História Apenas uma vez - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Grey's Anatomy
Personagens Arizona Robbins, Calliope "Callie" Torres, Personagens Originais
Tags Arizona, Callie, Calzona, Lesbicas
Visualizações 189
Palavras 2.315
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus amores aq esta mais um capitulo pra vcs, eu sei q eu demorei mais antes tarde do q nunca.

Capítulo 7 - Cap 7


Callie

Depois de ter saido correndo de casa e derrubado quase tudo que se encontrava no meu caminho, eu cheguei nos fundos da casa da Arizona e como ela havia me dito a porta estava aberta, adentrei na cozinha com o maior cuidado pra não fazer nenhum barulho, ja que eu não sabia se a Gabriela e a Aline passariam a noite ali.

Aquela casa estava muito escura, mais por sorte ela é igual a minha entao só precisei me situar da parte da casa em que eu me encontrava. Alguns segundos depois e uma batida com a cara na parede depois, eu finalmente cheguei no meu destino final.

Haviam duas portas na minha frente e em uma delas estava a minha loira, minha loira não ate porque eu tenho namorada mais quem eu to querendo agora é essa loira dona de um corpo escultural, um olhar hipinotizante e de um nome um tanto quanto diferente, voltando a minha realidade tudo me indicava que era a porta da direita , então fui em sua direçao e a abri com muito cuidado e me arrependi amargamente da minha decisão pois eu presenciei a cena da irmã da Ari com a namorada transando, fechei rapidamente a porta só espero que elas não tenham me visto.

Depois de tentar apagar a cena das duas agora a pouco no quarto ao lado, eu agora abri a porta e me deparei com a mais bela visão de todas, a Arizona deitada na cama do mesmo jeito que ela veio ao mundo, totalmente nua, se tocando.

- Você nem me esperou chegar. - Afirmei sem conseguir tirar os meus olhos dela

- Voce demorou muito pra chegar aqui então eu começei sozinha mesmo, o que aconteceu?

- Bem que voce podia ter me esperado, eu vim o mais rapido que eu pude ate com a cara na parede eu dei, mas agora eu estou aqui pronta pra fazer o que voce quiser.

- Ta bom, agora para de falar em vem logo aqui na cama comigo.

Fiz como ela mandou e me deitei por cima dela atacando os seus labios sabor de mel, o beijo tava muito bom mas nos separamos por um breve momento para que ela retirasse a minha blusa, voltei a lhe beijar enquanto apertava os seus seeios e deliciosos e ela apalpava a minha bunda.

A cada beijo nosso, cada toque e a cada gemido o tesão entre nós só fazia aumentar, não perdi muito mais tempo e passei a chupar os seus seios fartos com vontade dando a devida atenção para ambos, enquanto isso eu escutava os gemidos baixos da Ari, voltei a beija-la apalpei a sua bunda gostosa, passei entao a minha mão por seu clitoris e começei a estimula-lo e cela estava toda molhada pronta pra mim.

- Mais ja esta toda molhadinha, pronta pra mim?

- Isso é culpa sua, voce sabe exatamente o que fazer pra me deixar assim. - Falou com prazer na voz

Continuei o que eu estava fazendo e logo sinto ela rebolar em meus dedos, sem rodeios entao eu lhe penetrei um dedo e pude escutar o seu gemido aumentar um pouco enquanto eu a estocava.

- Hammmm isso ta tão bom Callie não para não. - Sua voz saiu com o maior tom de prazer, me deixando ainda mais excitada.

Fiquei assim por mais um tempinho e penetrei mais 2 dedos de uma unica vez com um pouco mais de força a fazendo gemer super alto no meu ouvido, isso quer dizer que eu estava fazendo tudo direitinho, o meu tesão só fazia aumentar e com isso ritimo das minhas estocadas iam aumentando tambem , e a Ari por baixo não parava de rebolar e dar leves puxões no meu cabelo, eu tava adorando tudo aquilo, o nosso pique então começou a aumentar nós duas entramos em sincronia eu ja estava quase chegando no meu limite.

- Gostosa, goza junto comigo, vai Ari. - E foi bem ai nesse ponto que eu dei uma ultima estocada e nós chegamos   juntas ao orgasmo, depois desse sexo q foi muito bom eu cai na cama ao lado da Ari toda suada, e ela não estava muito diferente de mim, nós ficamos ali entre respirações pessadas e trocas de olhares intensos e beijos calmos, pois ainda estavamos meio na brisa com o momento, o clima entre nós estava tão bom que nós acabamos pegando no sono.

