História Aprendendo a amar - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demashitaa! PowerPuff Girls Z, Meninas Super Poderosas (The Powerpuff Girls)
Personagens Boomer, Brick, Butch, Kaoru Matsubara (Powered Buttercup), Miyako Goutokuji (Rolling Bubbles), Momoko Akatsutsumi (Hyper Blossom), Princesa MaisGrana
Tags Blossomxbrick, Bublesxboomer, Butchxbuttercup, Drama, Sentimentos
Exibições 66
Palavras 1.282
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoas maravilhosas *-*

Como prometido, não demorei muito gente, eu conseguir voltar mais cedo hehehe

Para começar...bem...Então né
Esse desenho de capa fui eu que fiz. É, não ficou um dos melhores desenhos, eu sei. Mas quis muito desenhar Bell e Yuki juntos, então eu quis fazer da minha maneira. Eu vou tentar fazer outro desenho deles e melhorar tudo. Prometo.( detalhe: não reparem muito no pescoço de girafa do Yuki tá ^-^)
A edição tbm fui q eu fiz. Eu tô fazendo tudo nessa fic mds ~ a fic é sua né minha filha -q '-'

E esse titulo do capítulo? Vou explicar melhor sobre ele no final, pq eu recedemente fiz algumas mudanças. La em baixo vcs entenderão.

Boa leitura pessoas!

Capítulo 11 - Bell e Yuki


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a amar - Capítulo 11 - Bell e Yuki

A prateada caminhava pelas ruas da cidade. Estava com pensamento longe enquanto andava.

Até que ela para em frente a uma casa estilo americana antigo. A casa era bem bonita. Tinha um jardim na frente, mas ele não era muito cuidado pelo dono da casa.

A garota chega na porta e vira a maçaneta, abrindo a porta. Ela tira seus sapatos azuis e deixa ali no canto. Ela tira sua bolsa e a deixa em cima do sofá na sala. Logo em seguida ela sobe as escadas até o segundo andar.

Chegando lá, a prateada para em frente a uns dos quartos do enorme corredor. Ela suspira e ajeita um poucos seu cabelo e sua roupa.

Então ela bate na porta. E nada. Bate mais uma vez e nada. Bate a terceira e nada.

Mais o que será que esse garoto está fazendo?

A garota já impaciente, abre a porta do quarto e entra depois de fecha-lá.

Ela se vira e olha ao redor e não encontra ninguém.

- Mas…onde ele-

- Como você consegue ser tão impaciente assim? _ a voz pergunta ao lado.

A garota olha para o lado esquerdo e encontra o garoto em frente a porta do banheiro. O mesmo estava com uma calça moletom, sem camisa e com uma toalha em mãos secando o cabelo.

- Eu bati três vezes e você não me atendeu então eu entrei… _ diz a garota agora olhando para baixo um pouco envergonhada pelo garoto está sem camisa na sua frente.

O garoto bufa entediado e joga a toalha na cama.

- Tá. Por que veio aqui? Pelo que eu saiba você é a presidente do Conselho estudantil. Não pode ficar faltando as aulas para vim me visitar Bell. _ diz o garoto a encarando sério.

- Mas… eu queria falar com você. Eu sinto sua falta na escola Yuki. _ fala a prateada tristonha.

O garoto suspira. Ele sabia que ela se sentiria assim. Mas estava preocupado em deixar ela faltar as aulas para visitá- lo. Ele sabia que isso era ariscado para ela, ja que se faltasse demais ela poderia perder o cargo de presidente do Conselho estudantil.

Yuki se aproxima da garota e abraça. A mesma passa seus braços em volta da cintura do garoto e o abraça mais forte.

- Eu também sinto sua falta. Mas você sabe que não pode faltar por minha causa. Não faça mais isso tá?! _ diz o garoto no ouvido da menina.

A garota concorda com a cabeça e continua o abraçando.

O garoto então se desaproxima do abraço, mas é impedido por Bell que o abraça mais forte dessa vez.

Ele tenta de novo e a garota não deixa. E isso se seguiu mais duas vezes.

- Me solta logo Bell. _ diz o Yuki reclamando.

- Eu não quero! _ diz a prateada firme.

O garoto suspira e tenta se soltar, mas acaba tropeçando nos próprios pés e caindo junto de Bell para trás, em cima da cama.

- Eu disse para você me soltar. _ diz o menino com meio bravo.

- E eu não vou soltar você! Já disse!

- Você é muito persistente…

- Eu te solto se você…

- Se o que? _ pergunta o garoto curioso.

- Se você me beijar… _ a garota o olha envergonhada com o pedido.

O garoto dá um sorriso de canto.

- Se era isso que você queria devia ter feito antes.

- Você não demonstrou que queria… _ diz a prateada desviando o olhar do garoto.

O garoto bufa rindo. Ela sempre foi assim desde de pequena e não tinha mudado quase nada.

O garoto de cabelos brancos levanta o queixo da garota e passa sua outra mão pela cintura dela. Ele aproxima o rosto da garota do seu e selam seus lábios em um.

Os dois continuam o beijo até que falta ar veio deixando os dois ofegantes.

Yuki dá um sorrisinho de lado olhando a garota em cima de si.

- Satisfeita agora? _ pergunta o garoto brincando.

- Não… _ diz a garota séria.

