História Aprendendo a Amar - SasuSaku - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Exibições 517
Palavras 3.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


FALA MEUS AMORES!
Tudo bem com vocês minhas lindas??

Aqui está mais um cap fresquinho pra vocês! E preparem os kokoros! Por que esse cap vai ser maaaassaaa!

~Treta a vista~

Espero que goste e boa leitura!

KISSES
💗💞💗💜💕💘💗💓💗

Capítulo 24 - Cap 24: Confusão


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a Amar - SasuSaku - Capítulo 24 - Cap 24: Confusão

SASUKE POV ON

Acordei com alguns raios de sol batendo em meu rosto, pisquei algumas vezes pra me acostumar com a claridade.
Tentei me levantar, mas avia um peso a mais em meu corpo, olhei pro lado, e a Sakura dormia serenamente do meu lado, com seu corpo voltado para o meu peito.
Aquilo me fez sorrir, ver a Sakura desse jeito, na minha casa, na minha cama... Quando eu podia imaginar isso?
Sinceramente isso me deixa feliz.

Afastei ela com o maior cuidado do mundo, para não acorda-lá.
Me sentei na cama e esfreguei os olhos.
A Sakura estava com seu corpo enrolado no lençol da cama, seus cabelos grudados em seu rosto. O sol batia de leve em seu rosto, fazendo com que ele brilhe perante a luz.

Sorri, essa garota... Não tenho dúvidas que quero passar o resto da minha vida com ela...

Olhei pro relógio na parede, e ainda são 5:00 da manhã... Melhor ir me adiantando, antes que esse despertador do capeta faça a Sakura acordar.

*QUEBRA DE TEMPO*

Eu já havia tomado banho, coloquei uma calça moletom cinza, e uma blusa de manga branca.
Desci as escadas indo em direção a cozinha, iria preparar o café da manhã.

Do que será que a Sakura gosta?

Fui até os armários e abri de porta em porta, encontrei os ingredientes perfeitos para fazer panquecas.
Peguei os ingredientes e coloquei em cima da mesa, logo comecei a fazer a massa.

Quando acabei fui até o fogão, coloquei a frigideira pra esquentar. Quando ela esquentou despejei a massa, iria fazer só pra nós dois.

Quando elas ficaram prontas, coloquei as mesmas em um prato e cobri com um pano.

O que mais eu faço?
Já sei... Suco de laranja!

Fui até a geladeira e peguei a água e as laranjas, iria fazer da fruta mesmo.

Peguei algumas laranjas e coloquei na pia, peguei o espremedor no armário de cima e espremi as laranjas uma por uma.
Depois despejei o suco numa jarra, coloquei um pouco de água pra não ficar forte, adocei um pouco e coloquei três cubos de gelo.

Agora é só comprar o pão, o cereal, fazer o café e tá tudo pronto...

SASUKE POV OFF

SAKURA POV ON

*30 minutos depois*

Acordei com o barulho um despertador completamente irritante.
Levantei num pulo e desliguei ele, esfreguei os olhos e olhei em volta.
Um flash back da noite passada invadiu a minha mente, com todas as lembranças átona, sorri animada, estava ansiosa pra ir pra escola junto com o Sasuke... Que a propósito, não está aqui...

Levantei e o lençol deslizou pelo meu corpo, até cair no chão, percebi que estava nua, e corri até a minha bolsa.
Hoje seria o primeiro dia de uniforme, tomara que não seja curto...
Tirei ele da bolsa, e dei uma olhada. Ele é melhor do que o da minha antiga escola, até que é bem kawaii (capa).
Corri pro banheiro e tomei um banho demorado, me sequei e vesti o uniforme.
Me olhei no espelho, e arrumei o meu cabelo, ajeitei ele da melhor forma possível, e sai do quarto.

Desci as escadas, me deparando com a seguinte cena: uma mesa com pão, geleia, suco de laranja, panquecas, café, leite...
Meu Jesus... E o mais tentador, um Sasuke super sensual preparando uma tigela de cereais.

Fiquei de boca aperta, nem deu tempo de descer o resto das escadas, e quase que caio de cara com tamanha beleza... Só não sei se tô falando do Sasuke, ou da comida.

