História Appa?! - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Jessica, Seohyun, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Tags Babies, Kwon Boa, Kwon Sang Woo, Seulmin, Taeny, Taeny G!p, Yoonhyun, Yulsic, Yulsic G!p
Exibições 89
Palavras 712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


^^

Capítulo 11 - Sica Omma


Fanfic / Fanfiction Appa?! - Capítulo 11 - Sica Omma

Algumas horas depois, na pista de decolagem do aeroporto internacional do Rio de Janeiro, o jatinho comercial privado de Yuri, acabara de pausar em solo brasileiro. Apesar dela ter escutado muito bem das belezas daquele país, a morena não tinha tempo de apreciá-lo.
Ela queria resolver sua história com Jessica. Queria descobrir por quais motivos, a americana teve para não lhe procurar e dizê-la que estava grávida de gêmeos. Então a Kwon saiu do jatinho, acompanhada de seu herdeiro e o casal Yoonhyun, que a seguiam bem atrás.
Como a documentação do jatinho privado estava em dia e, não havia nenhuma infração na carteira de pilotagem de Seohyun, Yuri e seu pequeno grupo seguiram viagem.












Enquanto isso no hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, mas necessariamente na suíte presidencial da área de cobertura, uma castanha andava de um lado para o outro, visivelmente preocupada com algo ou alguém. E estava! Ela aguardava a chegada de seu segurança de confiança, que tinha levado o herdeiro da cantora, para tomar um pouco de banho de sol e, também fechar a conta daquele hotel.
Desde que soube do desaparecimento repentino de seu outro filho, Jessica andava sem nenhuma vontade de continuar com sua tour internacional. Ela sabia que se prosseguisse com aquilo, seus produtores lhe processariam e os fãs ficariam desapontados com a mesma.
Porém a americana tinha dinheiro o suficiente para pagar a multa da quebra de contrato com a gravadora, em relação ao cancelamento da Tour Wonderland.
Jessica podia sobreviver sem seus fãs, o apoio da sua família e até sem seu ciclo de amigos íntimos e celebridades. Mas ela jamais sobreviveria sem seus filhos...

- pronto, chefinha. Já está tudo acertado com o pessoal do hotel.

Avisou um grandalhão entrando no quarto da cantora, que assentiu para ele. Mas logo a Jung franziu a testa, pois Chanyeol não estava com o seu pequeno Mark. O que deixou-a apavorada só em imaginar o sumiço de seu outro filho.
Então como se tivesse notado a aflição da cantora, o grandão sorriu de maneira divertida e logo abriu a porta do quarto. Em seguida, um pequeno Mark adentrou na suíte de Jessica, segurando a mão do irmão gêmeo desaparecido, Yoongi, que sorriu para a castanha. Não demorou muito para que Jessica corresse até seus herdeiros e os abraçasse.

- Meu Deus! É você mesmo, meu pequeno Sugar?

Questionou a Jung apertando Yoongi contra si e, este se remexia no abraço de urso de sua mãe, tentando respirar de algum jeito.

- sim, omma, sou eu. Mas solta por favor... estou ficando sem ar..

Murmurou o menino, ainda inquieto nos braços de Jessica, que o soltou em seguida.

- onde você se meteu, Suga? Porque fugiu? Os meus pais fizeram algo com você? Eu quase morri de preocupação!
- sorry, omma, mas realmente foi necessário.
- como assim, meu filho?
- eu escutei uma conversa esquisita do Donghae com o Yunho..
- que tipo de conversa?
- não sei direto, porque só escutei o final dela. E também isso aconteceu um dia antes de aparecer todas aquelas câmeras lá em casa...
- e o que eles conversavam, pequeno?
- eles discutiam a maneira mais rápido de aniquilar o convívio do Mark e eu, com você.

Revelou Suga fitando sua mãe, que engoliu um enorme nó que estava sendo formado em sua garganta.

- me explica isso direito, meu amor.
- o Donghae era quem ditava as ordens para o Yunho, que queria negar. Mas era como se ele estivesse com o rabo preso, eu não sei..
- tudo bem, querido. Eu prometo que nada e nem ninguém, vai nos separar!

Disse Jessica afagando os cabelos negros do filho mais velho, que lhe abraçou pelas pernas. A castanha sabia o quanto seu herdeiro estava assustado com a conversa que ele, provavelmente escutou sem querer.

- eu estou com medo..
- não precisa, meu amor, a omma está com você! Com você e com seu irmão.
- foi por isso que eu fugi, não queria ser um alvo fácil para eles. E também por outro motivo...
- como assim? Yoongi, meu filho, aonde você esteve?

Inquiriu Jessica outra vez para seu filho, que abriu a boca para responder, mas antes ele escutou uma voz familiar.

- comigo!


Notas Finais


Eita, que chegou a tão esperada hora! E aí, o que vai acontecer? Será que teremos respostas sobre o que aconteceu no passado de Yulsic? E qual vai ser a reação da Jessica? Então é isso pessoal, comentem se gostaram e até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...