História Aprendendo a Amar - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Cora Hale, Isaac Lahey, Kira Yukimura, Lydia Martin, Malia Tate, Melissa McCall, Scott McCall, Stiles Stilinski, Theo Raeken
Tags Maleo
Exibições 82
Palavras 1.877
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oooiii meus amooores...
Só vou poder escrever na sexta feira o próximo cap.
#Comentem

Capítulo 22 - 1X21 Nunca saberemos dizer adeus


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a Amar - Capítulo 22 - 1X21 Nunca saberemos dizer adeus

-Onde você vai Malia?-Cassie
-Não acho que seja do seu interesse...-Respondi de mal grado.
-É claro que é do meu interesse. Você é minha filha.
-E também sou uma vampira. Você goste ou não... Eu não recebo ordens de ninguém.
***
Precisava me alimentar estava com fome. Saí de casa, ouvi música, tinha uma festa no centro da cidade, por sorte era perto da minha casa. Estava com tanta fome que me sentia fraca. Entrei no meio daquela multidão, só sentia cheiro de álcool e do sangue nas veias daquelas pessoas.
-Está perdida?-Um rapaz perguntou malicioso.-Posso te ajudar? Como você se chama?
-Sou seu pior pesadelo!
-O quê?
-Isso não vai doer, não grite!- O hipnotizei. No mesmo instante traguei o pescoço dele, suguei cada partícula do seu sangue mas ainda não estava saciada, soltei o rapaz que já estava morto.
-Você é minha próxima vítima, não grite.-Hipnotizei outro garoto e comecei a sugá-lo.
-Não é conveniente deixar os corpos à vista.-Theo disse cruzando os braços na minha frente.
-Você não cansa de me perseguir?-Falei irritada.
-Quem disse que estou te perseguindo?-Como esse carinha tem um sorriso cínico. Finji não ter ouvido e continuei sugando o pescoço daquele rapaz. Theo se aproximou e mordeu do outro lado. Soltamos minha vítima ao mesmo tempo. Outro morto.
-Na verdade você pode ser bem divertido.-Dei um sorriso de lado.
-Você não sabe o quanto.- Theo passou o dedo no canto da sua boca pra limpar o sangue que escorria. Era incrível como ele é lindo.
Começamos a dançar no ritimo da música que tocava. Theo sempre que tinha a chance passava a mão pelo meu corpo.
Confesso que eu sentia um certo prazer pelos seus toques.
-Por que a gente não sai daqui?-Perguntei perto do seu ouvido.-Ainda não me saciei.
Simplesmente ele pegou na minha mão e usou sua velocidade nos tirando daqui.
Paramos numa rodovia.
-O que diabos estamos fazendo aqui?-Perguntei
-Vamos nos diverti um pouco querida!
Theo se deitou no meio da rua quando viu um caminhão se aproximando, consequentemente o homem parou o carro.
-Você esta bem senhor?
-Melhor impossível.-Disse atrás do homem mordendo seu pescoço. O homem gritava com toda força implorando por socorro. Até que suas forças acabaram, drenei todo o sangue dele.
-É bem mais emocionante quando sua presa grita por socorro!-Eu gostei de ter aquela sensação.
-Você ainda tem muito o que aprender! Vamos sair daqui...
Estávamos no caminho da minha casa, andando como duas pessoas normais.
-Então Theo... O que você é exatamente?
-Um híbrido. Metade lobo, metade vampiro.
-Com todo esse poder você deve ter muitos inimigos.
-Sim...
-Deve ser bem divertido.
-Quando eu não tinha que proteger ninguém era bem divertido mesmo.
-Quem você protege?
-Você quer conhecê-la?
Então é uma mulher que ele proteje.
-Não!
***

Theo on*

-Onde você estava Theo?- Isaac parecia muito irritado.
-Com a Malia...
-Encontraram dois corpos no centro da cidade com mordidas...-Minha mãe parecia preocupada .
-Isso foi consequência do meu encontro com a Malia.-Respondi cinicamente.
-SÃO PESSOAS INOCENTES THEO!-Isaac
-Abaixa o tom!-Falei entre os dentes, não suportava que ninguém gritasse comigo.
-Aquelas pessoas tem famílias...-Isaac disse mais calmo.-Esse é o seu grande plano de fazer Malia voltar pra nós? Matando pessoas...
-Estou fazendo ela confiar em mim!
-Ela não tem humanidade Theo. Ela não sente nada por ninguém!
Isaac saiu de casa batendo a porta com força. Minha mãe me encarava esperando que eu dissesse alguma coisa.
-Você não é chave disso Theo...-Não me importei com que minha mãe disse e subi pro meu quarto.

