História Aprenda com o Diário - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi
Exibições 53
Palavras 2.402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem por demorar de postar, eu fiquei um pouco dodói. Bem... Boa leitura para todos! :3

Capítulo 6 - Gaara está morrendo!


Sakura on

Acordei olhando para o teto branco com flores. Sentei na cama e olhei ao redor. Eu tinha que fazer uma reforma.

Fiz minha higiene matinal e comecei a vestir-me.

- TenTen, acorda vamos nos atrasar. Ino larga esse celular e vai vestir uma roupa! - Escutava Hinata reclamar com as meninas.

Ino tinha um serio problema de ficar sem roupa em casa. Principalmente na hora de dormi.

Revirei os olhos.

Sai do quarto e fui para a sala onde Anko já me esperava com uma maçã em mãos.

- Bom dia. - Falei sem a minima vontade.

- Bom dia. Aconteceu uma coisa estranha na hora que acordei... - Comentou pensativa.

- O que? - Perguntei sem o mínimo interesse me sentando no sofá e conferindo os materias da minha bolsa.

- O Itachi me chamou de noiva... - Comentou em seguida mordendo a maçã.

Arregalei os olhos. NÃO ACREDITO QUE ME ESQUECI DISSO!

Respira Sakura.

- Bem, ele deve ter um motivo. - Falei sorrindo amarelo.

- Você tem alguma coisa aver com isso? - Perguntou desconfiada.

- Euuu? Claro que não! Imagina só eu ter alguma coisa aver com isso. - Falei começando a suar.

- Haruno Haruno, se você tiver alguma coisa aver com isso é melhor me contar. - Falou ficando seria.

- Bem... Talvez alguém tenha dito que você era a noiva do Itachi para a senhora Uchiha... - Falei mexendo meus dedos.

Anko parou de levar a maçã para sua boca, me olhou arqueando uma sobrancelha, para logo em seguida se levantar com os punhos fechados.

- EU NÃO ACREDITO HARUNO SAKURA! - Exclamou totalmente nervosa.

Me levantei e sai correndo pelas escadas. Droga!

Invadi o quarto de Ino que estava com uma saia e um sutiã, a mesma me olhou confusa para logo depois se assustar com a Anko demoníaca que entrava pela porta.

- O que é isso? - Perguntou a loira.

- EU VOU MATAR ESSA VACA COR- DE - ROSA! - Gritou me fazendo ir para trás da loira.

- O que ta acontecendo? - Perguntaram Hinata e TenTen ao mesmo tempo.

- Anko, não mata a nossa vaquinha. A coitada já levou um soco ontem. - Argumentou Ino sorrindo de forma estranha.

- ELA DISSE PARA A SENHORA UCHIHA QUE EU ERA NOIVA DO ITACHI! - Gritou ela olhando para mim.

- O QUE?! - Perguntaram as três juntas.

- Olha Anko, só porque ela quer te conhecer e quer ter netos, não auer dizer que seja uma coisa ruim. - Falou sorrindo nervosamente.

Anko parou e arregalou os olhos.

- EU NÃO QUERO TER FILHOS COM AQUELE IMBECIL DO ITACHI! - Gritou colocando as mãos na cabeça.

- Não precisa, você só precisa conhecer a senhora Uchiha e depois fala que terminou tudo com o Itachi. - Falei sorrindo amarelo.

- Por que fez isso? - Perguntou Hinata com uma sobrancelha arqueada.

- Para me vingar do que ela fez comigo. - Falei abaixando o olhar.

- Aah Sakura! - Falou Anko sentando no chão.

*****

Itachi on

- Por que essa proteção toda? - Perguntou Neji segurando o riso.

- A Anko já ta sabendo do que ouve ontem, e eu não quero apanhar da minha noiva. - Falei abaixando a blusa.

- Ela vai te bater de qualquer jeito. - Falou Naruto bebendo seu suco de caixinha.

