História Aprendendo a Amar - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Personagens Originais, V
Tags Amor, Esquizofrenia, Park Jimin, Romantico
Exibições 39
Palavras 1.275
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá biscoitaaaas, desculpe demorar pra postar capitulo, é que está meio difícil mesmo… semana de provas, falta de imaginação, tédio etc…

Maaaaas porééééémmm

🌈Boa Leitura🌈

Capítulo 11 - Em dívida com o Micão


Fanfic / Fanfiction Aprendendo a Amar - Capítulo 11 - Em dívida com o Micão

PV Jimin

Eu estava meio constrangido sem uma camiseta, mas não era tão ruim, pelo menos eu ainda poderia estar de calças… por enquanto!

Vejo (S/N) e Yuri chegarem e (S/N) está corada… provavelmente Yuri estava zoando ela ou então dado um aviso de vingada. Quando se trata de Hee-Yuri, já pode se esperar o pior! Oh bixinha rancorosa!

-tão olhando o que? Andem, comam logo esses donnut's antes que eu pegue tudo! - Diz ela com uma expressão brava pegando dois Donnut's.

-calma Yuri, nos já vamos acabar, are porque eu ainda quero jogar! - Tae diz terminando de comer.

-eu já vou pra sala gente… to sem fome… - diz (S/A) meio tímida indo para a sala. Eu a observei andando.

-cuidado para os olhos não saltarem pra fora Jimin! - diz Yuri rindo.

-q-que? Eu… eu não estava… - digo pensando em algo e ela me interrompe.

-não? Okay, eu "acredito" em você… - diz Yuri irônica indo para a sala.

Voltamos todos.

-posso não jogar? - (S/N) pergunta.

-NÃO!!! - nós três dissemos.

-todos vão jogar! Até o irmão do Jimin pode jogar se ele quiser! - diz Taehyung.

PV (S/N)

"Todos vão jogar!" blá blá blá! Eu estou com medo desse jogo… realmente, eu não gosto nada da ideia de obedecer Yu ou Tae.

-okay, comece então. - diz Yuri.

Giramos a garrafa.

-Verdade ou desafio? - Jimin pergunta para mim.

Ah, veja bem, Jimin não me faria um desafio péssimo, mas ele conhece muitas verdades sobre mim… e Taehyung com certeza daria idéias do mal para ele…

-Verdade… - digo.

-é verdade que o seu remédio de insônia tinha realmente acabado ou… - ele ia falar então eu arregalei os olhos e o interrompida antes que o mesmo falasse algo comprometedor.

-é verdade, tinha tomado o último a uns 2 dias… - digo meio corada.

-hummm, okay então (s/n). -diz Yuri girando a garrafa e caiu ela perguntando para mim.

-Fo-Deo… - digo pausadamente enquanto ela me olhava assustadoramente.

-Verdade ou Desafio? - aquelas palavras saíram como uma lâmina, ela sabia que eu gostava de Jimin, ela tinha idéias suficientes para eu pagar o maior micão da Terra!

Verdade ou Desafio… verdade ou desafio… nessas horas eu só queria que aparecece um buraco no chão para eu fugir.

-d-desaf… d-de-desafio… - digo já preocupada com minha reputação, dignidade e vida social.

Vejo Hee-Yuri suspirar com pena de mim, eu acho que ela desistiu de me dar um desafio constrangedor e resolveu bancar a boazinha…

-eu desafio você a me dizer o que aconteceu pra você faltar no seu SEGUNDO dia de aula… - ela diz e eu fico meio aflita.

-não vai querer saber… - digo.

-conta logo! - ela diz.

-eu estava voltando da escola e… - conto a história completa para ela, menos a parte da falta de sono.

-e a história do remédio pra insônia? - ela pergunta curiosa.

-uma pergunta de cada vez… - digo sorrindo e girando a garrafa.

-oh, coisa do destino não é (s/n)? - Yuri diz já que a garrafa estava virada para ela perguntar para mim de novo.

-destino? Na minha terra chamam de "falta de sorte"! - digo cruzando os braços.

-verdade ou desafio? - ela pergunta.

-verdade… - digo. 

-é verdade que você gostou quando eu desafiei Jimin a tirar a blusa? - ela diz.

Merdaaa! É horrível quando alguém te conhece do fundo do seu coração, intimidade é uma merda mesmo!

-não! Não… - digo tímida e corada.

-aham, okay então (S/N)… - Yuri diz me olhando desconfiada e girando a garrafa.

-acho que já podemos parar né gente? - Jimin diz tentando se cobrir já que Yuri estava com a blusa dele.

-ah mas a gente nem brincou direito! Faltou os desafios pesados! - diz Tae.

-é, falta os pesados! Olha, parou em mim para você Jimin! - diz Yuri com um sorriso malicioso.