O Sasuke olhou pra mim e sorriu de canto, caminhou até mim e me deu um selinho demorado.
Sorri e transformei aquele simples selinho, em um beijo apaixonado, mas logo o ar faltou.

- Bom dia pequena. - Ele disse colocando uma mecha do meu cabelo atrás da orelha. - Você ficou linda de uniforme. - Ele disse e me estendeu a mão, pra que eu descesse o resto dos degraus.
Desci e olhei pra mesa.
Aquilo estava maravilhoso diante dos meus olhos...

- Você fez tudo isso? - Perguntei me sentando na cadeira e logo pegando um pão, e passando geleia.

- Fiz. E tudo com o maior amor e carinho especialmente pra você. - Ele disse e eu sorri largamente.

- Obrigada. - Disse um pouco envergonhada.

Nós comemos conversando sobre vários assuntos aleatórios.
E como tudo que é bom, dura pouco, ele teve que ir correndo se arrumar pra ir pra aula, pelo que eu entendi, ele não gosta de correr o perigo de chegar atrasado.

*QUEBRA DE TEMPO*

Depois que ele se arrumou, nós rumamos em direção a escola, de mãos dadas.
Depois de andar mais ou menos 20 minutos, paramos na frente da escola, como era cedo nós ficamos na praça da escola.
Sempre trocando beijos e carinhos.

- Gostou de ontem a noite? - Ele perguntou acariciando os meus cabelos.

- Não... - Disse e ele ficou sério. - Eu amei! - Falei e ele suspirou como uma forma de alívio.

- Não faça isso comigo. - Ele disse colocando a mão no peito e suspirando.

- Rsrs Calma amor! Eu amei passar a noite com você. Agente poderia fazer isso mais vezes. - Disse e ele sorriu.
Logo se aproximou e me beijou, um beijo calmo e cheio de amor.

Sinto um puxão no meu cabelo, viro pra trás e me deparo com uma Karin, completamente irritada.

Karin- Então você teve coragem de se meter com o meu Sasuke de novo?! - ...

Ok... Isso só pode ser o capeta me atormentando por falta de pessoas no mundo para infernizar... Por quê eu meu Deus??

- Karin... O que você pensa que tá fazendo? - Perguntei ajeitando o cabelo e tentando me acalmar.

Karin- O que VOCÊ pensa que ta fazendo?! Eu já não disse que o Sasuke é meu?! Por que você insisti em querer dar em cima dele??! - Ela disse já levantando a voz pra mim.

Calma ae Brasil... Ela disse que o Sasuke é dela? Como assim gente? Ela se esqueceu de qual hospício fugil e agora ta tentando me deixar louca e me levar pro tártaro junto com ela?

Sasuke- Quantas vezes eu já disse... E quantas eu vou ter que repitir? Eu NÃO sou seu, e nem NUNCA vou ser. Para de paranóia, e deixa a minha namorada em paz! - Ele disse se levantando e já perdendo a paciência.

Karin- Você vai continuar tentando me provocar Sasuke? Ta tentando me fazer ciúme? Por quê é melhor parar! Isso já ta ficado ridículo da sua parte.

- Ai meu Deus de céu. - Sussurrei pra mim mesma.

Um monte de alunos já rodiavam agente, alguns até já seguravam o celular na mão, pra poder gravar uma possível briga.

Sasuke- Já chega Karin! Olha o escândalo que você ta fazendo! Para com isso, vai arranjar alguém que te queira! - Ele disse me puxando pra perto dele e colocando seu braço em volta do meu ombro.

Multidão- WOOOOOOOOOOOW!! - Eles gritaram pelo fora que ele deu na Karin.

A Karin olhou pro pessoal e se aproximou deles.

Karin- O que vocês querem ver aqui?! Vão embora!

Sasuke- Não! Eu quero que eles fiquem. Pra eles saberem que a única garota com quem eu namoro, e a única que eu amo, é a Sakura... - Nessa hora ele segura meus ombros e me vira pra ele, ele me dá um beijo calmo, mas quente.
A multidão vai a loucura, todos riam da cara da Karin, e eu só aproveitava o beijo que o Sasuke me dava.

