História Após a escuridão da noite, vem sempre a luz do dia. - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Calipso, Frank Zhang, Hades, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Piper Mclean, Will Solace
Tags Amor, Hdo, Mitologia Grega, Nico Do Ângelo, Pjo, Romance, Solangelo, Wico, Wilco, Will Solace
Exibições 133
Palavras 1.385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiiiiiiiiii meus amores...
Eu sei perguntei se vocês queriam jundo ou separado,
e voces escolheram junto,
e eu estou voltando atras com a palavra e nao atendendo seus pedido.
DEEESCULLLLLPAAAAAAAAAAAAAA
Mas meus pequenos cupcakes,
iria ficar muuuuiiitoooo grande,
contando que ainda vai ter musica para embalar esse momento cut.
Por isso vou postar dois capítulos

Podem me xingar eu deixo,
mas o segundo sai hoje ainda,
não sei o horário, MAS SAII.

Genteee estamos em 10000 visualizações que issso,
adorooo voces e espero que estejam gostando,
mais tarde titia volta

Capítulo 38 - Aproveitem


Fanfic / Fanfiction Após a escuridão da noite, vem sempre a luz do dia. - Capítulo 38 - Aproveitem

 P.o.v Will

Não conseguia parar e pensar no moreno, em todo seu sofrimento e em tudo que estava passando,mas também não podia deixar e pensar nas palavras de Apolo... eu havia deixado isso de lado por algum tempo,afinal foram acontecimentos de mais para um dia só,eu e Nico em seu quarto,a ataque ao castelo,a aparição de Tânatos,tudo o que ouve depois,Katie e Trevis e ... meu infeliz pedido de namoro.

Será que tinha como ser mais idiota?Pedi-lo em namoro no meio e uma missão?Seu pai sumiu,o submundo está um caos,o Olimpo está apostando todas as fichas em nós é eu simplesmente jogo outra bomba no colo dele,no que pelo biquíni de Apolo de bolinha amarelinha,eu estou pensando?

Apenas percebi que estava andando se um lado para o outro me perdendo em devaneios angustiantes, quando abruptamente parei para encarar alguém que chamava meu nome,eu conhecia aquela voz, conhecia seu dono e apenas o fato de ouvir meu nome sair de seus lábios fez com que meu corpo todo estremecesse.

O observei lindo e deslumbrante me encarando impotente do auto do parapeito do segundo andar, seu semblante era uma incógnita para mim, mas eu podia sentir a tensão em seu corpo, como se decidisse em prosseguir ou não.

- Você está bem?Aconteceu algo?-disse a ele já me preocupado, sua postura era estranha parecia desconfortável com algo, como se algo entre nós estivesse errado, não pelos Deuses de novo não.

-Sim aconteceu Will- disse o moreno, e eu podia ver em seus olhos a angústia de suas palavras, a dor que causavam, o vi se direcionar a escada passando suavemente a mão sobre o mármore sem me encarar o que me levou a segui-lo,ainda o observando,tentando a todo custo desvenda-lo. - Sabe... Eu pensava que eu poderia controlar,entender ou até mesmo me esquivar disto... Mas acredito que é melhor assim, por que... assim como eu não posso impedir que a pessoas morram, eu não pude impedir isso de acontecer.

Quando parou na escada pude vê-lo melhor, e analisar tais palavras pronunciadas por ele, assim meu mundo ruiu, pois a única coisa que eu conseguia pensar era que ele terminaria tudo comigo, por minha inconveniência... Quando me tornei inseguro assim?Mas era assim que Nico me deixava totalmente dependente se si.
 

- Nico está me assustando, o que está havendo?- disse já desesperado para agarra-lo e fazê-lo dizer que não era nada disso que eu estava entendendo, por isso agarrei-me ao corrimão e comecei a subir os degraus, o vendo imóvel encarando o chão sem me olhar nos olhos.

-Sabe eu já não conheço mais o tempo, e me sinto perdido... De tudo o que eu vivi, nunca pensei que precisaria tanto de algo, nunca compreendi o que era tudo isso, mas não a o que fazer para não sentir... - havia tanta dor nestas palavras que eu queria subia toda escada em um só passo e afogar toda sua dor em meus braços, porém não queria assusta-lo, e com isso subi.

- O que está tentando dizer com isto pequeno... Diga-me, já passamos por tantas coisas vamos passar por isso também - disse a ele, mesmo sentindo a cada passo meu coração se partir mais.

Ao chegar um degrau antes do moreno, pude analisá-lo mais de perto, sua alma estava sofrida e culposa, fazendo que meu receio só aumentasse, o vi dar dois passos para trás fazendo com que eu terminasse de subir a escada ficando mais perto dele.

- Eu tentei a todo custo Solace, não te amar, mas eu não tive um meio de não sentir - o vi acabar com o espaço que se colocava entre nós, colocando uma de suas mãos em meu rosto. - Me prendi ao medo de ser feliz por experiências antigas,pensei que não te merecia cheguei a procurar em todo lugar meios para controlar esse desejo de você que cresce cada vez mais em meu peito... Porque mesmo que eu tente, ou que outrem tente, não tem como apagar você de mim Will.