Grace on*

Thammy é o gatilho de Malia, só a bebê pode trazê-la de volta.
Estava disposta a fazer isso. Peguei um carro na garagem e saí. Já estava na estrada quase saindo da cidade quando algo bateu no meu carro. Foi algo muito forte. Saí fora pra ver o que era, provavelmente seria um animal.
-Olá...
-Malia?-Senti medo quando vi Malia na minha frente.

Malia on*

-Você me conhece? Quer saber não me interessa!- A mulher me olhava com medo e por impulso começou a correr pra floresta.
-Socorro... Alguem me ajude.-Ela corria desesperadamente lutando por sua vida.
-Ótimo! Adora brincar de caçar...
Usei minha velocidade e entrei na floresta também. Ouviu os batimentos acelerados da minha presa, sua respiração estava ofegante apesar dela tentar se conter. O medo dela entregava onde ela estava: atrás de uma árvore a poucos metros de mim. Fui andando devagar até ela. Usei minha força e arranquei a árvore.
-Aaah, Malia por favor não me machuque.. Eu posso ajudar você.-Ela chorava descontroladamente.
-Quem disse que eu preciso de ajuda?- Mostrei meus olhos vampíricos e ataquei. Ela gritava ainda mais.
-SOLTA ELA MALIA!-Um homem gritou e me jogou numa árvore com muita força, minha perna quebrou.
-Mas que droga.

Nicholas on*

-VOCÊ VAI SE ARREPENDER POR ISSO!- Grace estava no chão dando seus últimos suspiros. Eu não podia fazer nada.-Sua desgraçada!!!
Peguei Malia pelo pescoço. E comecei a enforcar.
-SOLTA ELA PAI!!-Theo gritou e foi correndo onde sua mãe. Eu não dei ouvidos à ele e continuei enforcando Malia, estava disposto a matá-la.

Theo on*

-Mãe por favor... Toma meu sangue...-Por sorte consegui fazer ela engolir meu sangue.
-T-Theeo...-Minha mãe falou com dificuldade e morreu... Morreu nos meus braços.
-NAAAAOOOO...-Comecei a chorar.
-Solta ela!-Ouvi Isaac gritando e alguém levando um soco. Depois ouvi Malia saindo com sua velocidade vampírica.
-Ela morreu...-Nicholas.
-Com meu sangue no organismo.
***

Grace on*

Abri meus olhos estava no quarto do Theo na manhã seguinte... Todos estavam no quarto comigo; Isaac, Theo e Nicholas, por alguma razão Alexa estava aqui também o que era estranho já que ela tinha ido ajudar Tracy com a Thammy.
-É bom ver minha família reunida...-Sorri fraco.
-Mã-mãe...-Theo gaguejou.
-Tudo bem querido... Eu sei.- Estiquei os braços pros meus filhos pegar na minha mão e assim eles fizeram.
-Você precisa completar a transição mãe.-Isaac disse com um tom de voz triste.
-Eu amo vocês e daria tudo pra isso ser diferente. Mas eu não posso... Não posso ser uma vampira. Minha hora chegou. Nós só vamos ter a chance de nos despedir.-Isaac estava com os olhos majerados. Theo tentava ser forte. Pude ver lágrimas descendo pela face de Nicholas. Alexa saiu do quarto.
-Teremos o dia todo pra nos despedir querida.-Nicholas se aproximou e beijou minha testa.
***
Estávamos no parque da cidade sentados num banco tomando um pouco de sol.
-Me lembro quando vocês dois eram crianças, adoravam brincar nesse parque.-Falei pensativa.
-Nos costumávamos brincar de pega-pega com vocês.-Nicholas.
-Então faremos isso agora.-Isaac disse se levantando.
E assim fizemos, começamos a correr pelo parque. Parecíamos uma familia normal.
-Mãe, você está bem?-Isaac disse segurando minha mão.
-Me sinto fraca.-Disse tocindo.
-Melhor irmos para casa.
Fomos os quatro abraçados ate chegar em casa.
-Tenho uma surpresa pra você mãe!-Theo disse me ajudando a sentar no sofá. Isaac e Nicholas sentaram ao meu lado. Theo saiu da sala e depois de uns minutos voltou.
-Thammy!!-Falei sorridente pegando Thammy no colo.-Como você cresceu minha pequena. Como foi a viagem? Sentiu saudades da vovó.?-Thammy sorria pra mim. Um sorriso sincero e único. Fiquei brincando com ela por um bom tempo até me sentir tonta. Nicholas me levou pro quarto. Já estava anoitecendo.

Isaac on*

-Está na hora Theo, precisamos nos despedir dela.- Nós passamos o dia todo tentando ser fortes, mas eu não conseguia mais. Minha mãe estava morrendo e eu tinha que dizer adeus.

