História Appa, eu te amo ! (YoonSeok) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Filho, Loli, Pai, Romance Proibido, Yoonseok
Exibições 235
Palavras 1.792
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oeee como vocês previram será um capítulo falando dos três kkk vou contar a história do Taetae e um lemon dos de TaeKookMin ^--^

BOA LEITURA !!

Capítulo 14 - KookVMin (Especial)


Fanfic / Fanfiction Appa, eu te amo ! (YoonSeok) - Capítulo 14 - KookVMin (Especial)

P.O.V's Taehyung

Realmente, Hoseok tem razão, eu devo parar de me iludir e me amar mais. Entrei para casa e minha boca estava sangrando um pouco, resolvi tomar um banho e vestir uma roupas fresca.

Entrei na banheira com minhas espumas deliciosas, e me "deitei" nela deixando apenas a parte do meu nariz até a cabeça fora da água, pensando na minha vida e em como sofri.

FLASHBACK ~ ON

- Taetae vem comer, meu anjo.

- Já vou omma...

Minha omma é tão linda e carinhosa comigo que eu acho que quem é o anjo, é realmente ela. Fui para a cozinha onde mamãe estava e ela colocou minha comida, mesmo eu tendo 18 anos ela me trata como um bebê, sentamos e começamos a comer.

- Omma, o Appa saiu denovo né?

- Sim, filho. Meu menino... quero que me prometa algo.

- Claro omma, o que você quiser.

- Quero que me prometa, que será feliz mesmo depois de acontecer uma coisa.. não fale nada apenas me prometa meu anjo.

- Ok, prometo omma.

Ela sorriu para mim, e como eu amava aquele sorriso, Appa me dá tanto carinho mas ainda sim sinto mais amor por minha Omma, me levantei e lavei a louça ela, Omma ria enquanto brincavámos com o sabão. Appa havia chegado em casa, batendo a porta com força e esbarrando em tudo, ele havia caído e eu fui correndo ajudá-lo mas quando eu o ajudei, ele tinha me dado um tapa, que não entendi o porquê.

- A-Appa... por que me bateu?

- Eu descobri Taehyung...você é uma merda de um gay e eu não tenho filho gay, onde foi que eu errei na sua criação moleque??!!

Ele gritava e eu chorava, Omma veio correndo até a sala e me abraçou forte.

- Calma filho tá tudo bem meu anjo...

- VOCÊ AINDA DEFENDE ESSE MERDA JISOO??!!

- CALADO, SOOJEUM !! ELE É MEU FILHO.

Appa começou a bater em minha Omma, até que segurei em seu braço fazendo com que ele parasse e minha Omma mantinha o sorriso, expulsei meu Appa de casa a murros e chutes, cheguei na sala novamente e minha Omma do nada havia desmaiado... ou ao menos achava isso, começava a gritar pelo seu nome mas nada dela acordar, tentei de tudo dei tapinhas, despejei água em seu rosto mas ela ia ficando fria e pálida, coloquei o rosto em seu peito e desabei em lágrimas... não conseguia mais ouvir seu coração.

- OMMAAAA !!! NÃO OMMA... POR FAVOR VOLTA!! OMMAAAAA !!!

Eu queria que aquilo fosse um pesadelo mas não era, ela havia me deixado, se eu soubesse que eu receberia  os últimos sorrisos e um último abraço... teria sido diferente?

Nesse tempo, eu namorava Hoseok, sempre fiel e protetor, me deu carinho e amor assim como minha Omma mas fui um idiota de traí-lo... eu fui idiota de ser a mesma coisa que aquele homem.