Karin- SASUKE SOLTA ESSA VADIA! OU ENTÃO EU NUNCA VOU TE PERDOAR! - Ela gritou.
Nessa hora o Sasuke riu soprado durante o beijo, o que me fez rir também.

Quem essa louca pensa que é? Isso já ta me cheirando a esquizofrenia... Por que pelo amor de Deus, já ta feio o negócio.

O Sasuke parou o beijo e olhou pra Karin.

Sasuke- Agora me diz Karin... Quando é que eu precisei do seu perdão, e de quê você não vai me perdoar? - Ele disse e de longe deu pra ver o pessoal (Ino, Gaara, Naruto, Hinata e Temari) chegando e parando no meio da multidão.

Karin- Desde quando agente transou naquela boate... - ...

Como é que é o negócio?

Arregalei os olhos e olhei pro Sasuke, ele teve mesmo coragem de transar com a Karin?
Mas ele disse que nunca teve nada com ela...

Sasuke- Como é Karin? Eu nunca encostei um dedo meu em você! Nem se quer trisquei em você! Como você pode dizer que a gente transou?! - Ele disse já alterado e a Karin o olhou incrédula.

Karin- MAS AGENTE TRANSOU SASUKE! TRÊS ANOS ATRÁS NA MESMA BOATE ONDE VOCÊ COMIA AQUELAS VADIAS! - Ela disse e o Sasuke cerrou os punhos.

Sasuke- Pois eu vou te dizer uma coisa Karin. Não tem como agente ter transado a três anos atrás... POR QUÊ JÁ FAZ QUASE CINCO ANOS QUE EU NÃO VOU EM NENHUMA BOATE! MUITO MENOS COMO ALGUMA VADIA POR AI! - Ele gritou com ela e todos, inclusive eu, ficamos com um ponto enorme de interrogação na cabeça.

Karin- Como assim Sasuke? Era você lá! Só se você estava tão bêbado que não se lembra! - Ela disse e ele deu uma leve gargalhada.

Sasuke- Por favor Karin. Nem bêbado, muito menos lúcido, eu transaria com você! Você devia estar mais drogada do que os caras da boca ali do lado! - Ele disse e eu cheguei perto da Karin.

- Aposto que você estava tão desesperada pelo Sasuke, que acabou afogando as lágrimas na bebida, e por conta da burrice, acabou pegando o primeiro que viu na sua frente pensando que era o Sasuke. - Disse sorrindo e ela trincou os dentes.

Sasuke- Se não acredita, vá até a boate. O dono sabe quem eu sou, pergunte a ele quanto tempo tem que eu não vou lá. E aproveite e pergunte se ele se lembra com quem você transou. Por quê eu... Não fui. - Ele disse passando novamente seu braço por volta do meu ombro.

Todos ali cairam na risada, eu até fiquei com dó da cabelo de menstruação, tão idiota, e tão desesperada. Uma garota dessas não se enxerga.

- Quer um conselho? Você já tá pagando micão de mais aqui. Por que você não deixa o Sasuke em paz, e segue a sua vidinha de merda? Afinal você já incomodou de mais agente. - Disse e ela ficou vermelha de raiva.

Karin- Sua vadia! - Ela disse e tentou me dar um tapa.
Fui mais rápida e segurei seu pulso no ar, lancei um olhar mortal pra ela, a mesma tentava se livrar da minha mão, o que era um esforço em vão.

O pessoal ficou parado, e em silêncio.
Todos esperando uma bela de uma pancadaria, mas eu não vou dar esse gostinho pra ela.
Afinal se eu quebrar a cara da vadia aqui, eu vou ser expulsa.
Mas eu tive uma ideia...

- O que você pensa que tá fazendo com essa mão? - Falei entre dentes e apertei mais o pulso dela, fazendo ela gemer de dor.

Karin- Me solta! Se não você vai se arrepen- Interrompi ela.

- Me arrpender? De quê exatamente...? - Apertei seu pulso com mais força. - De te dar uma surra...? Eu nunca vou me arrpender disso... - Disse com um olhar furioso e um sorriso sinico no rosto. Apertei mais ainda o seu pulso, que já estava vermelho.
Ela deu um gritinho e seus olhos lacrimejaram.

Ino- Acaba com a raça dessa kenga Sakura!

