História Aposta e Desafio - Capítulo 28


Escrita por: ~ e ~SayuniSzewczuk

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Ayame, Byakuya, Hakudoushi, Inuyasha, Kagome, Kagura, Kanna, Kikyou, Kouga, Miroku, Naraku, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou
Tags Rin, Sesshoumaru
Exibições 116
Palavras 2.120
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


oiiiiiiii amores saudades eu sim eu e minha linda amiga jak pervertida kkkkkkkk ta bom eu sou a pervertida daqui, mais e ela e uma sapequinha acabamos de apronta essa aqui entao como eu sempre digo boa leitura e ah! e muito obrigada pelo 59 favoritos sem voces eu e a jak nao saberemos ser continuaremos mais voces nos incentiva a continua e agora vamos ate o fim.

Capítulo 28 - Duelo de morte...


Fanfic / Fanfiction Aposta e Desafio - Capítulo 28 - Duelo de morte...

 

__Rin se segura._olhei para frente e metade da ponte vermelha estada quebrada ao meio kagura acelerou mais ainda e fez o carro voa por outro lado.

 

 

_Aiiiiiiiiiiiiii vamos morrer.__comecei a grita desesperada quando o nosso carro estava no ar.__kaguraaaaaa.

 

 

Rapidamente o carro foi pro outro lado sem capota.__Está comedor Rin? Eu sempre venho aqui e já passei aqui várias vezes, Sesshoumaru como é teimoso ele vira atrás de você sozinho e sabe onde encontra a gente.__ela sorriu e olhou para me que ainda tremia no banco._Vamos para as caixas das aguas ,vamos encontra ele lá.

 

 

Seguimos pelo caminho e nada dos outros carros e nem  da polícia, não demorou muito e chegamos as mina de água, paramos o carro e kagura saiu do carro pegando a arma dela e outra com o cabo preto com desenho de uma rosa vermelha.__ Pega essa podemos dizer que é um presente.__olhei para a arma em minha mão.__Vamos temos que entra,lá dentro tem câmeras de segurava vamos ver quem chegar aqui.

 

 

_Ta vamos.__caminhamos para dentro da usina,os corredores estavam vazios não havia ninguém ali.__Tudo ta tão quieto aqui.__olhava para todos os lados do corredores.

 

 

__Aqui fica deserto a noite, fico aqui quando quero paz de tudo aquilo da organização,ela me cansa muito depois tenho que trabalhar no hospital para fica de olho nos passos do Taishos, Naraku e eu queria o dinheiro do hospital só por diversão já que entrei aos 15 anos para não deixa a Kanna fica com fome quando nossa mãe morreu,passei a trabalha muito e nada de dinheiro até que conheci Naraku e me contou sobre a venda de drogas na faculdade,eu topei trabalhar para ele logo fui aceita na organização e me tornei uma traficante assassina.__parei tentando engoli tudo aquilo,  Kagura traficante e assassina,  então era ela que vendia na faculdade já tinha ouvido que na época jovem estavam se drogando nos pátios.  Assassina Kagura tentou me mata duas vezes então ela realmente é culpada das morte do contabilista e o pai do Miroku.

 

 

__Kagura por que matou o pai do Miroku?._perguntei fraca abaixado a cabeça.

 

 

_Por que Naraku mandou, estava apaixonada por ele e faria qualquer coisa pelo Naraku mais depois de hoje quero ver ele morto.__ela falava em sinal de raiva na voz.Agora vamos temos que chega na cabine logo.__voltamos a anda até chegar na cabine, as câmeras estavam ligadas, assim que entrei kagura fechou a porta trancando e colocando algumas cadeira nela.__Fica olhado quem chega vou fica de vigia.__fiquei olhando para as  câmeras mais sentia meu corpo todo doer por conta dos cortes, demorou uma hora e logo um carro apareceu e pelo modelo já sabia quem era.

 

 

_Kagura o Sesshy chegou.__ ela olhou pra tela e sorriu.

 

 

__Vamos temos que sair daqui.__tiramos as cadeira e saímos para fora da sala correndo até as escadarias assim que vi Sesshoumaru lá embaixo meu coração acelerou muito, antes de falar algo escutei um barulho de pancada e Kagura caiu no chão olhei para ela caída e para  a pessoa que estava atrás de mim.

 

 

_Naraku__ sussurro com medo.

 

 

_Achou que ia escapa foi vadia.__ tremi pelo medo e a primeiro coisa que passou foi grita.

 

 

__SESSHY SOCORRO.__Naraku rapidamente segurou meus cabelos fazendo ir para traz. Sesshoumaru me viu e saiu correndo até onde estávamos.

 

 

_Vamos espera seu namoradinho,assim mato três coelhos em uma machadada só e depois vou atrás dos meus filhos.__ele sorriu diabolicamente, Naraku apontou uma arma para Kagura que estava inconsciente no chão._Essa piranha acha que eu não sabia que meus filhos estão na casa da Kikyou, aquela chifruda assumida deveria ter matado ela junto da irmã também.__ele sorriu mais ainda me deixando supresa por isso.

