História Apenas você - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Bickslow, Bisca Connell, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mirajane Strauss, Mystogan, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Taurus, Virgo, Wendy Marvell
Exibições 11
Palavras 1.476
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 29 - Nos treine por favor


Akkai POV'S

Acordo com o sol no rosto e aleluia com a visão boa mas mesmo assim vou usar o meu óculos, olho para o lado e shin não está, fico um tempo parado pensando em como minha vida mudou quando o conheci, foram tantas coisas boas mas ainda algumas ruins, a porta do quarto se abre e shin entra no quarto com uma bandeja

Kai- Café da manhã na cama? Acho que vou me machucar mais

Shin- Não brinca com isso, oque nós fizemos foi perigoso, você de ir para a floresta e eu de deixar você sozinho

Kai- Verdade, mas agora pega meu óculos?

Shin- Sua visão ainda esta ruim? Você disse que só usa o óculos quando está cansada a vista

Kai- Minha vista esta boa mas eu quero quero usar meu óculos ué algum problema?

Shin- Acordou com o pé esquerdo? - ele me entrega o óculos

Kai- Na verdade nem levantei ainda, então não sei

Shin- Bobo, ainda está doendo?

Kai- Um pouco, mas não tanto quanto ontem

Shin- Depois de comer vou te dar um banho já que ontem você nem tomou a noite, quando sai você já estava dormindo você estava muito candado ne? - ele me entrega a bandeja com o café da manhã

Kai- Estava de todos os jeitos possíveis, e bem envergonhado

Shin- Pelo oque exatamente

Kai- Por expor os meus medos a alguém eu nunca fiz isso pra ninguém, nem mesmo a Alluka - começo a comer as panquecas, ele se senta perto de mim

Shin- Você não precisa ter vergonha de expor os seus medos, todos tem medo de algo kai ninguém e perfeito a ponto disto

Kai- Então qual o seu medo shin? - digo bebendo o suco que ele preparou, e ele fica pálido até demais - Shin oque foi?

Shin- Eu...eu...eu tenho medo de trovões, bobo não é?

Kai- Não e bobo e normal, tão normal quanto ter acrofobia ou eremofobia

Shin- Acro e eremo oque? - eu rio da cara que ele fez

Kai- Acrofobia e o nome original do medo de altura e eremofobia o medo de ficar sozinho, quer que eu se letre Bebezinho?

Shin- Não precisa chato, mas e qual o nome do medo de cobras?

Kai- Se não me engano é ofidiofobia, já viu alguma cobra antes?

Shin- J-já uma vez e nunca mais quero ver uma

Kai- Tabom já podemos parar por aqui, me leva pra tomar um banho shin - faço uma cara de cachorro abandonado

Shin- Levo cachorrinho, mas você não e abandonado você e meu

Kai- Eu não sou de ninguém, sou um espírito livre

Shin- Ta legal to sabendo, agora vamos senão vamos chegar tarde na guilda e ainda temos que treinar - ele me pega pelo braço e o coloca atrás de sua cabeça

Kai- Verdade vamos, alias cadê minha irmã?

Shin- Saiu mais cedo hoje, não me pergunte o porque

Kai- Ta aprontando algo, conheço bem ela

Shin- Não vamos nos preocupar com ela agora vamos tomar um banho - ele tira as roupas e me ajuda a tirar as minhas

    Tomamos um banho um pouco demorado por causa de meus ferimentos, a noite passada não foi fácil para nós dois mas está tudo certo agora, precisamos nos concentrar em ficar fortes e é claro manter o nosso relacionamento

    Depois do banho estávamos nos arrumando ele colocava a roupa enquanto eu secava o meu cabelo com uma toalha

Kai- Shin

Shin- Hmm?

Kai- Da próxima vez que acontecer algo assim com nós, me de um tapa na cara OK?

Shin- Oque?

Kai- Eu sou um idiota que não sabe controlar a raiva, então as vezes preciso de ajuda para perceber que estou passando dos limites, não quero que algo aconteça algo assim novamente com você

Shin- Eu não vou dar um tapa na sua cara kai

Kai- Mas... - ele coloca um dedo na minha boca

Shin- Eu vou fazer algo melhor que isso, vou fazer isso - ele me beija, logo ele ja esta pedindo passagem com a lingua e eu a concedo, nossas línguas brigam por espaço em nossas bocas só nos separamos por falta de ar

Kai- Isso pode funcionar, agora sai de cima

Shin- Como queria que pudesse ficar aqui para sempre com você 

Kai- Eu também gostaria shin, mas parece que o destino não quer já que vamos morrer de cede se ficarmos aqui para sempre - ele ri

Shin- Você e sempre sério assim?

