História Apesar das nossas indiferenças. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Malhação
Tags Benê, Bruno Gadiol, Daphne Bozaski, Gune, Guto
Visualizações 847
Palavras 999
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


GENTE, GENTE. Me desculpe, me perdoem mesmo. O problema é que a "burra" aqui, esqueceu a senha da outra conta, e infelizmente terei que começar tudo novamente. Espero que entendam!!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Apesar das nossas indiferenças. - Capítulo 1 - Prólogo

Em um dia ensolarado, o celular de Benê toca às 06h, como sempre ela quer dormir, mas tem que acordar, afinal é o "primeiro dia de aula", infelizmente, se levanta e diz:

Pov. Benê:

- Adeus férias! Não sei o que há de bom nas voltas as aulas, principalmente quando ninguém sente sua falta, não tem ninguém para você conversar lá, nem nada. - Ah, que saco! - bufou.

Definitivamente, Benê não estava animada para começar a estudar, não só pelo fato de ter que estudar, e sim porque sabia que ia ser zoada por todos sempre, não importava se a conheciam ou não. Mas como sabia que no futuro ela precisaria de estudo, ela não tinha para onde fugir, o que lhe restava era saber todo o sufoco que ela passaria lá, assim como todos os dias ela passa. Apesar de sempre sofrer, por ser zoada, ela nunca está preparada para voltar à essa rotina.

Benê faz sua higiene matinais, e desce para preparar seu café. Sua mãe desceu, e fala para filha passar uma maquiagem.

Josefina: - Filha, passa uma maquiagem, para ficar bem lindinha. -

Benê: - Bora mãe, não tenho tempo pra perder passando essas coisas frufru de maquiagem. -

Josefina: - Mas filha, maquiagem deixa qualquer pessoa tão bonita, só passar uma básica. -

Benê: - Mas nada, mãe, vamos que temos hora. -

Josefina: - Tá bom, vamos Benedita. Bora logo, Júlio César, não temos o dia todo ao seu dispôr. -

Julinho: - Calma mãe, já estou indo. Posso fazer nada se a Benê, está apressada e não se arruma direito. -

Benê: - Cala boca Julinho, não estou no meu melhor dia hein. -

Julinho: - Na verdade, você nunca está né, Benê? Principalmente quando o assunto é aula. -

Josefina: - Vamos, vamos. -

Do outro lado, Guto acorda as 06:30h, mas diferente de Benê, ele adora ir pra aula porque sabe que todas as meninas vão babar, e estar aos seus pés, como todos os anos. Ele se levanta e diz: - Espero que tenha alunas gatas, porque era só oque me faltava. Já estou cansado das garotas que já conheço do ano passado, já peguei quase todas. -

Estava se arrumando prestes a sair, quando Samantha, sua fiel escudeira te liga.

Ligação on:

Samantha: - Guto, já está pronto? Ou você se esqueceu que temos aula hoje? -

Guto: - Já estou pronto, Samantha. Você vai querer que meu motorista vá te buscar? -

Samantha: - Sim, por favor. Mas espere só mais uns 15 minutos, porque estou acabando de me maquiar. -

Guto: - Tudo bem, Samantha. Vê se não se atrasa hein, quero ver as novas gatas do colégio. -

Samantha: - Tá bom. Você não muda mesmo, hein? Como pode, só vai para escola saber de novas garotas. -

Guto: - A melhor parte do colégio, é as gatas Samantha. Vou desligar, para acabar de me arrumar. Não se atrase, beijo. -

Samantha: - Tá bom, Guto. Até mais, beijo! -

Ligação off:

Depois de uns 20 minutos, Guto passa na casa de Samantha e eles aproveitam para colocar o papo em dia, já que tinham pouco pois passaram as férias juntos. Todos que o viam, achavam que eram namorados, mas para Guto só lhe interessava era amizade de Samantha. Para ela é totalmente ao contrário, ela tem uma quedinha por ele, mas nunca contou para ele, por receio de ele não querer, e acabar com a amizade.

Já no "Cora Coralina", Benê chega com sua mãe e seu irmão, e cada um segue pro seu lado. Já que Josefina é a zeladora do colégio, e Julinho é bem mais novo que ela. Ela diz para si mesmo: - Primeiro dia de aula, aí vou eu. -

Até que sem querer, ela se esbarra com alguém, e deixa todos os seus livros caírem no chão. Que por incrível que pareça pareceu se importar com ela, e não zoar como fazem todos os dias, a chamando de "ridícula", "cega", " mongolóide", "esquisita".

XxX: - Desculpa menina, não te vi. Estava cheio de pressa, sabe como é primeiro dia de aula. -

Benê: - Não precisa se desculpar acontece. - Diz ela se abaixando para pegar seus livros que caíram no chão.

XxX: - Pode deixar, eu pego, já que foi por minha culpa que eles estão ai. - Também se abaixa para que possa pegar os livros.

Pegaram todos os livros, e ela foi logo se despedindo pois devia ir para a aula.

Benê: - Tchau, preciso ir pra sala, já estou atrasada. -

XxX: - Perai menina, qual seu nome? -

Benê nem escutou, pois já tinha dado as costas para ir pra sala de aula, já havia se atrasado e muito.

XxX: - Qual será o nome dessa menina? - Também sou idiota fui deixar para perguntar agora, devia ter perguntado antes.

Benê vai para sala, bem atrasada por sinal, mas quando chega na sala já virou motivo de piada, todos começaram a gritaria.

Benê: - Da licença, professora. Desculpe a demora, mas tive um pequeno emprevisto. -

Professora: - Tudo bem Benedita, sente-se. -

Alunos: - Ah professora, pensei que essa esquisita ia sair da escola. Nem com todos zoando ela todos os dias, ela não desiste. -

Professora: - Quietos, se não vão para a direção. Eu preciso dar aula. Vocês sabem qual o nome disso que vocês fazem com a Benedita? Isso se chama, bullying, que por sinal dá anos de cadeia. É isso que vocês querem para a vida de vocês? -

Alunos: - Ah professora que isso, vai tomar as dores da esquisita? Esperava mais hein. -

Professora: - Olha só, vou falar pela última vez. Se não ficarem quietos, serei obrigada a levar vocês daqui. Vocês que decidem, querem ir para direção? Ou vocês preferem acabar com a palhaçada, e sair da sala quando eu acabar de ensinar toda a matéria. Porque eu já perdi muito tempo com essa palhaçada de vocês. -

A turma toda ficou calada, e então a aula seguiu normal e a professora conseguiu dar o seu ensinamento. Depois de um tempo, o sinal bate e todos descem, como sempre, a Benê é a última a descer. 


Notas Finais


Boa leitura!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...