-ah, tudo bem, pode fazer os seus desafios, a proposito eu escolho desafio, só acabe logo com isso! - Jimin diz entediado.

-obaa! Desafio você a dar um beijo de língua na (s/n)! - Yuri diz e eu coro mais.

-por que tem que ser sempre comigo? Vai outro desafio! - digo levantando e cruzando os braços.

-não será tããão ruim (s/n), pense pelo lado bom… - diz ela sorrindo como uma diaba.

-que lado bom sua louca? - murmuro baixo e vejo Jimin corar.

-quanto mais você demorar, mais o jogo vai durar… - diz Taehyung.

-e o senhor ama ver a desgraça alheia né? - digo e percebo que Jimin está saindo de fininho com a camiseta na mão. Yuri vai até ele.

-ONDE VOCÊ PENSA QUE VAI MOCINHO? - ela diz puxando Jimin pelos cabelos e "arrancando" a blusa de suas mãos.

-ai ai Yuri, eu só aproveitei a vantagem! - ele diz.

-vá aproveitar a vantagem do meu desafio antes que eu faça um pior! - diz ela cruzando os braços e empurrando Jimin até mim. Socorro Jesus!

-Y-Yuriii! Maldita hora em que concordei com essa palhaçada… - digo e sou pega de surpresa com um beijo de Jimin bem rápido e logo nos soltamos.

Eu devia estar mais corada que minhas tintas vermelho-cereja. A situação pra mim estava crítica realmente, eu só ficava pensando naquele beijo de Jimin, aliás, o primeiro que eu já dei na vida!

-pronto Yuri, agora vamos guardar essas coisas e… espera… VOCÊ ESTAVA TIRANDO FOTO? - Jimin diz alterado e eu ainda estava lá travada fazendo cosplay de cabelo da Moranguinho, em pé.

-não… EU FILMEEEIII! - ela diz guardando o celular.

Sem ligar para Yuri e Jimin eu giro a garrafa e cai em mim para Taehyung.

-de novo? Eu não sei fazer essas coisas! Mas okay… verdade ou desafio? - digo e olho para os lados vendo Yuri bater em Jimin e o coitado apenas se desculpando sem saber nada… eu sei, eu sei, eles estavam brincando.

-Desafio! - diz Tae.

-Desafio você a fazer algo para surpreender Yuri! - digo.

-humm… eu gostei desse desafio… - diz Tae.

Quebra de Tempo…

Depois daquelas perguntas idiotas e desafios nós finalmente paramos aquela brincadeira boba. Eu não consigo até agora manter o contato visual com Jimin, eu acho que nunca mais eu ficaria confortável sozinha com ele… Jin, cadê você para dar umas broncas nesses três…


Eu só consigo pensar naquele curto período da minha vida, que durou apenas segundos… o beijo de Jimin… se eu tivesse coragem e falta de juízo o suficiente eu com certeza atacaria aquela boca macia e carnuda de Jimin. Drooooogaaa! Eu estou mesmo pensando isso? Hee-Yuri me paga!

-então (s/n), nós já vamos embora! - diz Yuri puxando Taehyung.

-vamos é? - ele diz confuso e Yuri o fuzila com o olhar. - ah é, vamos sim! Annyeong! 

-Annyeong… - digo acenando.


Os dois saíram pela rua indo cada um para seu destino e eu fico pensando "ótimo, COMO eu iria evitar Jimin? Meus remédios de insônia, eu preciso comprar!!!"

Não consigo me mexer normalmente, eu to em choque, alguém me helpa!

-(s/n)? - diz Jimin com aquela voz maravi… quer dizer… diz Jimin.

-e-eeuu… - digo corada e gaguejando.

Perfeito (S/N/C)! Vai ser tonta assim na casa do caralh… na put… em algum lugar! Por que eu tinha que ser tão boba sempre? Algum dia eu ainda banco a avestruz e enfio minha cabeça no meio do solo!

-precisa de alguma coisa? - ele diz.

-p-preciso… preciso q-que você… sei lá… vista uma blusa… - digo dando um sorriso claramente forçado e corando, vejo ele corar também.

- e-eu já ia colocar… - ele diz vestindo a blusa na minha frente. Não que eu tivesse reparado, Magina! Nem olhei…

-vou comprar meus remédios pra insônia e… - nem termino de dizer e ele segura minha mão me fazendo olhar em seus olhos.

-eu vou com você… - ele dize eu sinto meu coração acelerar. Solto rapidamente de suas mãos e vamos para a farmácia comprar os benditos remédios. Afinal, eu realmente não teria coragem de pedir para dormir com ele novamente!



Notas Finais


Desculpe os erros e se ficou muito ruim, obrigada pelos 36 favoritos❤


🌈Continua🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...