

- Me abraça, e dorme comigo, por favor.

Eu não precisei dizer duas vezes. Harry levou as suas mãos para os meus cabelos, e assim, dormi.

Continua...


Notas Finais


😊💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...