História Appa, eu te amo ! (YoonSeok) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Filho, Loli, Pai, Romance Proibido, Yoonseok
Exibições 463
Palavras 1.918
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellooooou
Voltei com mais uma fic de YoonSeok

Boa leitura anjoos ♡♡

Capítulo 1 - Adotando um menino fofo


Fanfic / Fanfiction Appa, eu te amo ! (YoonSeok) - Capítulo 1 - Adotando um menino fofo

P.O.V's Hoseok

Me levanto com o barulho do meu celular, havia alguém me ligando e esse alguém é meu amigo Kim Namjoon. Atendo o celular para ver o que ele queria.

LIGAÇÃO ~ ON

- Alô?

- Oi Hobi, você vai vim hoje que horas?

- Daqui a pouco to aí.

- Beleza, é que tem umas modelos aqui para você fotografar.

- Tá, já estou indo.

LIGAÇÃO ~ OFF

Namjoon e eu trabalhamos juntos como fotógrafos e minha vida é monótona e solitária, Nam vive me falando para adotar uma criança mas eu não estou afim porque de trabalho e problemas estou farto desde o dia que Taehyung me traiu... bom nem sei se aquilo que tive com ele pode se chamar de "relacionamento" porque Tae vivia nas baladas e provavelmente me chifrando fui cego em não acreditar em Nammie.

Me arrumei, fiz minhas higienes, peguei as chaves do carro, tranquei a porta e fui para a Agência de Fotógrafos, onde trabalho com o desastrado do Namjoon.

Chegando lá, realmente, havia várias modelos para serem fotografadas, acho que umas 9 ou 10. E assim foi meu dia, como sempre meninas dando emcima de mim e eu dizia que sou gay, fotografei as modelos e pronto, agora é só voltar para minha casa soli... acho que Nammie tem razão ... vou adotar uma criança mas vou adotar uma que tenha uns 15 á 17 anos.

- Ei Namjoon !! Vem cá !!

- To indo

Ele vem em minha direção e eu vou soltar logo o que tenho para falar.

- Eu vou ...adotar uma "criança"-- fiz aspas com os dedos e ele me olhou confuso.

- Por que fez aspas com os dedos ?

- Porque vou adotar um que tenha de 15 á 17 anos.

- Entendi... fico feliz por isso.

Ele bateu palminhas e mostrou seu sorriso com as covinhas mas logo ele ficou corado porque Kim Seokjin o chamou para o ajudar essa noite com alguns photoshoot das modelos e claro que ele não ia perder essa chance e aceitou logo de cara, Nammie sempre teve uma queda pelo Jin.

Saí da agência e fui para meu carro, dei partida e fui dirigindo até que parei em um orfanato, enrrei no local e fui recebido por uma mulher bondosa acho que era a diretora de lá, expliquei a ela que eu queria adotar e ela sorriu para mim e disse que eu poderia ver quem eu iria levar.

E assim feito, fui andando em um pátio enorme onde umas 4 criança corriam e apenas 1 me chamou a atenção... sua pele é branca como Lua, um olhar sereno e com brilho, seus cabelos esverdeados jogados para o lado e agarrava um ursinho do Kumamon.

Ele percebeu que tinha alguém que o observava, então levantou sua cabeça atrapalhando sua leitura, e me encarando, o menino corou e na mesma hora abaixou a cabeça.

Fui até ele e sentei ao seu lado.

- Olá 

- o-oi

Como pensei, mais lindo de perto e corado ao extremo.

- O que lê?

- " As crônicas de Nárnia"

- Uau, eu amo esse livro

- Jura ??!!

Seus olhinhos brilharam ainda mais e se encontraram com os meus.

- Juro

- Muitos dizem que sou idiota por ler livros que me fazem louco... acha que pareço um louco ?

- Claro que não, pequeno, escute você é um adolescente inteligente, fofo,  bonito e isso atrai qualquer um.

- O-obrigado Sr....

- Ah me chamo Hoseok, Jung Hoseok mas se preferir pode me chamar de Hobi ou Hope... e você ?

- Me chamo Yoongi, Min Yoongi mas se preferir pode me chamar de Suga.