Acordei abri os olhos lentamente e vi a luz do sol entrar pela janela e vir em direção ao meu rosto, me sentei na cama e me espriguicei do mesmo modo de todos os dias, me levantei tirei todas asminhas roupas ali mesmo e me encaminhei ate o banheiro abri a porta e 

- Nossa me desculpa eu achei que estava em casa. - Levei o maior susto ao ver que a Arizona estava tomando banho, por um breve momento eu me esqueci que nao estava em casa, e tentei de todas as formas cobrir o meu corpo inutilmente.

- Não precisa se esconder não tem nada ai que eu ja não tenha visto antes, por que nao aproveita e vem tomar banho comigo? - Se ela esta pedindo é claro que eu vou.

- Ja estou indo. - Mais foi só eu entrar embaixo da agua que o meu celular tocou e eu não podia deixar de atender, pois estou trabalhando em um projeto super importante na empresa. - Me  da linceça só um momentinho. - Ela assentiu e eu sai do banheiro, mais não antes de dar uma olhada para aquele corpo maravilhoso.

Sai do banheiro e fui atender ao telefonema, era  a Penny me ligando 

LIGAÇÃO ON

Penny:  - Aonde você esta meu amor? Porque eu acordei hoje cedo e você não estava do meu lado na cama.

Callie: - Eu acordei mais cedo e vim aqui na padaria comprar o nosso café da manhã, mais eu logo volto pra casa.

Penny: - Voce nunca foi disso amor, o que aconteceu ?

Callie: - Eu só achei que essa seria uma surpresa legal agora que a gente acabo de volta, mais voce volto acordo antes que eu chegasse em casa, e estrago a minha surpresa.

Penny: - Então eu vou fazer assim, eu vou me deitar de novo e assim que voce chegar em casa e arrumar a mesa do café, voce vem e me acorda pode ser?

Callie: - Pode ser então.

Penny: - Amo voce Callie.

Callie: - Eu tambem. Tchau.

LIGAÇÃO OFF

Desliguei o celular voltei para o quarto e avisei a Arizona que ja estava de saida, e que ao longo do dia entraria em contato com ela. Peguei todas as minhas coisas e sai super rapido da casa dela, tomando o devido cuidado para que a sua irma não me visse ali, sair da casa até que foi facil o mais dificil vai ser ir ate o meu carro sem que a Penny me veja.

Depois de cinco minutos tentando eu finalmente consegui sair da casa dela, eu resolvi entrar na casa da vizinha da Ari e resolvi por pegar um taxi até a padaria mais proxima, o percurso durou cerca de 10 minutos entrei no estabelecimento e comprei varias coisa, entrei novamente no taxi e voltei pra casa fui ate o meu carro e bati a porta do mesmo como se eu tivesse acabado de chegar em casa.

Entrei em casa e começei a fazer tudo o que a Penny me falou pelo telefone, e na hora que eu fui entrar no quarto escutei uma conversa muito estranha dela no celular, e pelo que me parecia ela estava falando com algum detetive sobre mim, será que ela anda me investigando?Não sei, resolvi então interromper a sua conversa com uma batida na porta anunciando a minha chegada, ela rapidamente desligou o celular e seu deitou na cama como se nada tivesse acontecido.

- Bom dia Pen !!!!! - Falei enquanto me sentava ao seu lado na cama e tocava no seu braço.

- Bom dia amor !!!!!!! - Ela me deu um selinho que eu fiz questão de interromper o mais rapido possivel.

- Venha vamos até a cozinha o café esta pronto.

- Vamos. - Ela foi ate a cozinha apoiada no meu braço. - Callie isso aqui ta muito lindo, venha se sente junto comigo e me acompanhe no café da manha .

- Muito obrigada mais eu ja tomei o meu cafe no caminho pra casa, agora eu tenho que ir trabalhar já estou atrasada, tchau meu......minha ruiva. - Eu ate tentei dizer meu amor mais essa palavra não saia da minha boca, a unica coisa que eu consegui dizer foi minha ruiva, ela vai me matar quando eu chegar em casa.

Arizona

Depois de uma noite incrivel que eu tive acordei cedo e fui tomar o meu banho, e ja embaixo do chuveiro do nada a Callie entra no banheiro nua e ela ficou ainda mais linda assustada tentando se cobrir de qualquer maneira, eu ate a chamei para tomar banho junto comigo mas quando ela estava entrando no chuveiro o seu celular tocou e ela teve que sair, dentro de 5 minutos ela voltou e me disse que precisava ir por conta da sua namorada, mas me disse que entraria em contato comigo mais tarde.