 

(POV’S Sesshoumaru) 

 

Se passou quarto dias e nada da Rin, estou ficando louco ainda estava no hospital queria sair e procurar ela em qualquer lugar, sempre recebo visita das amigas dela ,até do ex-noivo gay dela ,não consegui pensa em nada de direito meu filho esta em casa sobre forte segurava mais mesmo assim fico preocupado com ele.

 

 

_Rin amor onde você está. olhei pela janela deixando uma lágrima escorrer, quatro dias sem ela não sei se Rin está viva junto do nosso filho que acabamos de descobrir, meu coração esta despedaçado quero minha baixinha de volta, meu celular começou a tocar olhei pra tela e minha raiva aumento na ora atendendo rapidamente.

 

 

_Kagura? sua desgraçada cadê a Rin.__ falei com todo meu ódio que estava sentindo da Kagura.

 

 

__Amo sou eu preciso de ajuda.__meu coração pulou de felicidade por saber que ela estava viva, mas fiquei preocupada escutando tiro ao fundo.

 

 

__Rin cadê você amor onde você esta?.__perguntei com meu coração acelerado pelo medo de perde ela.

 

_Aiii.__mais tiros foram escutados.__ Sesshy estou na estrada 329 perto de kontara, nos agora estamos indo para a antiga ponte da cidade, Naraku esta atrás da gente agora mesmo, Kagura me salvou chama a polícia, Kagura esta ferida Sesshy chama seu pai ele poder ajuda a gente.__logo escutei a voz que até então me dava nojo.__ Sesshoumaru protege seu filho,a Kanna junto dos trigêmeos naraku vai atrás deles, seja rápido vou tenta proteger a Rin na usina da água e Sesshoumaru a Rakel ela ta aqui em Tóquio,você saber aonde ela esta, vai atrás dela, por favor, pega minha filha antes do Naraku pega ela também.__ já sabia onde encontra elas já que eu Kagura e os outros sempre ia pra aquele lugar ,assim que Kagura desligou retirei o soro do meu braço e comecei a me arrumar rapidamente, já ponto iria sair do quarto quando Inuyasha aparece.

 

__Ei para onde você pensa que vai Sesshoumaru? __olhei rapidamente pra ele e falei.

 

__Vou salva a Rin ,sei onde ela ta e preciso ser rápido vai para casa e protege o Hohamaru, liga por Hakudoushi e manda leva a Kanna e os trigêmeos para nossa casa agora, avisa o pai pra ir na casa da Kikyou lá tem uma garotinha chamada Rakel manda ele pega aquela menina nem que seja a força de lá rápido Inuyasha.__já estava saindo quando ele segurou meu braço fazendo encara ele.

 

__Toma cuidado mano ,mas primeiro me diga aonde ela esta.__vim a preocupação do Inuyasha e sorrir pelo meu irmão.

 

__Rin e Kagura estavam Indo para as caixa da água, chama a polícia e nosso pai elas estavam feridas o Naraku poder aparece lá a qualquer momento.__ Inuyasha concordou e saiu rapidamente do quarto ,assim que peguei meu carro dirigia acelerado pelas ruas queria chega rápido lá.

 

 

Depois de uma hora já tinha chegado ao local e avistei o carro da Kagura com os vidros e alguns furo nele, entrei rapidamente no local procurando a Rin mais logo escuto o grito dela ,olhei pra cima e aviste Naraku segurando os cabelos dela, senti muito raiva quando percebia que Rin estava toda machucada.

 

 

__Naraku solta a Rin isso é entre nos dois.__falei,assim que me aproximei deles logo vi Kagura no chão desacordada.

 

 

_Acha mesmo que vou solta essa vadia, ela me entregou para Interpol e para a federal no Brasil eu estou sendo caçado pela policia por culpa dela.__Naraku segurava com mais força os cabelos dela fazendo Rin grita.Você e ela se merecem, mas vocês dois tem que morre primeiro vai ser você Sesshoumaru.__Naraku jogou Rin no chão e apontou a arma pra mim.__Adeus Sesshoumaru.__feichei meus olhos e Naraku disparou.

 

 

_Naoooo.__Rin gritou e senti um corpo sendo jogado ao meu quando olhei era Kagura, ela tinha ficado na minha frente.__ KAGURA.__ela sorriu com a boca sangrando.

 

 

_ Pega minha arma Sesshy.__ela fechou os olhos fiquei segurando o corpo dela sem entender por que dela me salvou.

 

 

_Vadia eu ia te matar depois Kagura agora é melhor para com esse choro sua garota insuportável.__ele apontou a arma para Rin e meu coração ficou acelerado,peguei a arma que estava na mão da Kagura e apontei na direção do Naraku.__Adeus Rin.__ele iria disparar e atirei primeiro acertando ele.__Filho da puta minha barriga.__ele me olhou furioso.__Morrer desgraça.__ele apontou novamente para mim e sorrir para Rin achando que seria meu fim.

