História Apenas uma noite - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Hot, Jungkook, Romantico, Sexo
Exibições 61
Palavras 1.354
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura unnies💙
Espero que gostem💙

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Apenas uma noite - Capítulo 1 - Capítulo único

Eu ja tinha terminado todo o meu trabalho ali. Entao resolvo ir para meu apartamento e voltar a me imaginar com Jungkook. Sonhar é de graça!

Pego minha bolsa ja exausta daquele dia cansativo fe trabalho naquela casa e quando abro a porta sinto alguém ne segurar pelo pulso.

-Fica.

Jungkook me joga contra a parede e passa sua língua úmida por todo meu pescoço me fazendo ter arrepios. Eu nao esperava que esse dia chegaria ou ao menos fosse hoje. 

-Você quer?

-Cla-claro.

Ele pega na minha mao e subimos até seu quarto. Ele ja tinha tomado conta de mim e eu me perguntava o que estava fazendo. Eu nao acho que deveria pois ele iria apenas brincar comigo como faz com todas as garotas que vejo chegando com ele naquela casa.

Ele tranca a porta e me pega no colo me apertando contra a parede. Logo me beija ferozmente. Sua língua explorava cada centímetro da minha boca enquanto suas maos massageavam minha bunda. Ele se afasta um pouco desabotoando cada botão de minha blusa social branca com calma. Deu leves chupões em meu pescoço e seios -ainda cobertos pelo sutiã- ele dava leves apertoes e chuões deixando ali uma trilha de manchas de variados tons de roxo.

Ele me colocou delicadamente na cama tirando minha calcinha junto a minha saia me deixando nua. Ele fez uma trilha de beijos até minha intimidade. Varias vezes eu sentia seu membro ja ereto ainda coberto pelo jeans roçar na minha intimidade. 

Sem aviso algum ele penetra dois dedos em minha intimidade massageando. 

-Je-jeon Jung-jungkookieee- gemi baixo.

Nao sabiamos se aquilo era certo e sim,eu ainda era virgem. Fiquei praticamente toda a minha vida esperando por aquele tao prazeroso momento com ele. 

Ele sussurrava varias coisas em meu ouvido enquanto me estimulava. Eu dava alguns gemidos baixos com medo de alguém escutar e mordia os lábios. Aquela voz rouca do Jungkook me exitava cada vez mais e me convencia de que nao poderia perder aquela chance única. 

Talvez ele nunca mais olhe na minha cara depois daquilo mas com certeza eu ficaria feliz em ter a primeira vez com alguém que eu realmente sempre sonhei em cada segundo da minha vida.

Logo sinto o mesmo parar e deixar uma trilha de chupões da minha barriga ate minha intimidade. Ele beija a parte interior das minhas coxas e encara minha intimidade me deixando corar,fiquei um pouco desconfortável mas logo ele abocanha minha intimidade enfiano sua língua úmida dentro de mim. Ele passa a mao por cada centímetro do meu corpo  e sua língua me explorava ferozmente enquanto eu dava alguns gemidos fazendo o menino sorrir e morder os lábios.

Varias vezes Jungkook me perguntava com uma voz rouca se eu realmente queria aquilo. Ele ja havia percebido que estava prestes a tirar minha virgindade.

Ele se afasta de minha intimidade e retira seu jeans ficando apenas com uma box que dava pra ver claramente seu volume exposto .

-Voce foi uma menina ma e tem me provocado todos esses dias com essa sua saia e essa blusa social que deixava seu corpo praticamente exposto aos olhos masculinos e será punida por isso babygirl.

Logo Jungkook vai até o banheiro de seu quarto e volta com uma venda. Cobre meus olhos deixando meu corpo muito sensível. 

Cada toque um arrepio,ele era imprevisível. Ia fazendo trilhas de beijos e chupões por todo meu corpo com variados tons. Naquele momento me esqueci totalmente de ter que esconder tudo aquilo. 

Ele encosta nossa intimidade me deixando cada vez mais exitada. Depois ds um bom tempo naquela posição ele decide tirar a venda e assim eu assumo o comando.




Viro o mesmo ficando por cima rebolando em seu membro ereto ouvindo ele gemer rouco e um pouco baixo. Passo as unhas por seu abs e me inclino pra frente e dou leves seladas em seu abs enquanto ele coloca todo meu cabelo cuidadosamente pro lado.

