História Apocalipse Zumbi - Capítulo 1


Postado
Categorias Originais, The Walking Dead
Personagens Personagens Originais
Tags Sefudeo
Exibições 20
Palavras 758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Feita por: Pamela_Golden!

Espero que gostem e cometem por favor

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Apocalipse Zumbi - Capítulo 1 - Prólogo

........On:

Oie prazer meu nome é Pamela Lins, tenho 14 anos, cabelos longos pretos, olhos azuis, pele morena, magra e corpo bonito acho, nunca liguei para isso. Morro no Rio de Janeiro, com meus pais e minha irmã de 7 anos chamada Alice, um anjinho muito quieta e comportada. Meu Pai, Robert é um alcooletra que depois que chega do trabalho faz minha mãe Susan uma verdadeira empregada! E quando fica muito Bêbado, quebra minha mãe na Chinela, e as vezes ameaça ela com uma faca e eu e minha irma ficamos trancadas no quarto até isso acabar e bem hoje a noite não foi como sempre.

Foi o seguinte eu tava saindo do Colégio com minha irmã, nos ombros de macaquinho, que sorriu e fomos para casa já anoitecendo já que estudamos a tarde. Assim que chegamos em casa nossos pais estavam discutindo, e para a minha surpresa a nossa Mãe está discutindo também e a briga tava feia.

- Alicia vai lá para cima Agora!! - Disse e Alicia subiu correndo e eu fiquei escondida ali no canto do vendo eles.

Meu pai parecia cansado da discurção, então pegou a faca e minha mãe parecia distraída e com isso meu pai acertou ela no meio dos seios, o coração. Eu até ia Gritar mas tampei minha Boca e só as lágrimas caíram, depois disso ele se virou e me viu se assustou, e depois me ameaçou com a faca eu recuei mas quando ele ia me matar bem.

Minha mãe "morta" está muito pálida, mordendo a perna do meu "pai" seus olhos antes azuis agora brancos opacos. Meu pai grita de dor e de pavor, ela para ela ta morta! Parecia uma zombi dos meus jogos de terror. Ele tropeça e ela sobre em cima dele o comendo, sai correndo igual uma doida para o andar de cima querendo vomitar tudo que comi! Olhei para o quarto onde minha irmã tava e olhei para o sótão.

- ALICIA!! TRANCA O QUARTO E SÓ DEIXA EU ENTRAR!! - Gritei e abri a porta do Sótão, e entrei procurando minha arma, sim eu tenho meu avô me deu uma espirgada e uma pistola de aniversário, a munição também deve ta la.

- Gaaaarrrr - Disse uma voz Zombificada da minha mãe se arrastando pelas escadas. Pude ouvir batidas fortes na porta do quarto da minha irmã e meu, ele queria pegar minha irmã!!

Pegue a arma que Tava em cima da estante, a pistola mas não tinha munição, e merda ela tava subindo, corri para o outro lado e pegue a munição deixei algumas cair, mas carreguei a arma e ela tava a poucos passos de mim e morei na sua cabeça como nos jogos e atirei com as lágrimas caindo. Ela caiu aparentemente morta passei por ela e desci as escadas, Alicia estava chorando e Robert batendo na porta com força, mirei e atirei, caiu morto de vez.

- Nii-Chan? - Perguntou a voz chorando de Alicia, tinha cabelos castanhos igual aos meus preso numa Maria Chiquinha, olhos castanhos, pele morena e é muito fofa.

- se acalma! Não abra a porta espera! - Disse calma, corri novamente para o porão e peguei minha espirgada e mas munição e tinha várias nossa acho que daria para um exército sem exagero tinha muita, coloquei tudo numa mochila que tinha ali de acampamento e arrumei ela coloquei comida e água, tinha quase certeza que eles não eram os únicos!

Depois joguei o corpo daquele Homem no porão e abri a porta, Alicia me abraçou forte e chorou, puxei ela para dentro e bem arrumei mas uma mochila com roupas e coloquei botas em mim e na Alicia, expliquei para ela só que nos íamos nos mudar, quando ela perguntou sobre nossos pais eu falei que eles foram para um lugar melhor e ela entendeu começou a chorar e eu a acalma-la depois disso eu fui até a entrada e vi que a rua tinha alguns Zombis. Alicia segurou minha mão e nos fomos andando silenciosamente para que os Zombis nao nos vissem e deu certo estava chegando perto da casa da Sarah, minha melhor amiga um pouco gótica, abri a porta uma arma foi apontada para minha cabeça.

- Pamela! - Disse Sarah, abaixando a arma e feichando a porta bem rápido.

- Sarah! Graças a Kami-Sama miga nunca mas aponte um arma para a minha cabeça! Pelo amor de Kami!!! - Disse abraçando ela e expliquei o que aconteceu, Alicia estava desenhando na mesa da sala com a gente, e eu explicava tudo baixinho para ela nao ouvir.

Continua......



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...