 

 

_Não você que vai morrer seu maldito.__Rin tirou uma arma de dentro do seu vestido e atirou acertando a testa do Naraku que caiu morto no chão, fiquei olhando para ela surpreso por isso,ela ficou tremendo com a arma na mão olhando o corpo do Naraku no chão__.eu... eu....ma...matei...ele.__ela passou a gaguejar ,depois ela olhou pra mim e para Kagura, jogando a arma no chão e correu na nossa direção ainda segurando o corpo da Kagura.__Kagura, gura por favor abre os olhos não morrer por favor volta.__Rin se jogou no corpo da Kagura e passou a chorar.__Gura por favor volta pela sua filha volta.__Kagura ser mexeu e olhou para Rin com dificuldade.

 

 

_Ta chorando patinha, não chora por uma assassina como eu.__ela passou a mão no rosto da Rin.Queria que nós duas tivéssemos se conhecido de outro jeito Rin Usumaki queria ser sua amiga.__Rin sorriu fraco e limpou os olhos de lagrimas.

 

 

__Por favor, Kagura tenta fica com a gente vamos ser amiga, por favor, regista.__ela me olhou __Sesshoumaru, por favor, ajuda.__fiquei fazendo compressa onde a bala se alojou.

 

 

_Rin eu não sei onde a bala ser alojou e não tenho minha maleta aqui vamos espera a polícia chega. não demorou e escutamos a polícia chegando, continuei segurando abaixo dos seios da Kagura onde a bala estava.

 

 

Rin olhou por corpo do Naraku e a arma que estava no chão e pegou de novo e voltou a olhar a Kagura._Amor quero que atire em outro canto rápido. não entendi por que disso.__Rápido Sesshoumaru.__apontei a arma por lugar afastado e atirei. logo depois a polícia entrou correndo Rin escondeu a arma que estava na mão dela a polícia chegou perto de nos três e viu Naraku morto,meu pai apareceu com a boca machucada.

 

__Meus filhos vocês estão bem.__confirmamos e olhamos para a Kagura que estava desmaiada em meus braços.

 

 

__Pai a Kagura precisa de ajuda agora mesmo, vamos leva ela por hospital.__a polícia se aproximou e Rin pegou a arma que ela matou o Naraku e colocou dentro do vestido, eu e meu pai olhamos sem entender por que daquilo, mais ela sorriu a polícia pediu a arma que estava em minha mão e levou.

 

 

_E um presente.__foi a única coisa que ela falou, a polícia e os paramédicos se aproximaram coloquei Kagura na marca, levando ela sendo seguida pelo meu pai fui onde estava a Rin e peguei ela em meu colo.__ Sesshy eu to bem. __olhei feio para ela e vi seus cortes aberto sangrando.__Foi o Naraku, ele me torturou me cortando com um canivete._se eu pudesse faria esse maldito viver só para poder mata ele de novo, mais lembrei de algo muito importante olhei para a barriga dela.

 

 

__Rin como ta o nosso filho amo.__falei tremendo de medo de algo te acontecido com ele.

 

 

__Ele esta bem amor, acho que esse bebê vai ser forte por aguentar tudo que aguentou, esse fruto do nosso amor esta bem.__ela falou sorrindo e fiquei aliviado, senti meu corte doer e saímos daquele lugar mais kouga apareceu com uma cara.

 

 

_Rin e Sesshoumaru como polícia terei que interrogar os dois e prender a Kagura caso ela sobreviva.__rin tremeu na ora.__Mais por ora vão para o  hospital os dois darão depoimento daqui a dois dias.__concordamos e saímos dali entrando na outra ambulância.

 

 

Assim eu chagamos no hospital Rin foi logo perguntando pela Kagura e as enfermeira aviaram que meu pai estava fazendo a cirurgia dela,Kikyou estava senda no banco de espera com duas crianças um menino e uma menina que sabia quem era, nos dois formos levados por quarto fazendo nossos curativos que abriram de novo.

 

 

Horas depois todos os nosso amigos estava no quarto conversando com gente Rin olhou pra Kagome e falou.__Amiga quando esse menino vai nasce em? Já tem nove meses e nada.__olhamos para Kagome e ela sorriu. 

 

 

__Falta uma semana Rin e você Sesshoumaru quando vai casar e da outro filho para Rin.__olhei pra ela e segurei sua mão, nossa cama era de casal somente os Taishos e amigos podem fica em quartos assim.

 

 

__Casar mês que fez Kagome, mais filho Rin já esta gravida.__todos que estava na sala ficaram de boca aberta.

 

 

_O QUE!. todos gritaram surpresos.

 

 

__Vamos ser titias mais uma vez aiii meu kami Sonka quero filho._Jakotshu pulo nos braços do namorado deixando ele corado.

 

 

__Vamos ter um em tão,mais primeiro Jakotshu que casar comigo?.ele falou e Jakotshu começou a chorar.

 

 

__Quero,quero,quero aiii vou casar e ter um filho.__ele beijou o Sonka e revirei os olhos de tédio mais paramos quando Ayume falou.

 

 

_Kagome por que você ta com uma possa de água entre as suas pernas e no chão?._Inuyasha e Kagome olharam e Rin gritou.

 

__VAI NASCER...

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...