Naruto- Manda essa baranga pro hospital!

Temari- ...

Xx- Acaba com essa vadia!

XxX- Dá uma surra nessa vagabunda!

O pessoal e a multidão gritavam em sincronia, pedindo briga.
Desse jeito o diretor vai vir logo logo.
É melhor por a minha ideia em prática...

Sem soltar o pulso da Karin, comecei a falar:

- Karin...Quero que lute comigo, na minha academia. - Ela me olha confusa. - É a sua chance de provar que é melhor do que eu, vamos resolver isso no tatãme...Se você conseguir me derrubar... - O Sasuke me interrompe.

Sasuke- Se você derrubar a Sakura, eu faço uma declaração na frente de toda a escola, dizendo que eu passei a noite com você. - Ele diz e eu sorrio.

O Sasuke sabe mesmo deixar as coisas mais interessantes...

- E então Karin? Você aceita lutar comigo no ABK? - Disse sorrindo e ela ainda fazia careta pela força que eu segurava seu pulso.

Karin-... Aceito! - Ela disse e na hora eu soltei seu pulso.
Ela quase caiu no chão, mas massageou a região que eu apertava, que já estava quase roxa.

- ATENÇÃO ALUNOS DO KONOHA HIGH SCHOOL! AMANHÃ, DEPOIS DÁ AULA, ESTÃO TODOS CONVIDADOS PARA ASSISTIR A MORTE DA KARIN! NA ACADEMIA ABK!...ESTEJAM LÁ! POIS VÃO PRESECIAR A MELHOR LUTA DE TODOS OS TEMPOS!! - Disse e a multidão foi a loucura.
Fui até o Sasuke e dei um selinho demorado nele.
O Sasuke sorria confiante... Mas tem um detalhe...

- Karin. - Chamei e ela me olhou. - Se eu ganhar... Você vai fazer o que eu quiser, por uma semana. - Disse sorrindo e cruzando os braços.

Karin- E se eu me recusar a fazer isso? - Ela disse ainda massageando o pulso.

Cheguei perto dela a passos lentos, ao contrário do que eu pensava, ela não recuou. Ficamos cara-a-cara, ambas com um olhar intimidador.

- Se você se recusar... Na hora da luta, eu te mato...- Disse e ela arregalou os olhos.

Karin- Você não teria coragem, voc- A interrompi.

- Experimenta pra ver garota. - Disse e ela ficou séria. - Se você ganhar, o Sasuke cumpri com a parte dele, se eu ganhar, você cumpri com a sua parte. Se você se recusar ficaria injusto... Não acha? O QUE VOCÊS ACHAM PESSOAL?? NÃO FICARIA INJUSTO?! - Perguntei me virando pra multidão.

Todos- SIIIIIM!!! - Disseram em uníssono.

Me virei pra Karin novamente, ela estava enraivecida com essa situação.

Karin- TUDO BEM! Mas fique sabendo Puta Rosa, que eu não vou pegar leve... Eu vou ACABAR com você! - Ela disse cuspindo as palavras em mim.

Todos- Huuuuuuuuu... - A multidão dizia com a mão na boca.

- Pois fique sabendo você também Cabelo de Menstruação, que eu não pego leve! E quem vai acabar com alguém aqui VAI SER EU! SE PREPARA PRA IR PRO HOSPITAL DESGRAÇADA! - Disse também cuspindo as palavras na cara dela.

Xx- Eu não duvidaria nada... - Escutei uma voz atrás de mim, uma voz que eu conheço bem.

- Tayler?! - Falei me virando pra trás e vendo todo o pessoal da minha antiga academia.
Corri pra abraçar eles, estava com tanta saudades deles.

- O que vocês estão fazendo aqui? - Falei desfazendo o abraço.

Lee- Viemos te ver Sakura-chan! - Ele disse vindo me abraçar novamente.

O Bruno tirou o Lee de cima de mim, e o Lee o olhou incrédulo.

Bruno- Ai Lee, acho bom tu mater uma certa distância da Sakura. Ou aquele cara vai te matar. - Ele disse apontando pra trás da gente.
Me virei e vi o Sasuke fuzilando eles com o olhar, parecia que eles iam morrer só com o Sasuke encarando eles daquele jeito.