Nicholas on*

-Não sei se consigo Grace.
-Você tem que ser forte Nicholas... Como eu fui quando te perdi. Nossos meninos vão ficar com você. Me prometa que vai cuidar deles.-Grace estava deitada na cama, fazia muito esforço pra falar. Minhas lagrimas começaram a cair.
-Eu não posso Grace.
-O Isaac é mais fácil de lidar, você só precisa está presente pra ele, ser um bom pai... O Isaac é dócil, você vai conseguir. O Theo é mais difícil, você precisa ter paciência com ele, tentar compreendê-lo e ajudar nas decisões que ele tem que tomar...-Eu chorava desesperadamente.
Isaac entrou no quarto. Olhei pra ele limpando as lágrimas.
-Eu prometo Grace.-Dei um Celinho nela e sai do quarto.

Isaac on*

Sentei do lado da minha mãe, tentava me controlar pra parecer forte.
-Isaac...-Minha mãe fazia tanto esforço pra conseguir falar.-Eu sinto muito querido. Eu prometo que vou estar sempre com você. Só continue assim...
-Mãe, por favor...
-Isaac me prometa que você nunca vai abandonar o seu irmão. Ele precisa de você. Por favor...
-Eu prometo mãe.-Falei beijando sua mão.
-Você é o meu orgulho Isaac. Não tenha medo de enfrentar o mundo... Eu amo você...-Minha mãe fechou os olhos, ela ainda estava viva podia ouvir sua respiração fraca.
-Eu também amo você mãe.
Sai do quarto Theo estava encostado na parede.

Theo on*

Entrei no quarto vi minha mãe desmaiada, ela não abriria mais os olhos. Sentei na cama, segurei sua mão e usei meu dom de vampiro. Entrei em sua mente.
Estávamos no parque, estava tudo lindo. Uma grama verdinha e muitas flores em volta. Minha mãe estava sentada em dos bancos. Me sentei ao seu lado.
-Você escolheu uma boa memória Theo.-Abracei minha mãe de lado.
-Não sei se consigo mãe, você não pode me deixar...-Comecei a chorar silenciosamente.
-Você consegue Theo, você é forte...
-Por que eu sempre tive você do meu lado.
-Agora você tem a Thammy... Não culpe Malia por isso, nem deixe ela se culpar.
-A Thammy vai crescer sem seu amor mãe.
-Ela vai ter o seu amor. O amor da Malia. E quando ela crescer você vai falar de mim pra ela, vai dizer que a amei muito...
-Mãe... Mamãe...
-Assim como eu amo você Theo. Meu lindo menino...-Minha mãe me deu o beijo na bochecha e apertou nosso abraço.-Seja forte Theo...
De repente tudo sumiu. Minha mãe morreu.
-Naaaaooo.-Gritei segurando o corpo dela sem vida.-Você não pode me deixar, por favor volta pra mim. Maaae...
Abracei o corpo dela.
-Theo por favor já chega, você precisa sair daqui.-Alexa tentava me tirar dali.
-Deixa ele colocar toda a dor pra fora Alexa. Ele precisa disso.-Nicholas.
Me deixaram sozinho com minha mãe de novo.
-Você não podia ter me deixado. Eu te amo mãe!!!
Ouvi Isaac quebrando alguma coisa. Estava liberando a dor dele também. Passei a noite toda abraçado com o corpo da minha mãe, chorando.
***
Já era de manhã quando ouvi o choro da Thammy. Sai daquele quarto e fui pra cozinha. Tracy estava tentando fazer Thammy parar de chorar. Peguei ela no colo e ela sorriu pra mim.
-Sinto muito Theo...-Tracy
"Duas horas depois."

-Precisamos terminar de jogar a areia sr.
-Sempre vou levar você comigo!-Isaac jogou uma rosa branca no caixão da nossa mãe.
Já tínhamos enterrado ela, todos foram embora me deixando lá.
-Você poderia está aqui comigo. Eu poderia ter te ensinado a ser uma vampira... Você veria Thammy crescer. Nós seríamos uma família!
-Voces ainda são uma família.-Alexa disse pegando no meu ombro.-Sua mãe não suportaria essa vida Theo, ela seria incapaz de matar alguém pra se alimentar, e isso sempre acontece com os novatos. Ela fez a escolha dela...
Não disse nada apenas abracei Alexa. Não tinha mais lágrimas em mim. Só tinha um vazio... Um vazio que ninguém nunca vai preencher...


Notas Finais


Gente meu coração ta destruído com o sofrimento do Theo 💔
Não esqueçam de comentar...
Bjooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...