Quando Hobi terminou comigo, meu mundo havia acabado, eu perdi duas pessoas que amo, minha Omma nunca poderei tocar e ir para o colo dela atrás de conselhos, agora perdi Hoseok e assim que soube que  ele havia um "novo amor" chamado Min Yoongi fiquei possesso e tentei matá-lo e separá-lo de Hobi para tê-lo de volta mas nada adiantou pois isso tudo que fiz apenas os uniu ainda mais e Hoseok sentia apenas ódio e nojo de mim, e isso me abriu os olhos para dois meninos, Jimin e Jungkook, os dois namoram mas eu nunca aceitei tais sentimento por eles e por isso ficava atrás de Hoseok... é errado nutrir sentimentos por duas pessoas que namoram... é errado, tudo que faço ou sinto é errado, eu sou apenas mais um erro no mundo.

FLASHBACK ~ OFF

Abro meus olhos e já estou relaxado, saio de meus devaneios com batidas na porta.

- Sim ?

Jungkook e Jimin haviam entrado no banheiro e eu corei pelo fato deles estarem sem camisa e eu sem roupa e no banho.

- Ei Tae você a tempos aí, deixa a gente tomar banho também né?

- Claro Kookie hyung. 

Fui pegar minha toalha mas Jimin havia pegado ela.

- Ei Jimin hyung... me dá isso caramba...

- Fale direito com seu Daddy, Tae.

Bufei e ele jogou a toalha em meu rosto, me levantei, me sequei e vesti uma regata branca,cueca box vermelha e calça moletom. Me deitei em minha cama e comecei a relaxar, quando senti peso em minha cama e juro que não é meu... abri os olhos e vi Jimin e Jungkook em cima de mim... eu corei violentamente com tal atitude deles.

- O quê estão fazendo?

- Vamos tornar você, em nosso Baby hoje.

Eles se olharam maliciosos e eu comecei a rir da cara deles, mas na verdade, por dentro eu estava congelado e a única coisa que eu pensei foi rir deles, meu pior erro pois me olharam sério.

- Tá legal... essa piada foi ótima mas aqui, não sei se perceberam, é meu quarto e não um show de Stand-Up. Vocês são um pé no saco.

Fui me levantar, porém, me empurraram com brutalidade na cama, me fazendo olhá-los espantados com aquela ação repentina.

- EI !! ME LARGUEM !! SEUS BUCETAS !!

- Você está sendo mal com seus hyungs Tae... merece ser punido.

Kook disse e ele junto a Jimin morderam meus lóbulos, começaram a morder meu pescoço e a dar chupões, eu estava adorando mas não posso .. é errado.

- Parem, isso é errado... tudo está errado.

Comecei a chorar, e os dois me olharam preocupados e me perguntaram o que estava errado.

- É errado eu amar duas pessoa que namoram, é errado e ... eu não posso.

Me levantei e fiquei de frente a janela, meus hyungs me abraçaram por trás me fazendo derreter, distribuiram beijinhos pelo meu pescoço.

- H-hyungs... não façam isso comigo.

- Nós te amamos, Taehyung.

Disseram em uníssono e eu olhei para eles surpreso pois eu pensava que meu amor não seria correspondido nunca. Assim que "acordei para a vida", me dei conta que Jungkook se vestia de policial e Jimin de secretário, abri minha boca chocado com aquilo, confesso que eles estavam  fodidamente sexys.

Jungkook me agarrou e começou a abaixar minha calça enquanto Jimin ia me beijando.

- Vocês são l-loucos...

- Na verdade você nos deixa louco, Tae. Sua bunda valorizada com aquela calça de couro, seu abs não muito definido á mostra quando vai mergulhar, cada detalhe de você nos deixa loucos.

Foram me encaminhando até a cama e me deitaram na mesma. Retiraram minha roupa por completo, me deixando á mostra para eles. Jimin abocanhou meu membro me fazendo gemer alto mas abafado devido ao beijo de Jungkook... o clima era cada vez mais quente. Tirei a roupas de Jungkook e de Jimin logo em seguida...mordi os lábios olhando aqueles abs que seriam e eram apenas meus esta noite e para sempre.