Ele suspira e sorri enquanto se aproximava mais uma vez do lábios da garota. Eles começam um beijo mais selvagem e envolvente. Ficaram assim por um tempo, beijando e depois parando pela falta de ar.

Enquanto recuperavam o ar, Yuki espalhava alguns beijos pelo pescoço de Bell, enquanto ficava um pouco corada.

- Y-Yuki… _ chama a prateada.

- Humm…._ o garoto beijava cada parte do pescoço da garota deixando até mesmo algumas marcas.

- E-Eu…ah…falei com…a…Blossom.

O garoto para no exato momento.

- Como assim? Você falou com ela? _ pergunta Yuki surpreso.

- Falei. E… é como você falou. Ela tem a cara da mãe. _ diz a garota sorrindo para o menino.

-Ela…o que vocês conversaram?

- Nada de mais. Eu a ajudei a procurar uma coisa.

- Que coisa ela procurava? _ pergunta o garoto a encarando. Ele parecia bem sério e a prateada percebeu isso.

- O álbum de fotos da escola. Da classe da mãe.

O garoto arregala os olhos. Ela realmente estava procurando por isso? Mas por quê?

- C-como…por que ela estava procurando isso?

- Parece que ela queria descobrir algo sobre o pai. Ela quer descobrir se o ama. _ diz a garota com olhar cabisxado.

A história de Blossom fazia a lembrar da sua e sabia o que a ruiva estava sentindo, afinal as duas passaram por algo parecido.

- Descobrir se o ama? Como ela pode chegar a pensar se o ama? Ele matou a Mari! Matou a mãe dela! Não dá para amar alguém assim! _ diz o garoto gritando. Ele tinha tirado Bell de cima de si e levantando da cama, começando a andar pelo quarto com raiva.

Bell bufa. Ela se endireita e senta na cama.

- Yuki. Fala sério. Ele é o p-

- DANE-SE! ELE MATOU A MARI. TROUXE SOFRIMENTO PARA DONA MIO, PRA BLOSSOM E PRA MIM! SEM CONTAR AS OUTRAS PESSOSS QUE AMAVAM A MARI! ELE NÃO MERECE SER AMADO POR NINGUÉM! _ grita o garoto com a prateada que ficou surpresa pelo ter gritado com ela.

Yuki percebe que tinha a assustado. Ele suspira pesadamente.

- Me desl-

- Ele continua sendo o pai dela!

O garoto a olha surpreso.

- O que?

Ela o encara com os olhos marejados.

- ELE CONTINUA SENDO O PAI DELA! SERÁ QUE VOCÊ NÃO ENTENDE? NÃO IMPORTA OS ERROS DE UMA PESSOA! SE ELA É IMPORTANTE PRA VOCÊ, VOCÊ NÃO CONSEGUE DEIXAR DE AMAR! AINDA MAIS UM PAI!

A garota levanta da cama e saí do quarto do garoto, deixando ele sozinho no quarto.

Yuki fica paralisado com as palavras de Bell. A garota que sempre fora quieta e sem muitas palavras tinha acabado de gritar de com ele.

O garoto bufa e solta um " droga ". Ele saí do quarto correndo atrás da garota que estava pegando sua bolsa para ir embora.

Ele chega por trás e segura seu braço. A garota o encara com os olhos marejados ainda.

Ela estava chorando. Droga! Você é um imbecil mesmo Yuki!

- Me perdoa. E-eu…não queri-

- Para. _ diz a garota de cabeça baixa.

Yuki a olha triste. Sabia que tinha magoado a prateada com suas palavras.

Ele então leva sua mão até o queixo da prateada e o levanta fazendo a encarar.

- Bell… eu…me desculpa. Eu não queria te magoar. É que só pensar nesse cara me dá muito ódio. Eu me descontrolei, foi mal. _ diz o garoto arrependido.

A garota só balança a cabeça concordando.

O garoto suspira aliviado e abraça a garota, passando suas mãos pela cintura dela e a colando no seu corpo. A garota responde o abraço e passa suas mãos pelo pescoço do garoto colando mais o seu corpo no dele.

- Me perdoa.

Yuki beija a cabeça da garota.

- Tá…

[…]

Esses sentimentos dentro de mim são os mesmos que os dela.

Eu sei o que ela sente.

Eu a entendo.

Assim como ela também me entende...



Notas Finais


Hehe. Gostaram? Ficou bosta? Me falem no que posso melhorar!

Essa cena meia quente, eu tentei sabe. Tentei fazer uma cena deliciosa pra vcs, mas né, a garota aki tem vergonha de tudo e não é MT Boa de escrever cenas assim, mas eu vou tentar meu melhor prometoooo

Vcs devem estar de perguntando: Ue? Mas o Yuki meio que gostava da Blossom?
Bem, vcs vão entender melhor isso no decorrer da fic. Não vou contar isso não hehehe

E mais uma coisa. A história ja passou de 50 Favoritos e eu nem percebi. E agora eu pensei e, o que vcs querem q eu faça? Um capítulo especial sobre algum personagem? Se for, qual personagem? Se tiverem outras dicas do que eu possa fazer me falem no comentários pf, me ajudem nessa galera ;)

Bom, agora chega de falar. Nos falamos mais no próximo capítulo ;3

Obrigada aos 61 Favoritos *-* sério, obrigada mesmo, muito obrigada.

Amo vcs pessoinhas :3
Bjs de chocolate e um bom final de semana *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...