História Apenas uma fangirl - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ailee, Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, TWICE
Personagens Ailee, Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Kai, Lay, Momo, Personagens Originais, Sehun, Suho, V, Xiumin, Yugyeom
Tags Bts, Exo, Got7, Twice
Exibições 23
Palavras 714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi outra vez 🍃
Me pediram para escrever mais um cap hoje... e-eu vou tentar, mas não sei se vai ser maior que o outro 😕
Me desculpem amores 😟
Boa leitura~

Capítulo 14 - Chapter fourteen



~POV MOMO~


- L-liberte-o Hoseok! - gritei com receio na voz, mas mesmo assim com autoridade.

- Ninguém fala assim comigo - ele estalou os dedos e senti alguém a agarrar o meu braço e a me amarrar a uma cadeira contra a minha vontade. Tentei me soltar mas tinham-me amarrado com muita força.

- Porque você fez isso Hoseok?! - perguntei enquanto chorava.

- Naquele dia em que Baekhyun me confrontou por causa do nosso passado, isso realmente me irritou, mesmo muito. Sabe essa casa? - acenei com a cabeça - era... a casa de meu pai.

- S-seu pai? - arregalei os olhos.

- Sim meu pai, tem problemas?! - ele tirou uma faca do bolso.

- Não...! - murmurei.

- Agora, vamo-nos divertir? - ele puxou o cabelo de Baekhyun para trás.

- N-Não e-eu não me quero d-divertir, eu s-só quero sair daqui... - Byun chorava e chorava, meu coração doía, e ao mesmo tempo queimava.

- Eu é que sei... - largou o seu cabelo e foi até uma mesa, onde se encontravam alguns papéis, uma arma e uma pasta. Ele abriu-a e tirou um chicote.

- Vamos brincar! - mostrou o chicote a Baek e o mesmo arregalou os olhos e tentou se soltar, mas não conseguiu.

Ele chicoteou Baekhyun inúmeras vezes, ele gritava e implorava para que ele parasse, mas Hoseok ignorou-o e continuou a torturá-lo.

Baek já estava desesperando e exausto. Hoseok parou de o torturar e olhou para mim, começou a caminhar na minha direção e agarrou em meu queixo, para eu o olhar nos olhos.

Tentou me beijar mas eu dei-lhe uma cabeçada com muita força, comecei a tentar me soltar porque ele estava atordoado, mas ele foi mais rápido: pegou na faca e cortou meu braço.

- Estou a ver que você também está a pedir por umas boas chicoteadas... - ele disse e foi até à mesa, pegou o chicote e começou a torturar-me, enquanto Baek assistia.


~POV XIUMIN~


Depois de Momo nos ter mandado sumir, eu e Ni voltamos para os dormitórios.

- Acho que nem devíamos ter saído de lá Ni - disse.

- Eu também tenho muito medo, a-acho que devíamos pedir ajuda Minseok...

- Vamos... ligar para a polícia? 

- N-Não... vamos chamar os outros membros! 

- Boa ideia meu amor! - os seus olhos arregalaram-se e sorriu, depois de me aperceber do que tinha dito, corei.

Peguei em meu celular e digitei o número de Suho.


~LIGAÇÃO ON~


- Oi? - Suho.

- Suho nós precisamos de sua ajuda! - Xiumin.

- Tá o que aconteceu?! - Suho.

[Contei-lhe o que tinha acontecido]

- ESTAMOS A IR - Suho.


~LIGAÇÃO OFF~


- Eles estão a caminho! - disse.

- Ainda bem, e acho que tenho um plano...


~AUTORA ON~


Suho e os outros chegaram à tal casa. Hoseok ainda estava torturando Momo e Baekhyun, que estavam desesperando. 

Sehun bateu à porta e esperou. Hoseok deixou os dois sozinhos, pois tinha a certeza que não se podiam soltar.

Hoseok foi abrir a porta, viu seus amigos e sorriu nervosamente. Sehun o puxou para fora da casa, e Chanyeol, que estava escondido, deu com uma pedra na cabeça de Hoseok.


~POV CHANYEOL~


- Ele está... morto?! - Kai perguntou assustado.

- Não, ele vai acordar brevemente, por isso temos de nos despachar! - Lay disse e entrou.

Entrámos todos e fechamos a porta, subimos as escadas encontrando Baekhyun e Momo deitados no chão, Baekhyun estava tentando abraçar Momo mas os seus braços estavam muito fracos. Ambos estavam uma lástima: ensaguentados, com a roupa rasgada e os cabelos bagunçados.

- C-Chanyeol...? - Baek sussurrou.

- Sim nós vamos tirar-vos daqui não se preocupem! - disse e peguei em Baek, Sehun pegou em Momo e fomos até à carrinha.


[...]


- Tenha cuidado Chanyeol! - Chen disse. 

- Sim eu sei! - deitei Baekhyun ao lado de Momo.

Os dois abraçaram-se com muito esforço, deitaram algumas lágrimas e adormeceram. 

- ACELERA XIUMIN NÓS TEMOS DE OS LEVAR PARA O HOSPITAL! - Ni gritou.

Xiumin acelerou e rapidamente chegámos ao hospital.

- É uma emergência - disse à rececionista que se encontrava ao balcão no hospital. 

Ela mandou trazerem macas para Baek e Momo, e levaram-nos para um quarto.

- Ainda bem que já acabou... - Ni disse.

- Espero que sim...


~AUTORA ON~


Enquanto os outros estavam no hospital, Hoseok acordou, e quando viu que os seus reféns já não estavam lá, começou a disparar tiros em direções aleatórias. E, após isso, começou a traçar o seu próximo plano...





Notas Finais


Esse malvado do Hoseok 😈 Nem digo nada kkkkkkkk
Tentei e consegui escrever um capítulo maior ✋
Espero que tenham gostado 😊
Bem, até quarta meus amores 😗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...