Jungkook me deixou de quatro, Jimin se ajoelhou em minha frente e disse para eu chupá-lo mas Kookie me ordenou primeiro a chupar dois dedos dele e assim fiz, quando ele viu que estava úmidos o suficiente retirou-os da minha boca, manti a mesma aberta para receber o membro de Jimin que foi fundo até minha garganta, não engasguei pois já havia me acostumado com isso, Jimin fodia minha boca e Jungkook enfiava dois dedos em mim, ele fazia movimentos de vai e vem e de tesoura enquanto ele me preparava com uma mão, a outra estava concentrada em me masturbar.

- Aahnn... Daddys...

Gemi abafado com o membro de Jimin em minha boca, voltei a gemer quando Jungkook me estocava fundo e rápido, ChimChim já estava chegando ao ápice, ele jogou a cabeça para trás e gozou em mimha boca, engoli tudo e continuei a gemer, e Jimin se masturbava olhando a cena até que Kookie geme alto e goza em meu interior e Jimin gozou pela segunda vez só que em minha cara. Continuei de quatro e os dois inverteram, agora eu fazia boquete em Jungkook e Jimin me fodia, eu estava adorando aquilo tudo, os dois gozando em mim é maravilhoso, após isso, Jungkook foi para trás de Jimin e o estocava, e ChimChim continuava a me estocar, gemíamos alto e nossas respirações estavam descompassadas, eu já até perdi as contas de quantas vezes Jimin e Jungkook gozaram mas sei que bateram o recorde.

Nos deitamos e eu fiquei no meio, eles me abraçaram e sorriram.

- Você tem o melhor boquete Tae.

- Calado Jimin.

- Concordo com você, Jimin.

- Você também Kookie.

Rimos e dormimos. Nem acredito que transei com os dois amores da minha vida e ainda sou correspondido, pelo menos adormeci tranquilo e feliz.

Acordei e eles não estavam na minha cama, abaixei minha cabeça pensando que eu fui usado, que fui apenas um brinquedo e que aquelas três palavrinhas fossem mentira... balancei minha cabeça me afastando desses pensamentos, fui para o banheiro e fiz minhas higienes, observava cada marca da noite passada e um sorriso bobo brotava em meu rosto.

Desci para comer algo e tinha um papel rosa em cima da mesa, peguei e li.

Tae

vem aqui fora, no quintal de trás e rápido.

de seus amores hyungs ♡

Sorri e fui para fora indo em direção ao quintal e lá estavam, corri até eles e abracei-os forte os dois retribuiram e sorriram... até que ouço um miado.

- Hyungs... eu sabia que vocês são uns gatinhos mas não sabia que miavam como um.

Os dois riram e me olharam

- Que foi ? Falei algo errado ?

- Não Taetae... é que sua lerdeza nos impressiona.

Dei um tapa em Jimin e Kookie riu, o toquinho de amarrar jegue vulgo Jimin vendou meus olhos.

- Kookie pode tirar a venda dele??

- Pode ChimChim.

Assim que Jimin tirou a venda, vi uma caixa meio fechada e meio aberta aos meus pés... quando fui abrir a caixa, me surpreendi com um gatinho siamês ... tão lindo, peguei-o e o abracei.

- Aaaah que fofooooo, sempe quis um gatinho... obrigado Daddys.

- Feliz aniversário Babyboy.

Dei um beijo em cada um, mas fiquei pensativo, olhei para o gatinho e:

- Vou te chamar de Sehun...

- Ué por que Sehun ??

- Porque ele tá sério igual uma porta 

- Tae a sua lerdeza e infantilidade nos impressiona...

Rimos a tarde toda e comemoramos meu aniversário em uma pizzaria e depois ao parque, chegaos em casa e tomamos banho juntos... dormimos agarradinhos e Sehun estava na caminha dele dormindo igual a um anjo.

Obrigado Omma Jisoo... por colocar pessoas especiais em minha vida ... meu anjo do sorriso lindo.


Notas Finais


Eai o que acharam ?? Curtiram ?? Amaram ??
Ficou mt grande ??

FIGHTING !~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...