Começo a dar selares mais intensos e subo ate seu pescoço. Mordo o lóbulo de sua orelha e dou um suspiro que se transforma em um sorriso cheio de malícia. Sinto sua respiração ja ofegante no meu pescoço. Distrubuo chupões por todo seu pescoço e vou descendo,mas sinto o maior me puxar para perto de sua boca e segurar meu queixo me dando um beijo intenso e pendindo passagem com a língua,cedi. Nos separamos pela maldita falta de ar que nos invadiu naquele momento. Por que agora senhora falta de ar? 

Continuo a trilha de chupões por seu abs quase deifnido enquanto escuto alguns suspiros e leves gemidos saindo dele. Ele passava suas maos por cada centímetro do meu corpo me surpreendendo e me arrepiando cada vez mais com seus toques carinhosos sobre mim. Eu estava me sentindo ótima e por isso achei que ele merecia alguns cuidados. 

-Daddy esta cuidando bem de mim.

Desço rapidamente para seu membro e retiro sua box vendo seu membro praticamente saltar pra fora. Faço movimentos com minhas mãos e o olho mordendo os labios e vendo ele se apoiar com os cotovelos e jogar sua cabeça pra trás gemendo meu nome.

Abocanho seu membro e ouço seus gemidos alterados. Faço movimentos de vai e vem com a boca massageando com uma de minhas mãos. Passo minha língua por todo seu membro e volto a dar chupões por seu abs. Ele me joga no lado da cama ja louco e sobe em cima de mim. 

Passa seu membro sobre minha intimidade e sem avisar me penetra dando estocas lentas e aumentando cada vez mais a velocidade.

-Da-daddy. 

-Babygirl voce me deixa louco.

O unico barulho naquele quarto era o de nossos corpos de chocando e os altos gemidos que davamos durante as estocadas. Minhas unhas perfuravam suas costas tentando aliviar minha dor que foi diminuindo aos poucos. Ele saiu de cima de mim e se sentou na cama.

-Vem rebolar pro seu daddy babygilr. 

-Aaa daddy.

Me sentei em seu membro e comecei devagar,aumentava vagarosamente a velocidade ouvindo seus gemidos roucos e varias vezes ele dizer coisas exitantes pra mim. Ele entrelaça nossos dedos e eu vejo que sua respiração esta ofegante e seus cabelos castanhos caiam sobre seus olhos ja molhados pelo suor. 

Ele aperta minha cintura e me deita novamente na cama me virando de lado entrando dentro de mim me deixando louca de prazer e me fazendo gemer seu nome cada vez mais auto.

Perdemos a noção do tempo e da presença dos meninos que poderia chegar em casa a qualquer momento e ouvir nossos gritos ofegantes naquele quarto. Ele dizia muitas vezes coisas bonitas como muitas vezes dizia coisas sacanas me deixando cada vez mais louca.

Chegamos juntos ao nosso ápice. Senti seu líquido quente invadir meu interior tendo uma das melhores sensações. Tudo o que eu mais queria naqueles ultimos meses.

Caimos um do lado do outro ofegantes,suados e satisfeitos.

Tomamos um banho longo quente e demorado. Nada além de beijos e maos bobas. Coloquei um de seus moletons e antes que ele me deixasse ir embora me puxou para um abraço apertado e insistiu para que eu dormisse ali com ele nem que fosse so aquela noite. A melhor noite e tao esperada. Meu santo G-dragon. 

Em cada momento ele foi carinhoso comigo me fazendo sentir-se a pessoa mais confortável e segura. Foi tudo perfeito como esperado. Nao imaginava aquele lado de menino apaixonado dele assim como nunca imaginei ele naquele nivel tao alto de safadeza. 

Ele deu um selar em minha testa e me encaminhou ate sua cama. Me deitei no peito dele e logo adormecemos.*

Escuto meu despertador gritar na cômoda do lado da minha cama.

-Aish. Outro sonho.

Me levanto totalmente decepsionada e vou em direção ao banheiro do meu quarto. Faço minhas higienes matinais e tomo um banho demorado me lembrando de cada momento do sonho e como seria bom se tivesse acontecido.

Pego meus fones e meu celular. Me jogo na cama e logo quando desbloqueio a tela dou de cara com o senhor que ilude as novinha sem nem saber o estrago que causa. 

Como de costume vou ao meu instagram e confiro os novos videos e fotos dos bangtan iludidor das novinha. Olho em volta e dou um sorriso acompanhado de lagrimas como todos os outros dias.


Notas Finais


Desabafo de uma army sofredora.
Me desculpem os erros eu nao revisei e é meu primeiro hot nao sei escreve.
Kiss unnies❤🌝
Essa história acaba aqui💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...