Puta merda!

O Lee se afastou de mim e levantou as mãos em sinal de rendição.
O Sasuke caminhou até nós com as mãos no bolso e o semblante sério. Ele me puxou pra perto dele e olhou pros meninos.

Sasuke- Quem são esses caras? - Perguntou pra mim mas com sua visão direcionada a eles.

- São os meninos da minha antiga academia. São meus amigos. - Falei sorrindo pra eles.

Tayler- Meu nome é Tayler. E esses são Rock Lee, Bruno, Kelvin, Mark e Victor... - Ele disse apontando pra cada um deles.

Sasuke- Meu nome é Sasuke Uchiha. Sou o namorado da Sakura... - Ele disse e os meninos me olharam confusos.

Normal, eles eram outros que sabiam exatamente como era o meu modo de pensar quanto a namoro. É normal que eles fiquem com essa cara de "WTF".

Tayler- Muito prazer Sasuke. - Ele disse estendendo a mão pro Sasuke.
O Sasuke só se virou pra mim e disse:

Sasuke- Eu vou pra aula ta bom? O sinal ainda não bateu, vou ver se tem alguma coisa de errado com o horário. - Ele disse colocando uma mecha do meu cabelo pra trás e me dando um selinho.
Ele dá uma última olhada pros meninos, antes de dar as costas e caminhar pra dentro da escola.

O Tayler sorriu e abaixou a mão dele, já que por acaso o Sasuke tinha deixado ele no vaco.

Victor- Tinha que ser o namorado da Sakura. - Ele disse e os meninos riram.
Revirei os olhos.

Lee- O que tá acontecendo aqui? - Ele perguntou se refirindo a multidão.

- Digamos que amanhã eu vou lutar com uma infeliz daqui. - disse sorrindo e apontei na direção da VaKarin. - Ela teve a burrice de aceitar lutar comigo por causa do Sasuke, todos aqui vão ver a luta... E vocês estão convidados! - Falei sorrindo.

Bruno- Ah mais eu não perco isso é por nada nessa vida! - Ele disse cruzando os braços.

Mark- Eu quero ver sangue!

Kelvin- E eu quero ver a treta rolar solta! Kkk

Eu cai na risada com os comentários dos meninos, o Lee saiu do grupo e foi em direção a Karin.

Lee- Essa é a oponente da Sakura-chan?? - Ele perguntou com uma cara de desapontamento. Acenti com a cabeça. - Perdão moça, mas prefere que eu encomende o seu caixão agora, ou só depois que você morrer? - Ele disse inocente e a Karin deu um tapa na cara dele.

Karin- Idiota! - Ela disse e foi pra dentro da escola com raiva.

- Bom, eu vou indo pessoal... Agente se vê depois da aula. E eu quero saber como vocês me acharam aqui! - Eu disse já me preparando pra entrar na escola.

Tayler- Pelo visto nós vamos nos ver muito ainda extressadinha.

Bruno- E não vai ser só aqui fora não...

Kelvin- É assim que esse pessoal trata os novatos? - Quando ele disse isso eu me virei na hora.

- Vocês vão estudar aqui?! - Perguntei e eles acentiram. - GRAÇAS A DEUS! FINALMENTE PESSOAS NORMAIS AQUI! - Disse e abracei eles.

Mark- Anda, faça a gentileza de mostrar onde fica a sala do diretor. - Ele disse e eu puxei eles pra dentro da escola.

Algumas meninas soltaram gritinhos e deram pulinhos com a notícia. Eu mereço...

Victor- Eu levo a pipoca pra luta amanhã! - Ele disse e agente caiu na risada.

Me aguarde VaKarin... Me aguarde...






Notas Finais


Não esqueçam de comentar o que acharam!
Deixem sua opinião e tudo mais...
A trera vai rolar solta no próximo cap!
Se controlem amorecos por que não vai ser fácil!

Ultimamente eu não tenho respondido os comentários, por causa que eu não tenho tido tempo, mas assim que eu tiver eu respondo ok amorecos?

KISSES MEUS AMORES!
E ATÉ O PRÓXIMO CAP!
💗💞💞💓💕💋💖❤💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...