História Apocalipse - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Walking Dead
Personagens Bella Swan, Daryl Dixon
Visualizações 16
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


mas um capitulo, espero que gostem.

Capítulo 8 - Que tudo fique bem


Deitados na cama, conversamos mais um pouco sobre bobagens aleatórias; conforme íamos conversando o sono chegava para ambos, e então nos aconchegamos um n outro e dormimos.

No meio da noite fomos acordados por uma pessoa esmurrando nossa porta; pulamos da cama no susto e nos vestimos rapidamente, visto que eu tinha deitado apenas com blusa e calcinha e Daryl apenas de cueca, fomos correndo para porta, e Daryl a abriu, e deu de cara com Gleen desesperado:

- o que esta acontecendo?

-Maggie ela esta com muita dor, vamos levar ela para Hilltop, ela me pediu pra vir te chamar Isabella você pode... – eu o interrompo

-claro só vou pegar minhas coisas e já estamos indo,

-eu vou ir pegar um carro e avisar o Rick. -disse Daryl

-eu pego o carro Daryl – disse Gleen. E cada um saiu correndo para um lado

Peguei minha besta e minha arma, peguei minha mochila, Daryl fez o mesmo e foi correndo para a casa de Rick avisar que estávamos saindo nas presas para levar Maggie para o medico obstetra de Hilltop. Fui correndo para casa da Maggie, sorte que nossas casas eram uma do lado da outra; chegando vi que ela estava muito mal, ela chorava e estava cheia de sangue nas calças, tínhamos que ir o mais rápido possível, fui no seu armário peguei algumas roupas dela e coloquei numa bolsa, depois a ajudei a descer as escadas; nesse tempo surge Gleen que foi pegar o carro Rick e Daryl; Gleen correu para o meu lado e me ajudou com a Maggie, ele tinha pegado o trailer, assim a viajem para ela seria um pouco mais confortável, e o trailer era abastecidos com suprimentos.

Corremos para colocar Maggie no trailer, e seguir para Hilltop, não era muito seguro viajar a noite, mas Maggie estava muito mal, ela dependia disso.

O caminho foi muito tenso, pois estávamos atentos a qualquer imprevisto que pudesse acontecer; acredito que todos só no trajeto para Hilltop envelheceram uns 10 anos. Depois de algumas horas conseguimos chegar sem nenhum imprevisto, eu não poderia dizer bem pois todos estavam muito preocupados com nossa Maggie,  não saber o que poderia acontecer com ela ou até mesmo com o bebe, preocupava a todos.

Rick foi logo reconhecido pela pessoa que cuidava do portão, ele falou rapidamente, e os portões se abriram, alguém já tinha ido correndo chamar o medico, entramos com o trailer pelos muros de Hilltop, e eu fui correndo ajudar Gleen com a Maggie, ela parecia pior, estava muito branca, e desacordada, tiramos ela do trailer foram mostrando caminho para onde deveríamos leva-la; eu nem fiz questão de ver onde estávamos, ou como era o lugar, só queria ver minha amiga bem; assim que entramos no lugar onde era a área hospitalar, o medico me disse que só poderia ficar um, então deixei que Gleen ficasse e fui para o lado de fora, Daryl estava ali me esperando, em quanto Rick conversava com alguém sobre a situação. Daryl colocou a mão em meu ombro e com um olhar ele me acalmou; rick se aproximava com um estranho cabeludo e logo fez questão de nos apresentar:

- Isabella, este é Jesus, ele é o responsável por Hilltop; Jesus essa é Isabella de quem te falei, ela chegou faz algum tempo em Alexandria, tem ajudado muito lá.

Jesus estendeu a mão e eu a apertei, Daryl se remexia ao meu lado, talvez não tivesse gostado muito da forma que Jesus me olhava.

- Rick falou muito de você – disse Jesus

-espero que bem

- disse que você é uma joia, cheia de aptidões, assim como Daryl.

- eu me viro – falei um pouco sem graça, Daryl bufava do meu lado, e Jesus alternava seu olhar para mim e para Daryl; Rick também olhava com um pouco de curiosidade.

Depois da breve conversa ficamos ali nos encarando e esperando alguma noticia de Maggie.


Notas Finais


até a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...