História Apenas uma Fã - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, One Direction
Personagens Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Cantor, Casamento, Família, Filhos, Harry Styles, Musica, Sexo
Exibições 548
Palavras 998
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


boa leitura :)

Capítulo 7 - Sete


Fanfic / Fanfiction Apenas uma Fã - Capítulo 7 - Sete

Eu o encarei sorrindo, em busca de uma desculpa. Liam estava ficando impaciente, eu podia ver em seu olhar. Eu me levantei, e entrei novamente no quarto, e fui seguida por Liam. Eu me sentei na cama, e dei um sorriso, e foi neste momento que encontrei uma desculpa para ele.

-Então Emanuele, não respondeu a minha pergunta.-disse se sentando ao meu lado.-Por que seus pulsos estão sangrando?

-Me chame somente de Manu.-disse ainda sorrindo.-Eu me machuquei no banho, nada demais, e o curativo não deve ter ficado no lugar certo, só isso.-disse me levantando.-Chega de falar de mim, vamos falar você, como anda a vida amorosa?

Ele me olhou, e sorriu. Fui muito direta?

-Nossa, sem rodeios em.-ele se deitou na cama.-A, to saindo com uma menina, legal até. Lia, morena dos olhos azuis, tipo o Louis entendeu?-perguntou ele, e eu ri, pensando em como a menina era bonitinha.-Enfim, foi você quem chegou, então me conte você sobre a sua vidinha amorosa.-disse ele.

Eu e sentei na cama, ficando de frente para ele. Que vida amorosa?

-A, eu nunca tive um namorado.-disse abaixando a cabeça.-Aliás, quem vai querer namorar uma menina que não tem a vida emocional estabilizada, quem nunca teve ninguém por perto para lhe aconselhar, assim, como a mãe ou o pai.-disse é ele me encarou.

Ele se sentou, e me encarou.

-Você é virgem?-perguntou ele, e eu pude sentir as minhas bochechas arderem.-Claro, responda apenas se sentir a vontade, não estou te pressionando a nada. Mas quero que saiba, que agora não está sozinha, sempre estarei aqui com você, igual a Harry.-ele deu um sorriso de canto de boca.

Harry? O que Harry tem a ver com está história?

-Hã? O que Harry tem haver com está história? Pode me explicar, por favor?-ele me encarou, e depois se sentou na cama, e encarou o chão, como se tivesse falado demais.-Liam?-o chamei.

-A, Harry, ele sempre vai estar com você, só isso.-disse ele se levantando.-Manu, levante cedo amanhã, quero te levar para conhecer Londres, tudo bem?-perguntou ele e eu assenti.-Sete horas que a senhora arrumada.

(...)

Eu acordei com o sol adentrando o ambiente. Eu abri meus olhos, tentando me acostumar com a claridade. Eu peguei meu celular, e olhei as mensagens, tinha mensagens de Harry, que respondi. Eu olhei para os meus pulsos, os mesmo não estavam mais sangrando. Eu me levantei, e caminhei até o roupeiro, ondei peguei peças íntimas, e uma peça de roupa,[1]. Eu caminhei até o banheiro, onde tomei um banho, e fiz todas as minhas higienes. Eu me vesti, e prendi o meu cabelo em um coque frouxo. Peguei meu celular, e sai do quarto. Cheguei na cozinha, vi apenas Liam tomando café.

-Bom dia Liam.-disse me sentando ao seu lado.-Cadê seu pai e minha mãe?-perguntei pondo café na minha xícara.

-Bom dia Manu.-ele pegou um pão de queijo.-Eles foram para empresa, se esqueceu que eles tem uma empresa para gerenciar?

Eu havia me esquecido disso. Eu assenti com a cabeça, e peguei um pão de queijo. O café foi em silencio, Liam sempre foi  reservado, e eu, quando estou perto de pessoas, que não tenho muita intimidade, eu fico quieta. Eu estava observando toda a casa, que realmente lembrava a minha casa antiga. Nós dois escutamos o barulho da campainha. Uma senhora de cabelos grisalhos caminhou até a porta, que logo foi aberta, revelando Louis e Harry. Eles deram um sorriso, e entram na casa. Louis venho em direção a mesa, e se sentou ao meu lado, e Harry a minha frente.

-Bom dia.-disse Louis pegando uma xícara.-Gente, o que iremos fazer hoje?

-Bom dia.-disse Liam.-Eu estava pensando em levar a Manu para conhecer Londres.

-Manu?-perguntou Louis.-Que intimidade hein.

Liam deu uma risada fraca, e pude ver Harry fechar a cara. Eu o encerei, e lhe lancei um sorriso.

-Olha aqui gente, para namorar, existe algo chamado quarto, tudo bem?!-disse Louis. Harry o encarou e revirou os olhos.-O que foi Styles, estou mentindo?

-Não está, mas já tá falando demais. Onde que levar Emanuele primeiro?-perguntou ele me encarando, sorrindo. Eu completamente estou nas nuvens.

-Sei lá, dando para sair de casa, e ela conhecer Londres, tá valendo.-disse Liam.-Onde você que ir primeiro Manu?-perguntou Liam. Será que ele esqueceu que eu não conheço nada aqui em Londres?

-Como você é tapado em Liam.-disse Louis.-A menina chegou ontem, não conhece nada aqui.-ele parou de falar, e encarou Harry.-Que tal London Eye?

Harry sorriu para Louis, e voltou a atenção para mim. 

-Que tal Manuzinha?-perguntou ele, e eu pude sentir as minhas bochechas arderem.-Vamos terminar esse café e ir logo, estou louco para tirar fotos em London Eye.

(...)

Eu estava ao lado de Harry, e ao lado de Louis. O local não estava muito movimentado, mas também não estava totalmente parado. Chegamos naquela ''roda gigante''. Liam estava perguntando se poderíamos andar, e como, para eles, por serem famosos, tudo é mais fácil. Entramos em um daquelas ''cubículos''. Louis e Liam se distanciarem de mim e Harry, ficando do outro lado. Me aproximei da ''janela'' e encarei a linda vista de Londres. Harry se aproximou, e ficou do meu lado.

-Linda.-disse ele.

-É a vista e muito linda mesmo.-disse voltando a atenção para ele, que deu uma risada.-Que foi?

-Você é muito bobinha, eu to dizendo que você é linda.-disse ele, e eu fiquei igual um pimentão.-Fica envergonhada não.

Eu o encarei, e dei um sorriso.

-Como não ficar?-ele começou a se aproximar de mim, eu já podia sentir a respiração dele sobre o meu rosto. As mãos deles foram ao encontro da minha cintura, e as minhas ao encontro dos seus cachinhos. Ele depositou um beijo no meu pescoço, e logo foi subindo para o meu rosto, dando um beijo no queixo, e logo em seguida nas duas bochechas. A boca dele estava a centímetros da minha.

-Vamos gente? A roda já chegou embaixo de novo.-disse Louis, e Harry deu um pulo, separando o seu corpo do meu. Droga!

Continua..


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...