- Pelo menos não vou ficar tão machucado. Não é Sasuke? - Falei olhando para o meu irmão que estava muito calado.

- Tanto faz, vamos logo. - Falou saindo porta a fora.

- Que humor teme, que humor! - Falou Naruto revirando os olhos.

Sorri.

Gaara foi dirigindo enquanto Neji e Sasuke estavam em silêncio ouvindo Naruto falar e falar. Ele parece o burro do Shrek.

Abri o diário da Anko para descobrir mais coisas.

" 4 de novembro. Querido diário, hoje eu e Itachi transamos, devo adimitir que ele é muito bom. Embora tenha me machucado algumas vezes com sua falta de delicadeza."

Respirei fundo me lembrando do quanto ela chorou nesse dia por minha falta de delicadeza.

" 20 de novembro. Querido diário, as vezes eu apenas queria que Itachi me desse um pouco de atenção e carinho. Ultimamente ele se resume em sexo e em comida. No caso, a comida sou eu. Seria demais para ele as vezes se sentar no sofá comigo e assistir um filme enquanto faz cafuné na minha cabeça? Ou se diverti comigo enquanto eu faço meus trabalhos da faculdade? Acho que sim. Carinho não é o forte dele."

Eu fazia essa menina de comida? Desde quando?

Arqueei as sobrancelhas. Okay, ta bom que eu só queria uma coisa dela. Mais tipo não é o que namorados fazem?

- Eu li no diário da Hinata que namoro não se resume apenas em sexo, mais em carinho e compreensão e algumas outras coisas. - Falou Naruto de repente.

- Isso é uma bobagem! A TenTen sempre gostava quando eu brincava com ela. - Falou Neji.

- O Naruto está certo. - Falei e eles me olharam.

Sasuke arqueou uma sobrancelha, Neji fez uma expressão confusa assim como Naruto e Gaara me olhou pelo retrovisor.

- A Anko sempre parecia feliz e mesmo assim acabei de ler que ela as vezes a mesma só queria um pouco carinho e não ser a comida do dia. - Falei e eles me olharam estranho.

- Por isso o namoro do Naruto foi o mais duradouro. - Falou Gaara pensativo.

Sasuke fechou os olhos e Neji franziu o cenho. Naruto sorriu e olhou para a frente novamente.

Senti o carro parar, olhei ao redor e já estávamos no estacionamento da faculdade. Sai do carro e vi Anko batendo os pés no chão e com uma cara nada boa.

Sasuke segurou o riso e bateu nas minhas costas.

- Se as coisas piorarem, apenas corra. - Falou debochadamente e saiu andando.

Todos saíram, deixando assim apenas Anko e eu.

Engoli em seco. Droga!

- Então quer dizer que sou a noiva do senhor? - Falou sarcasticamente.

- Eu posso explicar, não foi eu quem disse isso...

- Eu sei que foi a Sakura! - Falou me interrompendo.

- Aahh, então? - Perguntei desconfiado.

- Eu vou conhecer sua mãe sim, mais depois disso você inventa uma desculpa e diz que não estamos mais juntos. - Falou como quase uma ordem.

- Está bem. - Falei arqueando as sobrancelhas.

Ela deu as costas para mim e saiu andando. Ela tem algum problema.

*****

Ino on

Eu estava andando de boa pelos corredores, até chegar o Gaara.

- Ino, posso falar com você? - Perguntou com sua seriedade de sempre.

- Não. Tenho coisa melhor para fazer. - Falei e tentei andar. Isso mesmo, tentei, pois o mesmo segurou minha mão.

- Eu só queria...

- ME SOLTA! - Gritei emburrando-o.

Como ele estava bem perto da escada, em um passo ele foi pro primeiro degrau, começou a cair lentamente enquanto batia varias partes do seu corpo.

- GAARA! - Gritei seu nome assim que ele atingiu o fim da escada.

Ele não se mexia.

