História Aprendendo a amar - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, A Bela Adormecida, A Bela e a Fera, A Breve Segunda Vida de Bree Tanner: Uma História de Eclipse, A Cabana, A Culpa É Das Estrelas, A Garota da Capa Vermelha, A Hospedeira, A Mediadora, A Menina Que Roubava Livros, A Rainha Vermelha, A Seleção, A Teoria de Tudo, Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland), Anjos e Demônios, Anna e o Beijo Francês, As Crônicas de Nárnia, Beijada Por Um Anjo, Belle, Branca de Neve, Cidades de Papel (Paper Towns), Como Eu Era Antes de Você, Como viver para sempre, Contornos do coração (Easy), Coraline, Diário de Uma Garota Nada Popular, Diário de uma Paixão, Divergente, Divina Comédia, Garota Exemplar, Gossip Girl, Halo, I'm the King of the Castle, Jogos Vorazes (The Hunger Games), Lola e o Garoto da Casa ao Lado, Marley e Eu, O Código Da Vinci, O Diabo Veste Prada, O Diário da Princesa, O Diário de Anne Frank, O Diário de Aurora, O Diário Secreto de um Adolescente, O Flautista de Hamelin, O Garoto da Casa ao Lado, O Gato Preto, O Grande Gatsby, O Guia do Mochileiro das Galáxias (Hichhikers Guide To The Galaxy), O Hobbit, O Iluminado, O Inimigo, O Inverno Das Fadas, O Lado Bom da Vida, O Lado Mais Sombrio, O Mágico de Oz (The Wizard of Oz), O Menino do Pijama Listrado, O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares, O Teorema Katherine, Oliver Twist, Originais, Os Cárpatos, Os Filhos do Capitão Grant, Os Instrumentos Mortais, Os Meninos da Rua Paulo
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Romance
Exibições 67
Palavras 946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Por favor comentem se voce esta gostando ! Boa leitura...

Capítulo 3 - Idiota


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a amar - Capítulo 3 - Idiota

Todos estavam na sala de estar, menos a Ana. O marido dela estava la , mas ela nao , ele me encarava, na verdade meio que me engolia com os olhos. Me senti desconfortada e me deu um arrepiu pelo corpo.
Nos sentamos perto dele mas Miguel estava entre nós graças a Deus. Minnhas mãos suavam frio , e Miguel sabia disso, nao sei se sabia o motivo , mas sabia que eu estava desconfortavel e tensa. Desconfortavel por causa do seu irmao e tensa porque eu queria saber onde Ana estava.
A mae de Miguel era linda , era loira com olhos azuis , mas ja com algumas plasticas desnecessarias.
O pai era um homem mais ou menos gordo, com cabelos negros igual de todos os filhos .
Miguel disse que tem uma avó viva , a mae da mae dele , ela esta viajando o mundo com as amigas , volta daqui a um mês .
Quando a governanta veio avisas que o jantar estava pronto que a noite só piorou.
Nos sentamos na mesa . Miguel do meu lado e Raphael na minha frente . A todo momento ele passava o pé pelas minhas pernas e tentava chegar a minha intimidade .
Olhei para Miguel desesperada e ele nao entendeu afastei a cadeira para ele nao chegar alem das minhas pernas.
Depois de um tempo ele parou .
-Entao Raphael ,porque a sua esposa nao veio?-perguntou a mae dele .
-Ela disse que nao estava bem .-ele revirou os olhos-ela é uma merda , não é muito boa de cama .
Todos riram , menos eu e Miguel . Eu estava me segurando para nao agredi-lo. Babaca. Comecei a enfiar as minhas unhas na minha perna , estava com muita raiva , bebi um pouco de agua com a mao livre enquanto escutava ele xingar a minha melhor amiga.
-Ela nao sabe cozinhar do jeito que eu gosto e ela e muito romantica , é nojento.
-CALA BOCA-gritei levantando-VOCÊ NAO SABE O QUE ESTA FALANDO ... A ANA É PERFEITA , ELA E A MENINA MAIS AMAVEL QUE EU JA CONHECI -peguei a faca que estava no frango assado e enfiei na messa de madeira rara-DESGRAÇADO... VOCE NAO MERECE A MULHER QUE TEM .-Miguel percebeu que eu atacaria ssu irmao e me segurou , me soltei dele e sai correndo , achei um banheiro e me tranquei. Sentei no chao e chorei , chorei e muito .
-Ju... Abri a porta.
Era o Miguel . Eu nao sabia o que fazer. Acabei que fuder com o meu casamento,  xinguei o irmao do meu marido , e toda a familia viu . Tomei no cu .
Me levantei , enchuquei as lagrimas e abri a porta de cabeça baixa . Minha perna sangrava e ardia . Miguel colocou a mao em meu rosto e beijou a minha testa . Meu estomago revirou e eu corri para o vaso vomitanto todo o jantar. Sentei no chao e comecei a chorar.
-ela nao merece isso - disse entre um soluço e outro .
Ele me abraçou sentado no chao do banheiro .
-Ele passou o pé pelas minhas pernas...- chorei ainda mais .
-ELE O QUE?
Meu Deus , nao era pra mim ter falado isso pra ele , saiu sem querer.Ele estava muito puto.
-Miguel , por favor nao faz nenhuma besteira . Por favor . Vamos para casa .- disse e me levantei.
Ajudei ele a se levantar e dei um beijo em seus labios .
Saimos do banheiro e fomos em direçao da porta , Raphael estava na sala.
-Meu irmao! Estou cogitando a ideia de adiantarmos o "dia da troca", eu faço as honras de buscar a puta da minha mulher em casa . Quero ensinar essa vadia a respeitar seus donos.
Miguel soltou a minha mao e avansou em Raphael acertando-lhe um soco no olho que o fez cair .
-Que foi cara esta louco ?- Raphael perguntava.
-VOCÊ NUNCA VAI ENCOSTAR UM DEDO NELA .
A sorte de Raphael é que os seguranças chegaram e separaram os dois mas infelizmente Raphael conseguiu acertar um soco na boca de Miguel .
Corri para ver como Miguel estava , seu labio sangrava .
-Miguel, como você esta?
Alem de muito puto ele, só tinha um corte no labio. Voltamos para casa , pedi para ele sentar na cama que eu iria pegar a caixa de remédios.
-Não precisa-ele disse.
-Nao foi isso que eu falei pra voce fazer, teimoso.
Ele bufou e obedeceu. Fui ate a cozinha e vi Saiury dormindo no seu quarto com a porta entre aberta , terminei de fechar e subi com a caixa de medicamentos. Miguel estava sentado sem camisa na cama.
Molhei um algodao na agua e limpei o sangue , as veses ele reclamava de dor .
-Pronto- falei ao ter terminado.-tome esse remedio.
Dei um remedio de dor.
-Miguel - chamei me sentando do seu lado.
-Hum?
-O que e o "dia da troca"?
De uma hora para a outra Miguel ficou serio .
-E uma coisa que nunca vai acontecer com você-ele disse e saiu do nosso quarto .
Me levantei e fui atras dele . O mesmo estava na cozinha tomando agua e mexendo no celular e nem sequer se deu o trabalho de liguar a luz.
Peguei o seu celular e coloquei na mesa.
-Eei!
-Para de tentar me evitar!-ele.olho para os meus pés -MIGUEL! DESISTO.QUE MERDA.
Sai de la puta da vida , ela ficou fazendo criancice enquanto eu queria me entender .
Subi para o quarto e deitei na cama . Eu só queria que esse dia terminasse logo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...