Já era hora do almoço eu estava no meu trabalho almoçando com o meu amigo Louis, ele é o  acompanhante de aluguel homem mais caro daqui e o meu melhor amigo tambem pra ele eu conto tudo, estavamos comendo e eu ao mesmo tempo não consegui parar de pensar em quando a Callie falaria comigo novamente e essa espera ja estava me agoniando.

- Ei Ari !! Em que mundo voce esta?, que não esta escutando nada do que eu falo pra voce. - Perguntou Louis enquanto passava a mão rapidamente na frente dos meus olhos.

- Ai Louis, voce se lembra daquele trabalho que eu não iria aceitar, mas acabei mudando de ideia? - Ele assentiu - Entao  essa foi a melhor decisão que eu tomei.

- Nossa e porque hein?, voce esta me deixando curioso.

- A mulher que me contratou é maravilhosa, ela é latina então voce ja deve imaginar como é o corpo daquela mulher, mais entao ela me apresentou pra familia dela como namorada e essas coisas, e quando nós estavamos indo pra casa dela eu não me segurei e no meio do transito eu peguei ela de jeito, o que eu não sabia era que na hora que a gente chegasse na casa dela ela iria me proporcionar um dos melhores sexos que eu ja tive.

- Pode ver que nesses dias que voce ficou com ela voces nem sairam do quarto. - Ele riu . - Mas só isso fez voce ficar assim ?

- Ei a gente nao fico só no quarto, a gente saiu e foi no shopping comprar um biquini pra mim e transamos no provador da loja. - O Louis nessa hora morreu de rir.

- Não acredito que voces fizeram isso no provador de uma loja, você é muito safada minha amiga.

- Deixa eu terminar de contar depois voce me da os seus comentarios, ok?

- Ok, agora continua.

- Então depois disso nós fomos pra casa da familia dela outra vez, eu conheci seus dois irmãos e a namorada da irmã dela, mas o problema é que nenhuma de nós duas queria deixar a outra ir embora, só que como eu sou muito profissional resolvi por deixar pra la tudo o que aconteceu e seguir em frente assim como todas as outras vezes.

- Até ai tudo bem, mas porque voce esta assim eu ainda não entendi? Se ela ja foi e voces dificilmente vão se encontrar novamente qual o motivo de voce ainda estar assim? - Agora ele falava com um tom mais serio, ele sempre se preocupa comigo desde o que me aconteceu a alguns anos atras.

- É porque o mais improvavel aconteceu, eu acabei me mudando pra casa ao lado da dela, e o jantar que eu havia te contado que iria ontem a noite na minha vizinha era na casa dela, mas eu só fui descobrir isso quando ela me abriu a porta. - Meu amigo estava totalmente indignado.

- Nao acredito nisso, mas eai o que foi que aconteceu?

- Bom nós jantamos na casa dela junto da sua namorada, que de repente surgiu novamente na sua casa, e tambem estavam a minha irmã a Aline e a sua namorada a Gabi, e mesmo com a casa dela cheia de pessoas nós quase acabamos transando na adega da casa dela, pois a Penny sua namorada há chamou pra subir logo, e depois a noite eu a chamei e ela foi pra minha casa e nós passamos a noite juntas e foi maravilhoso Lou.

- Parece que tudo com voces duas acaba em sexo, mas enfim voce esta assim toda agoniada por não saber o que vai acontecer daqui pra frente?

- Isso ai, e hoje na hora que a Callie saiu de casa por conta de uma ligação da namorada ela falou que entraria em contato comigo, só que até agora nada.

- Olha Ari sera que quando ela disse que entraria em contato com voce ela não quis dizer que seria pelo site, tipo para te contratar novamente? - Essa era realmente uma possibilidade que eu não queria pensar, e nesse momento o meu celular tocou.

- Eu acho que não. - Mostrei pra ele a tela do meu celular, que indicava que a ligação era da Callie.

- Pelo visto eu me enganei, eu vou indo aqui Ari pra te deixar mais a vontade. Tchau, e ate mais.

- Tchau Lou, ate mais. - Agora que ele ja foi eu posso atender ela.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONTINUA................ 

 


Notas Finais


Pronto meus amores ai ta mais um capitulo espero que gostem, e me digam o que estao achando da fic , ate a proxima bjs xxxxxx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...