- EU MATEI O GAARA! - Falei sentindo meus olhos encherem de água.

Fui pro chão colocando as mãos em meus olhos.

Não pode ser. O Gaara não!

- Ino... - Chamou-me.

O olhei e vi uma expressão de dor em sua face.

- S-sim?

- Chama ajuda. - Falou fazendo uma careta de dor.

- Ajuda? - Perguntei o olhando.

- É. - Falou e eu entendi.

Me levantei o olhando.

- Eu volto logo. Não saia dai! - Ordenei e ele sorriu de leve.

- Não tem como andar com as pernas quebradas. - Falou e eu arregalei os olhos.

- Certo. Não saia. - Falei começando a correr.

Corri por todos os corredores. Será que não tinha ninguém para me ajudar? Quando você mais precisa a faculdade parece ser uma lar de fantasma.

Vi Naruto e Sasuke conversando sobre algo do lado de fora do banheiro masculino. Ajuda.

- EIII! ESPEREM! EU QUASE MATEI O GAARA! - Falei fazendo eles pararem bruscamente.

Cheguei perto ofegante e eles me olhavam. Naruto com os olhos arregalados e Sasuke com o olhar confuso.

- Eu emburrei o Gaara e em querer ele desceu escada abaixo e agora ele não consegue se levantar. - Falei tudo de uma vez fazendo os dois arregalarem os olhos.

- Onde ele está? - Perguntou Naruto começando a correr.

*****

Cinco da tarde e ainda estávamos todos no hospital. Respirei fundo consertando a postura mais uma vez.

O silêncio reinava ali. Acho que as meninas estão mal ou com raiva de está na presença dos meninos.

- O doutor. - Falou TenTen chamando atenção de todo mundo.

Olhamos para o homem um pouco de idade de jaleco e o mesmo sorriu para nós.

- Como ele está? - Perguntou Neji.

- Bem, ele fraturou o osso da perna direita, torceu o tornozelo do pé esquerdo, está com um hematoma na costela esquerda e por fim, torceu o pulso esquerdo. - Falou ele lendo a ficha de Gaara.

Todos olharam para mim e vi Naruto franzi o cenho.

- E quando ele vai receber alta? - Perguntou Itachi.

- Na verdade, hoje mesmo, mais queríamos uma enfermeira para cuidar dele já que... Ele está muito machucado. - Falou o doutor olhando para Itachi.

- A Ino cuida dele. - Falou Anko.

- Am? - Perguntei arregalando os olhos.

- Primeiro, você faz medicina e segundo, a culpa do Gaara está assim agora é sua. - Falou Sakura como uma mãe.

Respirei fundo. Elas tinham razão.

Os meninos olharam para mim surpresos e esperançosos.

Isso não me cheirava nada bem... Mas...

- Está bem. Eu cuido do Gaara.

*****

Eu entrava com Gaara na casa dos meninos e o mais incrível é que as meninas me fizeram levar uma mala com coisas minhas. Já que o ruivo poderia ter febre durante a noite ou madrugada.

Olhei a decoração nada alegre da casa deles. Como eu sentia falta daquele teto decorado da nossa casa. Me lembrei que o teto decorado foi exigência de Sakura. Sorri.

- Bem, você pode ficar no quarto do Gaara. - Falou Sasuke ficando ao lado do loiro que estava de cadeira de rodas.

- Não. Essa cara não tem quarto de hospedeis? - Perguntei colocando minha mala no chão.

- Sim. Eu vou levar o Gaara para cima e o Naruto vai te mostrar o quarto. - Falou o Uchiha mais novo.

Segui Naruto deixando o resto dos meninos para trás.

- Espero que goste daqui. Você pode comer a vontade se quiser. - Falou o loiro sorrindo.

- Eu duvido que eu goste daqui. - Falei fazendo bico.

- Oras essa! E porque não gostaria? - Perguntou-me arqueando uma sobrancelha.

