História Aprendendo a Amar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Amor, Esquizofrenia, Park Jimin, Romantico
Exibições 144
Palavras 880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O primeiro capítulo... Seja o que Deus quiser... ❤❤❤


🌈Boa Leitura🌈

Capítulo 1 - A garota da Janela


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a Amar - Capítulo 1 - A garota da Janela

PV (S/n)

Acordei indisposta como todos os dias... Só podia observar as coisas daquela janela média no meu quarto... Minha mãe sempre comprava coisas boas pra mim, mas eu não era feliz...
Oh, nem me apresentei... Sou (s/n) e tenho 15 anos... Tenho esquizofrenia... Como? Bom, eu ia na onda de uns amigos e acabei me viciando em drogas. Foi um triste passado que eu consegui vencer... Consegui vírgula! Me restou essa coisa de esquizofrênica... Não posso ir a escola então tenho meus professores particulares, meu pai me abandonou antes mesmo de eu nascer, ou seja, minha vida é ruim.
-(s/n)! Bom dia filha. - ouço a voz da minha mãe sempre alegre.
-bom dia mãe... - digo entediada. - remédios? De novo?
-você precisa deles querida... Hoje se mudou um garoto para a casa ao lado... Seria bom conhecê-lo não é? Pelo menos tente... - ela diz me entregando aquelas pílulas para "dementes"...
-vou tentar sim... - digo sorrindo. Mesmo não gostando dessa vida tenho que lembrar que minha mãe faz de tudo para me ver feliz, só continuo viva por causa dela...
Tomo os remédios e logo pego uma de minhas roupas para me trocar.
Termino de fazer minhas higienes e observo na janela um menino cuidando de uma roseira no jardim da casa vizinha. Eu poderia pintá-lo... Ou fazer outra canção tediosa e psicótica como todas as outras. Percebo que ele olha para mim. Ele tinha cabelos lindos avermelhados e um sorriso de acalmar a alma! Espera, o que eu estou dizendo? Nem vi o menino direito! Fecho rapidamente a janela e desço as escadas.
-mãe, tem algum pedaço daquele bolo de ontem? - digo e ela sorri para mim.
-tome, cuidado para não se sujar muito... Se for sair... - ela nem termina de dizer e eu a corto.
-já sei, ficar onde você possa me ver... Eu sei mãe, até os vizinhos já sabem disso... Obrigada e tchauzinho... - digo acenando para ela.
-lembre de ir falar com o menino... Entregue isso á ele. - ela diz me dando uma caixa colorida.
-uhum. - digo concordando e saio correndo pela porta da cozinha.
Observo a rua e o canto dos pássaros. Faz dois meses que não saio de casa.
Chego na casa e toco a campainha.

PV Jimin

Bom... Eu sou Park Jimin e tenho 16 anos. Tenho uma paixão enorme por jardinagem e acabo de me mudar para uma casa com meu irmão mais velho Kim Seokjin. Ele é o melhor irmão que alguém poderia ter... Afinal, ele é a minha única família já que nossos pais se foram deste mundo...
Hoje quando fui cuidar de minhas roseiras me senti observado, olhei para cima e tinha uma garota na janela vizinha. Assim que ela me viu fechou a janela... Que estranheza.
Ouço a campainha tocar e chamo Jin para atender a porta. Saio de fininho para espiar a conversa.
-senhor Kim? - ouço uma voz feminina. Era a garota da janela... Ela estava com uma caixa.
-eu mesmo... Senhorita...? - meu irmão diz e eu apenas observo tudo.
-ah, sem formalidades! Pode me chamar de (s/a) (s/a= seu apelido). - ela diz.
-oh sim... - ele diz sem assunto.
-minha mãe me pediu para entregar esse presente de boas vindas... - ela diz entregando a caixa.
-muito obrigada (s/a), quer entrar um pouco? Vou chamar meu irmão... JIMIIIN! - ouço ele me chamar. Entro pela cozinha corado e com as mãos para trás.
-oi... - digo tímido.
-esse é meu irmãozinho Jimin. Ele pode parecer um mané mas é suportável... - Jin diz segurando o riso.
-olá senhor Jimin... - ela diz e eu me sinto um velhote.
-pode me chamar apenas de Jimin. - digo e logo ela fica estranha.
-eu... Eu preciso ir pra casa. - ela diz.
-oh, fique mais um pouco. - Jin diz e ela muda totalmente sua expressão e corre para trás de Jin.
-Socorro! Não deixe ele me pegarem! Socorro, me ajude Senhor Kim! Me protege! - ela diz abraçando forte meu irmão realmente agoniada.
-calma (s/a), não tem nada aqui... - tento consolar ela.
-tem sim! Está vindo até mim! Socorro! Não deixe me capturarem! - ela diz já chorando.
-onde é sua casa? Vamos te ajudar sim. - Jin diz e vamos caminhando até a casa ao lado.
Logo uma mulher abre a porta e (s/a) corre desesperada até ela.
-mãe! Voltaram mãe, ajuda! - ela diz soluçando de tanto chorar.
Eu não entendi nada! Só vejo (s/a) indo para o quarto após tomar algum remédio e depois a mãe dela vem se desculpar

-não foi nada, eu não sabia... - Jin se explica e eu peço para entrar. Vou até o quarto e Bato na porta. Vejo ela abrir a porta mais calma.
-o-oi eu... Eu sei que não somos tão íntimos, mais você gostaria de ser minha amiga? - vejo um sorriso brotar em seu rosto.
-pode ser... Desculpe aquela cena... Eu não tenho uma mente muito saudável... Sabe... - ela diz e eu concordo.
Passamos um tempinho conversando e eu pude descobrir várias coisas sobre ela... Ela fazia umas pinturas lindas. Ficava observando até a mãe dela chegar. Eu saí e fui para casa voltar a cuidar das rosas do meu jardim...


Notas Finais


O primeiro capítulo...



🌈continua🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...