Ele deu um sorriso gengival tão lindo.

- Quantos anos tem, Yoongi?

- Tenho 18.

Ele logo abaixou sua cabeça e uma lágrima saiu de seus olhos.

- Ei... o que houve, pequeno ?

- Eu nunca vou sair daqui, ninguém gosta de mim e é por isso que não me adotam.

Ele desaba em lágrimas e eu apenas o abraço, ele retribui.

- Calma, vai chegar sua vez.

- Mas quando ? Não aguento mais essas crianças e alguns adolescente me discriminarem e me excluírem só por eu ser gay, ter pele pálida e ter gostos diferentes do deles.

Eu ia falar algo mas a diretora SunLeehu me chamou e dei um beijo na testa do pequeno e saí.

- E entã senhor Jung... já se decidiu quem irá adotar?

Pensei bem e eu já havia feito minha escolha.

- Irei adotar Min Yoongi.

Ela sorriu largo e me deu uns papeis para assinar a adoção de Min Yoongi.

Pronto, agora irei pegar meu "bebê". Saí da sala da diretora e fui para o pátio onde meu mais novo filho estava e senti raiva de 3 adolescente que pegaram o livro de Yoongi e começaram a dar livradas nele. Me aproximei e segurei o pulso do moleque que estava fazendo aquilo, Yoongi estava chorando e protegendo seu rosto com os braços.

- POR QUE ESTÁ FAZENDO ISSO COM MEU FILHO ??!!

- Me d-desculpe senhor.

Os três pestinhas sairam correndo e eu abracei Yoongi.

- É verdade ??

- Sim ... agora sou seu Appa.

Ele sorriu e eu retribui, peguei em sua mão e o levei para meu carro mas antes ele se despediu de SunLeeHu e entrou. 

Fomos para minha casa e entrei junto com ele, eu adorei a cara de fascinado dele, cada detalhe de seu rosto foi bem desenhado, são traços delicados e angelicais.

- Appa onde vou dormir ?

- Ah sim, vou te mostrar seu quarto.

Fui o guiando para seu quarto, ele entrou e gostou da cor dizia que azul e verde eram suas cores favoritas e eu apenas sorria com cada reação dele.

- Appa ... estou com sono.

Suga falou manhoso como uma criança mas eu pretendo fazer uma pergunta.

- Yoongi ?

- Sim ?

- Você... se veste... como...

- Menina ?

Completou o mesmo e eu assenti e ele deu uma risadinha fofa.

- Sim appa, espero que não e incomode com isso, me sinto bem usando sainhas e meias de menina.

- Não me importo não, Yoongi... agora vou te colocar para dormir já são 11:30 da noite.

Peguei-o no colo, o levei para cama e deitei ele lá, dei um beijo em sua testa e saí de seu quarto.

Eu entrei no banheiro, tomei meu banho e fui para a cama e adormeci com o barulho de chuva.

 

P.O.V's Yoongi

Eu nem acredito que fui, finalmente, adotado.. meu appa é tão bonito e jovem. Antes de dormir coloquei meu pijama do Kumamon.

Estava tentando dormir mas o meu medo de trovões não me deixava, então peguei minha pelúcia do Kumamon e fui para o quarto do Appa.

Bati na porta três vezes até que entrei e vi Appa dormindo tranquilo, cutuquei um pouco e ele acordou.

- O que foi bebê?

- Appa, não consigo dormir.

Ele se levantou e eu corei porque ele estava sem camisa.

- Tem medo de trovões ?

Assenti para ele e o mesmo me puxou me fazendo deitar na cama junto a ele, em seguida juntou nossos corpos e eu me virei para ele.

- Boa noite e obrigado Appa 

Sorri para ele e o mesmo me deu um beijo na testa.

- Boa noite neném.

Agarrei em sua cintura e adormeci com ele.

 

P.O.V's Hoseok

No dia seguinte, acordo com um pesinho em minha cintura, era o bracinho de Yoongi, como ele é fofo dormindo, dou um beijo em sua bochecha e o mesmo acorda.

- Bom dia filho

- Bom dia Appa.