Kai- Foi uma piada, tá louco? Eu não sou nada sério

Shin- Sei, agora vem vou ajudar você a colocar a roupa

Kai- Tabom mamãe - ele ri e eu também

Shin- E depois vai escovar os dentes senhor Akkai

Kai- Não parece minha mãe, ela nunca foi assim quem falava assim eram os empregados - digo enquanto ele me ajudava a colocar a roupa

Shin- Ela nunca disse algo assim? Tipo nunquinha?

Kai- Não que eu lembre, pelo menos comigo não foi assim mas com meu irmão talvez

Shin- Como ele era, seu irmão?

Kai- Ele era...era uma pessoa incrível, sempre me ajudava com oque eu precisasse, sempre me protegia dos outros dos meus pais, podia sempre contar com ele para compartilhar meus segredos, ele sabia que eu era gay e pelo jeito muito antes de eu saber, sinto tanto a falta dele - aperto o sobretudo que estava em minhas mãos

Shin- Eu gostaria de ter conhecido ele, parece que ele era legal

Kai- Ele era muito legal, agora me ajuda?

Shin- Hai, ele era irritadinho como você?

Kai- Eu não sou irritadinho

Shin- Certeza? Acabou de ficar irritado - ele ri

Kai- Tsc baka

Shin- Vamos senão vão pensar que estamos mortos

Kai- Nossa que pensamento maligno shin

Shin- Nós não aparecemos desde ontem, e quando nos aparecemos saimos correndo para procurar um ao outro, então eles podem pensar assim

Kai- Pensando assim você tem razão, eles devem estar preocupados conosco até mesmo minha maninha - digo descendo as escadas

Shin- Parado ai Akkai, você vai se machucar mais se descer as escadas sozinho, espera que eu te ajudo

Kai- Tabom eu espero, não vai usar a roupa de luta que compramos?

Shin- Não, e porque você não vai usar também?

Kai- Porque não quero, algum problema? - Eu estava usando uma blusa branca com uma caveira, uma jaqueta preta normal, uma calça jeans preta e um all-star preto e branco

Shin- Acordou gótico?

Kai- Não e você também não pode falar nada - ele usava uma blusa branca, uma jaqueta marrom escuro, uma calça preta e um all-star vermelho e branco

Shin- Ta falando oque o único gótico aqui e você, esse e meu visual normal baka - ele diz me ajudando a descer as escadas da nossa gigante casa

Kai- Sei, vamos logo

    Chegamos na guilda e recebemos alguns olhares curiosos dos membros, Natsu e Gray vem até nós, com olhares preocupados

Natsu- Oque aconteceu com vocês dois?

Shin- Uma briga

Gray- E porque só ele está machucado?

Kai- Não foi uma luta Gray, foi uma briga de casal e eu estou todo machucado porque fui na floresta e me machuquei lá, mas ele me salvou

Natsu- Se essa e a briga de casal de vocês quero nem ver a briga de verdade

Kai- Ela nem foi tão feia assim como imaginam

Gray- Quero nem imaginar a briga feia

Kai- Acredite nem eu, não quero isso nunca

Shin- Já chega né ta muito melancólico isso aqui ta me dando depressão, onde estão Laxus e Wendy?

Natsu- Laxus está lá no canto com os raijinshuu, e Wendy está com a sua irmã Akkai lá no canto

Kai- Arigato Natsu-kun, vamos?

Shin- Hai

    Eu vou até o Laxus, eu conheço a sua fama de ser um idiota mas nem que eu tenha que tortura-lo ele vai aceitar me treinar

Kai- Laxus posso falar com você

Laxus- Oque foi Akkai - ele me olha com o olhar de sempre

Kai- Me treine onegai - revencio em sua direção - Não estaria pedindo se não fosse por um bem maior Laxus

Laxus- E porque eu o treinaria

Kai- Porque um inimigo muito forte ameaça as pessoas que amo e a nossa guilda

Laxus- Perto da floresta amanhã as 8:00, sem atrasos Akkai

Kai- Hai, arigato Laxus

Shinji POV'S

    Vou até a mesa de Wendy na esperança de que ela me treine, eu preciso ficar mais forte

Shin- Wendy posso falar com você?

Wendy- Hai, sobre oque seria

Shin- Eu quero que você me treine onegai

Alluka- Mas você e tão forte Shinji porque quer ser treinado

Shin- Porque eu preciso protege-lo não quero mais ficar atrás dele quero ficar ao seu lado, por isso me treine Wendy

Wendy- Hai, eu vou te treinar Shinji-kun, apareça na guilda amanhã as 8:00 e nós vamos treinar

Shin- Arigato Wendy

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...