-E por que isso tudo?-disse abrindo os olhos fechados para aproveitar seu toque em meu rosto.

-Porque eu precisava dizer - disse sussurrando em meu ouvido provocando em mim arrepios - Porque eu te quero... Porque te desejo... - disso mordendo o lóbulo da minha orelha me fazendo contrair os músculos de tão arrepiado que estava levando involuntariamente minhas mãos a minha cintura.

Percebi seu olhar sobre mim, sem me dar chance de desviar de si, o vendo se aproximar mais e com suas ônix negras vasculhando minha alma por completo me trazendo uma felicidade e muito perdida, minha respiração começou a ofegar e meu coração bater desenfreado em meu peito respondendo a seu toque, não que ele estivesse em situação melhor, sua aproximação me proporcionava a delicia de vê-lo no mesmo estado a centímetros dos meus lábios, me obrigando a ter um força comunal para não agarra-li e tê-lo para mim ali mesmo.

-Porque simplesmente eu te amo.

Foram as únicas palavras que precisavam ser ditas para que eu perdesse todo meu juízo naquele momento, selando nossos lábios em um singelo e casto beijo, mas logo o desejo se fez presente, pedi permissão e com seu consentimento invadi sua boca sentindo seu sabor inesquecível como uma droga viciante e eu a explorei demonstrando toda minha necessidade de si.

O apertei contra mim, tentando diminuir o espaço já inexistente, o sentindo passar suas mãos delicadas por meus cabelos e nuca, deixando leves arranhões no mesmo me levando a beira da loucura. Adentrei minhas mais por sua camisa explorando seu corpo perfeito o sentindo passar a mão por meu braço e percorrer todo meu abdômen,me fazendo suspirar e perder o ar,assim tendo que nos separar.

- Que tal irmos para o meu quarto Raio de Sol?-disse baixo, o que me surpreendeu,mesmo  constrangidas suas palavras podia se perceber as intenções do garoto com elas, me fazendo sorrir malicioso.

-Seu desejo e uma ordem garoto da morte - eu disse descendo minha mão pela lateral de seu corpo, o sentindo estremecer ao meu toque,quando cheguei a suas coxas as segurei firme e delicadamente e as puxei para mim,vendo o moreno entender minha intenção, enroscou seus braços em meu pescoço e se apoiou neles, fazendo-o ficar em meu colo.

Tomei novamente para mim seus lábios que mais pareciam heroína, feito especialmente para mim de tão viciantes que eram.Caminhei as cegas com o garoto em meus braços,movido pelo amor,sem ter ao certo um rumo definido,sendo orientado pelo instinto,sem desgrudar toda minha atenção do ser divino bem a minha frente,o chegar a porta do quarto do garoto tive que me separar de seus beijos para poder abri-la,sentindo o moreno descer os beijos para meu pescoço,dando leves mordidos das quais me faziam arrepiar e sentir uma tensão passar pelo meu corpo,querendo mais daquele contato.

Quando em fim consegui abrir a porta do quarto,fiquei boquiaberto com tudo o que vi ali,não conseguia reagir estava petrificado no lugar.

-Will?- disse Nico, mas sua voz parecia distante para mim, sem poder me fazer acordar e meu transe. Mesmo assim o sinto descer do meu colo e se virar para encarar o que eu encarava. - Nossa ... 

Ao ouvir suas palavras foi que consegui despertar e perceber que estava parado igual um babaca sem reação,no momento mais inoportuno.

-Qu-quem fez tudo isso?- disse ainda me sentindo um idiota, vendo o pequeno ficar vermelho dos pés a cabeça.

-Não sei... Mas tem um bilhete na porta- disse o garoto mais vermelho que um tomate encarando o quarto ainda surpreso com tudo.

Olhei para a porta e vi ali o bilhete que continha uma caligrafia delicada e bonita,o bilhete era simples e específico,porém sem remetente,no qual dizia:

" APROVEITEM... NUNCA SE SABE QUANDO TERÃO OUTRA OPORTUNIDADE ... ISSO E POR TUDO O QUE PASSARAM,E POR AQUELA PEQUENA INTROMISSÃO"

Observei aquela maravilha novamente e agradeci a quem quer que tivesse feito aquilo e aos Deuses por tudo estar perfeito.

-Aqui diz para aproveitarmos...o que acha?-disse chegando até o moreno e o perguntando ao pé do ouvido de forma sedutora.

-Não sei quem fez isso, mas eu adorei- disse o moreno se virando para mim enroscando seus braços em meu pescoço me beijando, me fazendo adentrar em seu quarto junto de si, adorei esse novo lado atrevido do moreno, me causava arrepios.


Notas Finais


Comentem meus queridos
Bjuxxxx
><


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...