- Naruto, eu estou no meio de cinco machos! Você acha mesmo que eu vou gostar disso? E acho melhor nenhum de vocês vim com gracinha pro meu lado. - Falei nervosa.

- Fica tranquila, a mãe dos Uchihas e a minha mãe vai vim todos os dias para manter o Gaara bem alimentado. - Falou ele com um sorriso enorme.

- Menos mal. - Falei arqueando uma sobrancelha.

- Você deve ta pensando o porque da gente não fazer isso... É que... Bem... Não sabemos cozinhar. - Falou Naruto.

Segurei o riso.

- E como estavam se alimentando esse tempo todo? - Perguntei já imaginando a resposta.

- Pizza, cachorro quente, frutas... Essas coisas. - Falou abrindo uma porta.

- Entendi. Acho melhor vocês fazerem um exame de sangue depois. - Falei fazendo Naruto congelar. - Depois eu passo no quarto do Gaara para saber como ele está. - Falei e bati a porta na cara do loiro antes que ele me falasse mais alguma coisa.

Prestei atenção no quarto, okay. Que decoração merda é essa?

Suspirei pesadamente. Mais que ótimo.

*****

Depois de arrumar o quarto e minhas coisas fui ver como o ruivo estava.

Bati na porta ouvindo um "entre" de Itachi.

Abri a porta dando de cara com cinco garotos e um deles sem camisa.

- Gaara, pode vestir sua camisa? - Perguntei calmamente.

- Eu tenho que tomar banho Yamanaka. - Falou ele e eu revirei os olhos.

- Aliais, como se da banho em alguém nesse estado? - Perguntou Naruto olhando os machucados de Gaara.

Olhei para o mesmo que estava com o corpo arranhado e vi o hematoma terrível.

- Deixa que eu do banho nele. - Falei e todos olharam para mim.

- O QUE?! - Gritou Naruto recebendo um tapa de Sasuke.

- Para de gritar! - Falou o Uchiha mais novo.

- Mas... Por que você vai dar banho no Gaara? - Perguntou o loiro sem entender.

Pelo visto nenhum deles entendeu.

- Vocês não são delicados o suficiente para isso, são acabariam machucando ainda mais o Gaara. - Falei e eles arquearam as sobrancelhas.

- Aaaahhh. - Falaram todos juntos.

- Tirem a roupa dele e o coloquem dentro do box sentado em um banco. - Falei pegando uma toalha no quarto que eu certamente conhecia.

Assim eles fizeram. Colocaram Gaara sentado em  um banco e eu fui devagar para não machuca-lo.

Depois ajudei ele a se secar e por fim os meninos colocaram a roupa dele.

- Eu vou tomar banho, troquei um homem! - Exclamou o Uchiha mais velho arrancando uma minima risada de Gaara.

Arrumei as coisas e foi pegar um copo de água pro ruivo tomar o remédio.

Cheguei perto entregando o comprimido e quando estendi o copo de água para ele o copo se quebrou. Alguns pedaços cortaram minha mão de leve e outros pedaços cortaram a perna de Gaara.

- AAAAAHHHHHHH! - Gritamos todos juntos.

- CHAMA A AMBULÂNCIA! O GAARA TA MACHUCADO! - Gritou Naruto desesperado correndo de um lado para o outro.

- Desculpa Gaara eu juro que não to fazendo por querer embora você mereça. - Falei pegando os cacos de vidro.

- Calma Naruto! - Falou Sasuke dando um tapa no amigo.

- Eu vou ligar o carro! - Falou Neji saindo correndo do quarto.

- Vem Gaara eu te ajudo a descer. - Falou Itachi.

Fiquei observando a cena de todos desesperados enquanto o ruivo sangrava. Revirei os olhos.

- O Gaara ta morrendo! - Gritou o loiro segurando Sasuke pelos ombros.

- Homens...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Desculpem qualquer erro. E espero que vocês tenham gostado do cap.
:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...