História Appa, eu te amo ! (YoonSeok) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Filho, Loli, Pai, Romance Proibido, Yoonseok
Exibições 508
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Chegueeeei

BOA LEITURA !!

Capítulo 2 - Sonhos eróticos e ciúmes


Fanfic / Fanfiction Appa, eu te amo ! (YoonSeok) - Capítulo 2 - Sonhos eróticos e ciúmes

P.O.V's Hoseok

SONHO ~ ON

Appa ... m-mais ... aaah

Yoongi gemia, e isso era como melodia para meus ouvidos.

- Appa..ahnn... 

- Y-Yoongi... você é tão a-apertado...

Depois de várias estocadas, gozei no interior de Yoongi, que gemeu alto.

- AHHHH A-APPAA.... 

SONHO ~ OFF

Acordo rápido, continuo deitado na cama, eu estava suado (sei lá o porquê) e fiquei pensando no sonho que eu tive com o meu filho... é tão errado mas eu o amo, não do jeito de pai e filho e sim como namorados. Paro de pensar um pouco, devido a um incomodo no vão de minhas pernas, me levanto e vou para o banheiro, ligo o chuveiro, entro e deixo a água cair sobre meu corpo enquanto eu me aliviava.

Quando terminei, sai do banheiro e fui para o quarto de Yoongi, entrei e o vi vestido com uma sainha, meias 7/8 branca, gravatinha e blusa social da faculdade onde eu o matriculei.

- Appa ... gostou ??

-Sim filho, adorei.

- Papai o que eram aqueles sons estranhos?

 Será que entraram gente aqui em casa e eu não percebi?

- Não filhote... como eram esse sons?

- Assim: aaahnm... huuum...

Antes que ele continuasse, tapei sua boca com minha mão e ele me olhou assustado.

- Não sei filho, de certo eram ... pássaros.

- Certo.... ah appa hoje vou encontrar com o Jimin.

Ele soltou um risadinha e pude perceber que sua bochecha estava um pouco vermelhinha. Mas quem é esse tal Jimin? E se for o amantezinho de Taehyung. Confesso que estou com um pouco de ciúmes.

- Quem é esse Jimin ?

- Meu "namorado".

Por que ele fez aspas?

- Por que você fez aspas?

- Porque... eu e ele não oficializamos o namoro ainda.

- E você conhece ele de onde?

- Aquele tal de Taehyung, falou de mim para Jimin e ele se apaixonou por mim. Ele disse que se eu fizer tudo para ele, ele vai vim falar com você para oficializar.

Ele dava pulinhos de alegria e dava até dó só de pensar .

Eu não acredito, ele está usando o meu Yoongi para seus interesses, isso não vai ficar barato não, me aguarde Jimin porque NINGUÉM vai usar o meu bebê. Levei Yoongi para a faculdade e lá vi o Jimin, saí do carro e Yoongi entrou para sua aula, puxei o menino de cabelos cor de fogo.

- Ei, ei , ei vai com calma ae!

- O que você quer do Yoongi hein Jimin? Já não basta o Taehyung ??!

- Já é a vigésima terceira vez que eu falo, eu estava bebâdo e Tae se aproveitou disso e me levou para cama. E outra não quero nada com o Yoongi, quem me obrigou a fazer isso foi Taehyung, seu ex. Bom eu não quero perd...

Sua fala morreu e eu não entendi o porquê.

- Ai droga !!

- O houve Jimin?

- Yoongi escutou tudo.

Essa não, agora não posso explicar, vou fazer isso quando eu trazer ele para casa. Fui para o meu carro e fui embora, chegando lá entrei no quarto de Suga e peguei seu travesseiro, fiquei cheirando o doce perfume de Suga e adormeci.

Quando acordei olhei para o relógio e já marcava 7:00 horas , me arrumei correndo pois Suga saía 30 minutos depois (7:30 ah vá).

Cheguei em sua escola e o vi saindo de mãos dadas mas não era com Jimin, era com um rapaz alto, loiro, musculoso e fazia o meu Suga rir. Os dois vieram em minha direção e eu sorri falsamente.

- Oi appa, esse aqui é meu amigo Jackson.

- Muito prazer, senhor Jung...

- O prazer é meu.

Falei sem animação alguma, e disse para Yoongi entrar porque nós iriamos sair, Suga deu um beijo ... na BOCA do Jackson,  eu fiquei com a boca em um perfeito "O" , fiquei imaginando como seria se fosse minha boca ali (ou minha parte íntima, aish para Hoseok com esses pensamentos), então ele entrou no carro logo depois de se despedir de Jackson.

Entrei no carro e o caminho foi silencioso até que:

- Appa... me ensina?

Parei o carro em um jardim (sei lá) e o olhei confuso.

- Ensinar o que nenêm?

- Me ensine a ... beijar de língua? -- ele sussurrou essa parte em meu ouvido e eu me arrepiei.

- M-mas Y-Yoongi... você ... sabe beijar.

- Só não sei de língua, appa..

Ele se apoiou em minha perna e fez um biquinho, certo, tudo bem não há nada de mal em ensinar seu filho a beijar, fui me aproximando até que eu seli nossos lábios, a boca de Yoongi é macia e tem um sabor único de Tutti frutti... pedi passagem com a língua e ele cedeu, ele segurava em minha nuca com uma mão e a outra puxava meus cabelos, e eu segurava em sua cinturinha, "sem querer" apertei sua cintura e ele interrompeu o beijo com uma arfada que o fez corar.

- A-appa.. aigoo seu pervertido.

Eu e ele rimos e fomos para casa, só usei a desculpa de sair para eu me livrar logo daquele Jackson, Yoongi é apenas meu, SOMENTE MEU.

Chegamos em casa e vi que Yoongi dormia como um anjo no banco do carro. Abri a porta, saí e abri a porta do lado de Yoongi e o peguei no colo.

Subi as escadas e o levei para meu quarto, hoje estava trovejando e sei que ele tem medo, o coloquei na cama e fui tomar outro banho, saí e ele ainda dormia tranquilamente e me deitei mas eu acabei que ficando excitado pois ele fez pressão e rebolou em um lugar restrito, quando eu ia virar o para o lado oposto, Yoongi agarrou meu amiguinho e disse:

- Appa, para que trouxe uma lanterna?

- P-para quando c-cair a e-energia, filho...ahn.

Droga eu gaguejei e gemi porque ele estava mexendo no meu membro e dei graças a Deus que ele tirou a mão de lá.

- Boa noite filho.

- Boa noite Appa.... e cadê meu beijinho papai?

- Hoje não bebê...

- Beijinho papai beijinho, por favor.

Não resisti e o beijei e acabamos que dormindo coladinhos, e aquele cheiro do Suga é maravilhoso


Notas Finais


Provavelmente eu poste mais um hoje ou não kkk espero que tenho gostado do cap.

FIGHTING !~¤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...