Ah que sorriso lindo ... agora sim minha vida não é mais sem graça e solitária agora tenho Yoongi que me faz esquecer dos trabalhos e principalmente de Taehyung.

Como hoje é final de semana, resolvi levar Yoongi para um parque e depois uma sorveteria, quando contei essa ideia, ele pulou da cama animado e me abraçou muito , vou dizer que me sinto ótimo com ele, ele me faz bem, me sinto amado com ele.

Chegamos no parque, e ele parecia uma criança não parava de correr, até que ele se cansou e fomos para a sorveteria, eu pedi um milkshake de ovomaltine e ele pediu um de menta. Ele adorava esse sabor, bom foi isso que ele disse.

Esse dia estava sendo ótimo até que:

- Appa, por que aquele moço não para de te encarar e de me encarar?

- Quem ?

Ele apontou para trás, virei para ver de quem Suga falava mas me arrependi, era Taehyung e estava vindo em nossa direção.

- Uau... como me esquece rápido né Hoseok?

Taehyung olhava Yoongi de cima  a baixo, até que ele começa a dar piti.

- Meu Deus Hoseok, como consegue me esquecer com esse projeto de boneco de neve? hahhaha que menino mais horrível. Esse milkshake verde deve estar estragado vou jogar no lixo.

Taehyung pegou o milkshake das pequenas mãozinhas de Yoon e despejou tudo em sua cabeça. Meu pequeno saiu correndo, chorando. 

Taehyung tinha um sorriso vitorioso, aaaah não agora foi demais.

- TAEHYUNG, ME DEIXA VIVER EM PAZ, ELE NÃO É MEU NAMORADO, É MEU FILHO. E SE ELE FOSSE MEU NAMORADO NÃO SERIA MAIS DA SUA CONTA PORQUE DESDE QUE TERMINOU COMIGO, VOCÊ NÃO TEM MAIS ESSE DIREITO ENTÃO SOME, DESAPARECE PRAGA !!!

Taehyung me olhava incrédulo e eu sai correndo atrás de meu filho, não o achei em lugar nenhum, fui para casa ver se ele estava lá mas no caso ele não conseguiu entrar pois eu segui pingos due milkshake pelo quintal e lá estava ele, chorando horrores debaixo da cerejeira, coloquei minha mão em seu ombro, ele olhou para mim e enxugou suas lágrimas.

- Papai ... me perdoe por estragar seu sábado.

Ele estava se culpando por algo que não fez, me abaixei e o abracei.

- APPA! Sua blusa ... papai.... 

- Não ligo.

Eu separei o abraço e ele estava lá sorrindo para mim denovo.

- Isso ... sorri para mim, gosto muito do seu sorriso.

Ele corou e foi aí que percebi que ele ainda estava cheio de milkshake na cabeça.

- Vem, vamos entrar, vou te dar um banho.

Entramos e o levei direto para o banheiro, liguei a torneira da banheira e assim que encheu eu desliguei, tirei a roupinha de Yoongi e o coloquei na banheira.

- Papai, não precisava ter tirado minha roupa, eu sei tirar.

Diz ele todo corado, acho isso nele atraente, fofo e de alguma maneira sexy.

- Eu sei, pequeno, agora vou lavar seu cabelo.

Peguei o shampoo, despejei um pouco e sua cabeça, comecei a esfregar sua cabeça enquanto ele brincava com a água, Suga realmente parecia uma criança no corpo de um adolescente.

Terminado o banho, o ajudei a se secar e também colocar roupa, ele pegou o pijama dele de panda e vestiu.

Fomos para a sala e assistimos um filme enquanto eu e ele comemos besteiras, quando terminamos nossa diversão, subimos e escovamos os dentes.

Levei Yoongi para seu quarto e o deitei.

- Appa... -- me chamou todo manhoso

- Fala filhote.

- Pode me dar um selinho de pai e filho .

Ele cora denovo e eu sorri e lhe dei um selinho nem tão demorado.

- Boa noite Appa.

- Boa noite, meu anjo.

Fui para o meu quarto e dormi pensando no selinho que eu lhe dei.

 


Notas Finais


Oiee denvoo amanhã terá mais ok ...??

FIGHTING ! ~¤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...